Como cuidar da saúde emocional: 10 dicas de ouro!

Aprenda dicas práticas para cuidar das suas emoções e saiba como ela está interligada com a saúde mental, física e espiritual.
Mais terapias de Maria Eduarda Pepe
3.5/5 - (2 votos)

Buscando saber mais sobre o que é saúde emocional e como cuidar da sua?

Neste artigo te ajudarei a desenvolver habilidades relacionadas à saúde física, mental e espiritual para potencializar e cuidar de sua saúde emocional.

Sou Maria Eduarda Pepe, content manager Guia da Alma. Boa leitura!


 O que é saúde emocional? Conceito e significado

imagem de o que é saúde emocional conceito e significado

Foto: EpicStockMedia – Canva

De maneira geral, a saúde emocional parece um termo negligenciado. Contudo, a manutenção da saúde emocional deve ser diária e constante, pois sem esta área da vida em equilíbrio, é possível que todas as outras permaneçam em desarmonia.

Exercitar o autoconhecimento é uma das formas de garantir o bem estar emocional, autoestima e produtividade, seja no âmbito pessoal quanto profissional.

Para tal, é preciso levar em conta práticas que promovam o seu equilíbrio interno, como terapia, por exemplo.

O autoconhecimento se dá através da liberação e aceitação de emoções que podem estar impedindo a sua evolução pessoal.

Saúde emocional também é ter segurança sobre os seus próprios limites e saber determinar quando devem ser estipulados.

Não é sobre controlar as próprias emoções, muito pelo contrário: é saber que a vida é um estado impermanente e nossas emoções, inevitáveis, acompanham essa fluidez.

É sobre criar um ambiente interno de segurança para lidar com as situações de conflito de forma menos reativa.

As 5 emoções primárias

imagem de as 5 emoções primárias

Foto: Absolutvision – Pixabay

Você sabia que existem cinco emoções que são consideradas as principais?

São as chamadas emoções primárias, sendo elas a tristeza, alegria, medo, raiva e nojo.

Tristeza

ícone de tristeza

A tristeza é um dos sentimentos mais delicados. Pode chegar a estados mais avançados, como a angústia e desespero.

Caso permaneça por muito tempo e não receba o tratamento adequado, é possível evoluir para o estágio da depressão.

Durante o estado passageiro de tristeza é comum sentir a necessidade de acolhimento.

Permita-se, nesse momento, estabelecer a conexão com o outro para enfrentar essa etapa de forma mais leve.

Alegria

ícone de alegria

A alegria é o sentimento que funciona como um estímulo para recompensar nossas atividades diárias.

Podendo alcançar o estágio mais avançado de êxtase, a alegria caracteriza-se pela sensação de prazer excessivo, como o nascimento de um filho ou ser aprovado em uma prova que passou muito tempo estudando, por exemplo.

Deve-se cultivar estados recompensatórios de alegria diariamente.

Medo

ícone de medo

O medo funciona como um sinal de alerta de proteção liberado pelo nosso cérebro.

Diante de uma situação de perigo é normal o cérebro liberar hormônios que estimulem o corpo a produzir uma reação involuntária de autoproteção.

O medo, na realidade, é um mecanismo de defesa essencial para nos manter vivos. Enfrentar o medo é natural.

Mas caso ultrapasse os limites saudáveis dessa emoção, é possível chegar ao estado de pânico, que deve ser investigado e tratado com a ajuda de um terapeuta.

Raiva

ícone de raiva

A raiva funciona como um sentimento de frustração para consigo e com os outros.

Pode evoluir para estados mais avançados como a fúria intensa e, em alguns casos, também necessita de acompanhamento terapêutico.

Em outros, de forma saudável, é possível funcionar como um estímulo para encontrar a motivação necessária para lidar com alguma situação específica.

Tudo é uma questão de equilíbrio e moderação.

Nojo

ícone de nojo

O nojo está diretamente ligado à sensação de rejeição.

Sentir nojo de algo é sentir desagrado e rejeição sobre algo.

Nos estágios iniciais de vida, no momento em que estamos experimentando a comida pela primeira vez, é normal sentir a sensação de nojo atrelada ao paladar.

Contudo, pode-se sentir essa emoção em outras áreas da vida, atingindo o social.

Quando na comida serve para nos proteger de comer algo que possa nos intoxicar, no social serve para nos proteger quando sentimos estar perto de situações ou pessoas que julgamos tóxicas para a nossa vida.

Qual a importância da saúde emocional?

imagem de qual a importância da saúde emocional

Foto: Guilherme Almeida – Pexels

A saúde emocional é fundamental para manter as outras áreas da vida em harmonia, tanto no campo físico, quanto mental e espiritual.

Tudo está interligado e necessita de atenção e cuidado.

Se para nos mantermos fisicamente exemplares precisamos nos alimentar de forma adequada, através da ingestão de legumes, líquidos e frutas, na saúde emocional também é necessário estipular algumas condições para mantê-la saudável.

Para tal, é preciso promover a inteligência emocional.

Administrando de forma saudável os seus sentimentos, você consegue desenvolver mais autoconfiança, autoestima, resiliência, produtividade e outras qualidades necessárias para se viver sem cargas insalubres de estresse.

É preciso ter a consciência de que as emoções negativas são passageiras.

Tendo isto em mente, pode-se tentar compreendê-las e analisá-las de forma mais racional.

O terapeuta funciona como um guia nesse processo, auxiliando o paciente a expor mais as suas emoções e aprender a ter consciência da origem das mesmas, pois elas são inevitáveis.

Saúde física, mental, emocional e espiritual andam juntas

imagem de saúde física, mental, emocional e espiritual andam juntas

Foto: Albina Gravilovic – Getty Images

Para ter a certeza de que você está em equilíbrio sobre todos os aspectos de sua vida é preciso alinhar a saúde física, mental, emocional e espiritual entre si. Como fazer isso?

Saúde física

ícone de saúde física

A saúde física diz respeito ao seu corpo. Um corpo com saúde deve ser um corpo bem alimentado e ativo.

Praticar atividades físicas é interessante não apenas por um viés estético.

Se você sente ansiedade, por exemplo, os exercícios físicos são extremamente recomendados para te ajudar a lidar com os sintomas.

É comprovado que um corpo saudável significa uma resposta mais positiva para uma mente saudável.

Recomenda-se não apenas atividades físicas, mas um cuidado com a alimentação e quantidade adequada de horas de sono diárias.

Saúde mental

ícone de saúde mental

Ter saúde mental envolve ter uma mente tranquila, com bons pensamentos e baixos níveis de estresse e ansiedade.

Um dos pilares da saúde mental é fazer terapia. Através da terapia você consegue desenvolver o autoconhecimento, promovendo produtividade e autoestima.

O terapeuta encontra-se como um guia nesse processo de autodescoberta, te fortalecendo para que você possa, de forma autônoma, chegar ao caminho da consciência sobre quais atitudes ou comportamentos são melhores para a sua saúde mental.

É importante a autoanálise para entender os traumas que fazem com que você aja de uma determinada forma em sua vida, que muitas vezes pode ser autodestrutiva.

Procure auxílio na terapia.

Veja também:

Saúde emocional

ícone de saúde emocional

A saúde emocional diz respeito ao nosso estado de espírito, sentimentos e emoções.

Pequenos rituais em seu cotidiano podem impactar positividade em sua saúde emocional, te proporcionando bem estar e gerando estados emocionais e alterações de humor benéficos.

Faça algo que você sabe que gosta, como uma caminhada, comer a sua comida preferida, tomar um longo banho quente, praticar meditação, se alongar, cuidar da sua pele…

A tranquilidade e a saúde emocional está nos pequenos prazeres que você pode proporcionar a si mesma.

Saúde espiritual

ícone de saúde espiritual

Como anda a sua saúde espiritual?

Sabia que você não precisa ter uma religião para desenvolver a sua saúde espiritual?

É sabido que existem as mais variadas formas de crença, indo para além da tradicional cristã.

Existem as religiões orientais, de matrizes africanas, judaica… Ou até mesmo a crença em algo maior, sem necessariamente estar atrelada a algum ícone.

Antes de qualquer coisa, a saúde espiritual está ligada ao seu propósito de vida.

A saúde espiritual está fundamentalmente conectada à essa busca por encontrar o significado da vida.

Se você não enxerga sentido na sua ligação com algo maior de maneira abstrata, tente entender como está a sua relação consigo mesma, com a natureza, com as pessoas que te cercam. Existe algo de espiritual nessas conexões.

Segundo Christina Puchalski:

“A espiritualidade é um aspecto dinâmico e intrínseco da experiência humana, por meio do qual se busca e expressa o significado, propósito e transcendência da existência.

Tal estado perpassa a vivência da pessoa em suas relações consigo mesma, com a família, com os outros, a comunidade, a natureza e com aquilo que é significativo e sagrado”.

Você pode praticar a saúde espiritual exercendo a religião ou não. Algumas outras formas de experienciar esse hábito:

  • Analise e reflita qual é o seu propósito de vida;
  • Encontre maneiras de se expressar. Trabalhe a sua conexão com a Arte, de maneira geral. (Em qual universo artístico você consegue expressar melhor os seus sentimentos?);
  • Faça yoga ou meditação;
  • Exercite o pensamento positivo e muito mais.

Encontre a força da espiritualidade naquilo que você se identifica.

Como cuidar da saúde emocional? Dicas!

imagem de como cuidar da saúde emocional dicas

Foto: Polina Tankilevich – capturenow

Veja dicas práticas de como cultivar a saúde emocional e aprenda a implementá-las em sua rotina!

1. Saúde emocional e alimentação

ícone de saúde emocional e alimentação

A alimentação influencia diretamente em sua saúde emocional.

Não negligencie essa área da sua vida: mantenha uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes.

Diminuir (ou cortar) o consumo de açúcar e cafeína é uma das sugestões para diminuir emoções ligadas à ansiedade, por exemplo.

Você sabia que as emoções também pode ser influenciadas por acúmulo de toxinas acumuladas no corpo?

Doces em geral aumentam o nível de açúcar no sangue, potencializando o estresse.

Existem alguns alimentos que aumentam a quantidade de serotonina no organismo e podem ser aliados no bom-humor, como frutas secas, peixes, ovos, oleaginosas, cacau, queijo, brócolis, soja, abacate etc.

Também é necessário ter um controle sobre a sua alimentação diária: nada de pular refeições!

Planeje uma rotina equilibrada e alimente-se todos os dias.

2. Dicas de livros sobre saúde emocional

ícone de dicas de livros sobre saúde emocional

Confira 3 leituras ideais para o autoconhecimento emocional:

Neste livro de autoajuda, Murphy ensina técnicas para alcançar grandes objetivos através do poder do subconsciente. O autor, através de relatos com descrições verídicas de sucesso, ensina como vencer medos, eliminar hábitos nocivos, obter promoções no trabalho e muito mais.

Haemin Sunim é um mestre zen-budista que escreve, nesse livro, dicas de como manter a tranquilidade, calma e compaixão diante da agitação do mundo capitalista atual. Uma dica para manter a calma.

Trazendo reflexões acerca da sociedade do século XXI, o autor transcende o campo filosófico e busca maneiras de entender os problemas que colaboram para o excesso de pessoas com depressão, transtornos de personalidade e síndromes como hiperatividade e burnout.

3. Desenvolva inteligência emocional

ícone de desenvolva inteligência emocional

Inteligência emocional é a capacidade de identificar as suas emoções com facilidade.

Através dessa identificação é possível, então, lidar de forma racional com o que nos corrói de maneira emocional.

Uma pessoa que consegue identificar e lidar com as emoções com clareza, consegue, portanto, fazer isso com o próximo, estabelecendo uma relação saudável e madura de empatia, diálogo e compreensão.

Dito isto, é possível entender que a inteligência emocional desenvolve-se a partir do autoconhecimento. Este saber é a chave de tudo.

Através da auto-observação é possível entender quais são os seus limites e estipulá-los de maneira saudável, não se permitindo dominar pelas reações.

Alguém com a inteligência emocional bem trabalhada não é refém de seus impulsos e consegue controlar as suas emoções, o que é bem diferente de suprimi-las.

Aqui observa-se uma ligação intrínseca entre saúde mental, física e emocional, já que alguém com inteligência emocional é alguém que exerce atividades que proporcionam o equilíbrio emocional, da mente e do corpo, estabelecendo autoconhecimento.

A inteligência emocional permite que você desenvolva a capacidade de agir de maneira moderada e tranquila perante as suas situações de estresse e das pessoas que estão ao seu redor.

A terapia é uma ótima maneira de exercitar essa habilidade.

4. Crie rotinas de gestão emocional

ícone de crie rotinas de gestão emocional

Principalmente agora, em função da pandemia, as pessoas não estão conseguindo organizar direito as suas tarefas, tanto profissionais quanto domésticas.

A era do trabalho home office trouxe uma rotina mista entre atividades do trabalho e as de casa, o que tem sido difícil para alguns de conciliar.

Uma boa dica é você organizar previamente a sua semana em uma lista de tarefas que podem ser realizadas ao longo do dia.

Assim, você cria um estímulo visual de organização para o que você deve fazer no seu dia e na sua semana.

Já ouviu falar de planners? São ótimas ferramentas para organizar as suas funções diárias.

Além disso, se pretende criar um hábito novo em seu cotidiano, procure instaurá-lo antes ou depois de uma tarefa que você já realiza de forma diária e constante.

Exemplo: quero começar a meditar, então pratico minha meditação diária de 10 minutos todos os dias após escovar os dentes. Essa é uma regra que pode se aplicar a qualquer hábito que você queira implementar em sua vida.

Não é preciso dizer que você deve impor hábitos que estimulem a endorfina e afaste a depressão, né!?

Pratique atividade física regularmente e estimule o hábito da meditação!

Cuide das suas emoções: agende uma sessão de Meditação!

Terapeutas Guia da Alma estão te esperando 🙂

5. Mude hábitos e pensamentos tóxicos

ícone de mude hábitos e pensamentos tóxicos

Estimule o pensamento positivo, mude padõres de comportamento e quebre crenças limitantes!

“Nós somos o que repetidamente fazemos.

A excelência, então, não é um ato, mas um hábito.”

Will Durant

Não é fácil retirar um hábito negativo em nossa vida, assim como também não é fácil integrar um positivo.

Você precisa, antes de qualquer coisa, entender qual é o estímulo que faz com que você desenvolva e mantenha esse hábito que, muitas vezes, pode ser destrutivo.

Esse estímulo é chamado de recompensa.

Entenda qual é a recompensa que você pretende encontrar com esse hábito.

Se quero o prazer da serotonina, por que prefiro comer uma comida muito calórica ao invés de praticar 20 minutos de atividade física?

Substitua um hábito negativo por outro, que você queira mudar.

Nada se sustenta apenas com força de vontade, utilize-a apenas como pontapé inicial.

Além disso, procure reclamar menos e exercitar o pensamento positivo. Também somos o que pensamos.

Veja algumas dicas práticas:

  • Planeje em sua rotina como irá incluir o novo hábito. Determine um dia para início;
  • Conte com a possibilidade de falha, talvez você se renda em algum momento, mas procure não se prender a esse pensamento;
  • Comece de forma gradativa. Se pretende fazer yoga todos os dias, comece fazendo três vezes na semana, por exemplo;
  • Utilize uma recompensa para cada semana que você conseguiu concluir sem se render ao seu hábito negativo. A recompensa também é uma aliada importante e você merece.

6. Diminua a comparação e expectativas

ícone de diminua a comparação e expectativas

Comparações e expectativas sempre geram frustração.

A conscientização de que as expectativas que criamos nos outros é apenas reflexo de nosso próprio ego deriva da inteligência emocional.

Quando perceber a frustração sobre algo ou alguém decorrente de uma expectativa quebrada, indague-se, de maneira racional: essa expectativa condiz com a realidade ou é apenas criação de minha mente?

Muitas vezes levamos essa criação para as nossas relações pessoais (de todas as naturezas) e isso acaba gerando frustração para todos os envolvidos.

Entenda: ninguém é capaz de mudar ninguém.

Tente aceitar mais seus erros e acertos, sem modificar a sua essência. Isso significa mais flexibilidade para aceitar os outros em todas as relações que você se envolve.

Além disso, a autoaceitação e autoestima elevada corroboram para a diminuição de comparações com o outro, mais um fator que gera frustrações.

7. Frases de saúde emocional para inspirar

ícone de frases de saúde emocional para inspirar

Reuni aqui algumas frases inspiradoras para você! Que tal colocar elas em sua casa ou mesa de trabalho?

“Quanto maior o seu nível de energia, mais eficiente é o seu corpo.

Quanto mais eficiente for o seu corpo, melhor você se sentirá e mais você vai usar o seu talento para atingir resultados extraordinários.”

Tony Robbins

“Não importa o que esteja fazendo, olhe constantemente para o espelho de sua mente e verifique se sua motivação é autocentrada ou altruísta.

Aos poucos você desenvolverá a capacidade de ser o mestre da própria mente em todas as circunstâncias; e ao seguir os passos dos mestres realizados do passado, você atingirá a iluminação nesta mesma vida.”

Dzongsar Khyentse Rinpoche

“Pode parecer que cada passo demora muito, mas não importa o quão desmotivado você esteja, continue a seguir sua prática, com compromisso marcado com precisão.

É dessa maneira que podemos usar nosso maior inimigo, o hábito, contra ele mesmo.”

Dzongsar Khyentse Rinpoche

“Tenho que me concentrar na minha saúde mental e não colocar em risco minha saúde e bem-estar.

Temos que proteger nosso corpo e nossa mente.”

Simone Biles

“Quando entendemos que os nossos pensamentos controlam a nossa vida, e que a única coisa que temos que controlar é a nossa maneira de pensar, adquirimos um poder que é quase milagroso.

Esta consciência nos dá enormes possibilidades para melhorar a qualidade de nossas vidas e nos libertar do medo.

E lembre-se: o medo, assim como todas as outras coisas em que acreditamos, são somente pensamentos, e pensamentos podem ser mudados.”

Louise Hay

“A prova de que estou recuperando a saúde mental, é que estou cada minuto mais permissiva: eu me permito mais liberdade e mais experiências.

E aceito o acaso.

Anseio pelo que ainda não experimentei.

Maior espaço psíquico.

Estou felizmente mais doida.”

Clarice Lispector

“Curiosidade, entusiasmo e paixão pela vida são aspectos normais da saúde perfeita.”

Deepak Chopra

Veja também:

8. Mantenha a Saúde emocional em tempos de pandemia e pós-pandemia

ícone de mantenha a saúde emocional em tempos de pandemia e pós pandemia

O período atual de pandemia trouxe mudanças significativas na vida de todas as pessoas.

Isso inclui uma sensação massiva de tensão e apreensão sobre todos os âmbitos, derivados do medo do vírus e da necessidade de isolamento social.

Nunca esperamos viver um momento em que haveria medo de cumprimentar um amigo ou um familiar, com a consequência da morte, e cá estamos.

Obviamente isso mexeu com diretamente com o psicológico e emocional de todos nós.

Pensar em estratégias de lidar com a saúde mental e emocional nesse período é de extrema importância, já que, de acordo com o relatório de pesquisa divulgada na revista The Lancet, a taxa de pessoas diagnosticadas com ansiedade e depressão cresceu mais de 25% no mundo em 2020, evento derivado da pandemia de covid-19.

Como estamos vivendo um momento oscilante de notícias negativas, tente não absorvê-las logo pela manhã, ao iniciar o seu dia.

Procure, sempre após acordar, experienciar os primeiros momentos de sua manhã cultivando a paz e tranquilidade.

Tome seu café da manhã e faça uma meditação.

Cuide das suas emoções: agende uma sessão de Meditação!

Terapeutas Guia da Alma estão te esperando 🙂

Não agrida o seu emocional com notícias negativas logo após acordar; respeite os seus rituais de autocuidado.

Mantenha suas tarefas organizadas, para ter uma visão geral do que fazer no dia e seu ambiente doméstico e de trabalho sempre limpo e arrumado. Estes são gatilhos que estimulam a tranquilidade e afastam a ansiedade. Já ouviu falar de feng shui?

No período de quarentena e isolamento social, utilize a tecnologia a seu favor.

Mantenha-se próximo das pessoas que você ama. Seja por ligação de áudio, whatsapp ou videochamada.

Além de manter-se conectado com as pessoas que ama, não esqueça, no período de isolamento, de entrar em contato com o sol, a famosa vitamina D.

Mesmo que seja pra tomar um solzinho pela varanda… não fique tempo demais sem entrar em contato com esse elemento.

Apesar de ser extremamente angustiante, o isolamento social também pode ser propiciador do autoconhecimento.

Utilize esse tempo para se conhecer, meditar, ler um livro ou escutar uma música que te traga prazer.

9. Desenvolva a Saúde emocional no trabalho

ícone de desenvolva a saúde emocional no trabalho

É preciso estar atento se a sua saúde emocional e saúde mental no trabalho está sendo impactadas.

No home office, entenda a necessidade de pausas no trabalho, durante o expediente.

Por termos, no trabalho remoto, uma maior flexibilidade em relação à quantidade de horas trabalhadas, é comum que passemos horas a fio em expediente, sem nos preocuparmos em dar algumas pausas para descanso e estipularmos horas para uma carga horária saudável.

Aproveite as pausas para alongar o corpo ou meditar. Isso pode ser uma ótima oportunidade de cultivar a sua saúde emocional.

E como já foi dito anteriormente, aspectos da saúde emocional estão internamente ligados com aspectos relacionados à saúde física, mental e espiritual.

Portanto, para desenvolver uma saúde emocional no trabalho é preciso conciliar a rotina com atividades físicas regulares, companhia de afetos, diálogos construtivos, oportunidades de autoexpressão e práticas de autocuidado.

Veja também: Nível de Síndrome de Burnout: teste online

10. Tenha acompanhamento terapêutico

ícone de tenha acompanhamento terapêutico

Para finalizar, o acompanhamento terapêutico é fundamental para desenvolvimento da inteligência emocional, o que trilhará o caminho para que você consiga estimular o autoconhecimento e praticar atividades que preservem a sua saúde emocional, física, mental e espiritual.

O Guia da Alma oferece várias terapias que podem te ajudar a encontrar o seu melhor caminho, como:

Encontre aqui a terapia ideal para você:

Guia da Alma: a maior plataforma de Terapias Holísticas do Brasil!

3.5/5 - (2 votos)

Cuide das suas emoções: agende uma sessão de Meditação!

Terapeutas Guia da Alma estão te esperando 🙂

As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.
Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!
Por InCuca