Tipos de terapias alternativas: 7 técnicas que você precisa conhecer!

Descubra como promover o bem-estar e equilíbrio em sua vida de forma natural.
mulher em tipos de terapias alternativas
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Guilherme Barcellos Carlos de Souza
5/5 - (1 voto)

Tipos de terapias alternativas oferecem um caminho promissor para aqueles que buscam uma vida saudável.

A cada dia, somos confrontados com a escolha de viver de forma saudável. Em cada ação, palavra, alimento, bebida e pensamento, temos a oportunidade de optar pela saúde e pelo amor.

No entanto, enfrentamos uma dificuldade significativa: somos guiados pelo nosso inconsciente, repetindo inadvertidamente padrões de comportamentos familiares, culturais e de grupo que podem levar a desequilíbrios mentais, físicos ou emocionais.

É nessas situações que precisamos de ajuda. Embora a medicina e a psicologia modernas possam fornecer alívio para os sintomas, é necessário também transformar a causa subjacente da desarmonia, que muitas vezes está enraizada em nossa desconexão com nossa Essência, Atman, Self — Eu Sou. Por esse motivo, os diferentes tipos de terapias alternativas se apresentam como o melhor caminho a seguir.

Vamos conhecer 7 tipos de terapias alternativas e seus benefícios?

Sou Guilherme Barcellos, terapeuta holístico Guia da Alma. Boa leitura!


O que são terapias alternativas?

imagem de O que são terapias alternativas

Foto: Samuel Perales Carrasco – istock

Há um número imenso, infinito até, de tipos de terapias alternativas pelo mundo. Novas surgem a todo momento, trazendo inovações ou resgatando práticas ancestrais.

No entanto, apesar dos inúmeros relatos de pessoas que se curaram com esses métodos, os órgãos profissionais e as universidades levam muitos anos para aprovar, devido à necessidade de extensos e dispendiosos estudos científicos. Terapia holística funciona: Isso foi observado com a Biodança, o Reiki e a Acupuntura.

Esta última é emblemática: inicialmente, os médicos afirmavam que não funcionava, mas quando viram tantas comprovações, tentaram usurpar o direito dos acupunturistas, argumentando que apenas eles poderiam praticar. Oi?

Dentre os tipos de Terapias Alternativas, temos as 29 Práticas Integrativas Complementares (PICs) disponíveis pelo SUS.

Neste texto, vamos explorar algumas dessas terapias, comprovadas por inúmeras pessoas que se beneficiaram dessas modalidades para o bem-estar do corpo, mente e espírito, mesmo que ainda não sejam oficialmente reconhecidas.

A seguir, encontram-se explicações resumidas e os benefícios dessas terapias inovadoras na saúde mundial, como a terapia canábica e a psicodélica, que estão vivenciando um grande renascimento e recebendo bilhões de dólares em investimentos.

Em 2023, as estimativas de vendas legais de cannabis em todo o mundo chegam a US$ 37 bilhões. A conferência Psychedelic Science 2023, realizada em Denver, Colorado, EUA, contou com a participação de mais de 9.000 pessoas.

Este texto é apenas uma breve introdução às práticas que eu exerço, algumas delas desde 1996.

Ao ler, por favor, leve em consideração que este resumo busca sintetizar dezenas de livros e décadas de experiência em menos de 5.000 palavras. Uma tarefa desafiadora!

Terapias alternativas para ansiedade e depressão

ícone de Terapias alternativas para ansiedade e depressão

Destacamos esses transtornos e seus sintomas (ansiedade e depressão) devido ao seu impacto em um grande número de pessoas, especialmente após a pandemia.

Minha experiência, assim como a de inúmeros colegas, mostrou que a Terapia Canábica é um dos melhores recursos para obter um alívio quase imediato desses sintomas.

No entanto, para alcançar um alívio total dessas aflições, é necessário explorar e dar um novo significado às causas, adentrando mais profundamente na psique por meio de uma das outras terapias mencionadas aqui.

Qual delas ressoa mais com o seu coração?

Quais os tipos de terapias alternativas existentes?

imagem de Quais os tipos de terapias alternativas existentes

Foto: Marcos Elihu Castillo Ramirez – istock

Existem diversos métodos. Conheça 7 tipos de terapias alternativas!

1. Terapia xamânica

ícone de Terapia xamânica

As Terapias Xamânicas são tipos de terapias holísticas alternativas praticadas por grupos indígenas ao redor do mundo, sendo cada vez mais adotadas nas cidades.

Muitas pessoas experimentam melhoras com diversas formas de psicoterapia, mas só encontram verdadeiramente o que procuram por meio de uma vivência com a Terapia Xamânica.

O termo xamanismo é utilizado pela maioria para descrever as tecnologias de cura dos povos originários, que utilizam estados alterados de consciência para adentrar outras realidades ou dimensões e encontrar a causa e melhora para aflições físicas, emocionais, mentais e espirituais, por meio de:

  • Plantas;
  • Cogumelos;
  • Tambores;
  • Cantos;
  • Danças;
  • Respiração;
  • Entre outros.

Dentro das linhas xamânicas da África e das Américas, podemos citar algumas das práticas que realizamos:

  • Kambô: a vacina da perereca amazônica — a resina das costas dessa criatura, quando introduzida na corrente sanguínea, promove uma profunda limpeza e aumenta o vigor e a imunidade;
  • Temazcal: a sauna sagrada ameríndia — também proporciona uma limpeza profunda e oferece a oportunidade de entrar em transe, viajar por outras dimensões e encontrar soluções para diversas aflições. É especialmente útil para trabalhar traumas intrauterinos ou do parto, bem como problemas de fertilidade;
  • Busca de Visão: é uma iniciação xamânica que proporciona um profundo autoconhecimento, levando a uma maior harmonia na forma como lidamos com a vida e todos os tipos de relacionamentos. Para muitos, essa é considerada a melhor terapia que existe. Esse ritual ancestral das Américas oferece aos buscadores um grupo de apoio enquanto passam seus dias e noites em um local isolado nas montanhas. Os tambores e cantos pela manhã e à tarde trazem conforto, enquanto a força e a luz vêm de dentro da alma do buscador e dos alimentos e água oferecidos ao fogo, que é mantido aceso durante todo o tempo. Ficamos em silêncio, dentro de um espaço delimitado, sem comer ou beber por quatro dias e noites, aprendendo a estar presentes conosco mesmos e com a natureza. Quanta aprendizagem, quanta transformação após nos encontrarmos nos braços da mãe Terra!;
  • Bhula ou Búzios: leitura de ossos Zulu, utiliza conchas, pedras e outros objetos para diagnóstico em todos os aspectos da vida. O transe é alcançado através da queima de Imphepho, uma erva africana, e do rezo aprendido na iniciação, que invoca os ancestrais para posicionar os objetos e guiar o xamã na obtenção das informações reveladas por eles. Como uma leitura astrológica do momento atual, a Bhula serve para aumentar o conhecimento de si mesmo e detectar terapias e rituais a serem realizados para a remissão ou prevenção de adversidades.

Muitas pessoas buscam a Regressão de Alma ou o Encontro com Animais de Poder por meio da Jornada Xamânica com Tambor.

Grandes transformações podem ocorrer quando as batidas sagradas levam a consciência para o mundo invisível, onde encontramos criaturas que nos ensinam como mudar.

Por exemplo, uma psicóloga participa de um grupo buscando encontrar sua parceira espiritual, a pantera negra, mas ao longo da jornada depara-se com um sapo enorme e gosmento em todos os momentos.

Ela tenta se livrar dele, pensar em outra coisa e clamar pela pantera, mas o sapo continua a aparecer. Até que ela decide perguntar o que ele quer dizer. A resposta dele é “deixe de sentir nojo de você mesma”.

As consequências desse encontro xamânico são um maior entendimento de si mesma, a melhora de uma candidíase que a afligia há anos e o encontro do homem com quem se casou.

O Corte de Cordões ou Desfazer de Nós é muito procurado para transcender as dificuldades e traumas vividos devido às ações de outras pessoas, transformando o ódio e a raiva em perdão e compaixão.

Aprendi essa técnica com o xamã Foster Perry, que remonta aos antigos egípcios. Também com ele aprendi a Cicatrização de Feridas de Vidas Passadas. Os ferimentos, especialmente aqueles que causaram a morte em vidas anteriores, ficam gravados no corpo astral e podem ser somatizados pelo corpo físico, resultando em doenças. Daí a importância de cicatrizá-los de forma definitiva.

Após a Retirada de Chips, as pessoas relatam alívio de diversos tipos de sintomas, como:

  • Enxaquecas;
  • Inflamações no ouvido interno;
  • Medo de sair de casa;
  • Letargia;
  • Falta de concentração;
  • Entre outros.

Esses chips são implantados, principalmente, para fins de estudo, mas a maioria deles (alguns são benéficos) nos prejudicam mental, emocional ou fisicamente, e precisam ser removidos com técnica e precisão.

2. Terapia sistêmica e familiar

ícone de Terapia sistêmica e familiar

As Constelações Familiares, bastante difundidas internacionalmente e muito populares no Brasil, apesar de ainda receberem críticas de pessoas preconceituosas e desinformadas, podem causar danos quando realizadas por indivíduos não devidamente treinados.

É um dos tipos de terapias alternativas que está disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e foi desenvolvida por Bert Hellinger ao combinar princípios da Psicologia Junguiana, Terapia Familiar, Análise Transacional, Hipnose, Psicodrama e outras técnicas.

Nos últimos anos de sua vida, com uma visão ampliada baseada em décadas de trabalho fenomenológico, Hellinger nos ensinou que o constelador mais eficiente é aquele que permite que a Força Maior atue por meio dos representantes e interfere pouco ou nada no processo.

Frequentemente, as constelações são realizadas com a participação de um grupo de pessoas. Alguns indivíduos atuam como representantes, atendendo às demandas do sistema da cliente que solicitou a sessão. Esses representantes podem assumir papeis de:

  • Familiares;
  • Órgãos físicos;
  • Qualidades ou dificuldades mentais/emocionais;
  • Elementos da natureza;
  • Animais de poder;
  • Entre outros.

Os representantes podem experimentar emoções, sensações físicas, impulsos e intenções recebidas daquilo que estão representando.

Essa possibilidade é explicada pelo conceito de Campos Mórficos, desenvolvido pelo biólogo Rupert Sheldrake, ao descrever a força informativa presente em grupos, como bandos de pássaros ou cardumes de peixes, que voam ou nadam em sincronia, formando um corpo único comandado pelas informações transmitidas por todos os seres que compõem o grupo.

Através das dinâmicas reveladas pelos representantes, é possível encontrar a solução para o problema em questão.

Nas consultas individuais, o constelador, o cliente, bonecos ou até mesmo cavalos podem desempenhar papéis de representação.

As transformações experimentadas pelos clientes reverberam em todas as dimensões de suas vidas e afetam positivamente todos os membros de seu sistema familiar ou empresarial.

As mesmas leis que orientam as constelações, conhecidas como as Leis do Amor (Inclusão, Hierarquia e Equilíbrio), também são utilizadas para constelações empresariais em tomadas de decisão, planejamento, estratégia, aumento de produtividade e lucro, bem como na manutenção dos colaboradores.

Aliás, os fundadores do portal Guia da Alma já utilizaram os serviços das constelações em seus primeiros passos na criação da maior plataforma de terapias holísticas e complementares do Brasil.

Além das constelações familiares, existem dois outros campos de atuação:

  1. Educação ou Pedagogia Sistêmica, criada no México e já ensinada em diversas universidades da América do Sul e do Brasil;
  2. Direito Sistêmico, desenvolvido pelo colega Sami Storch, que tem sido ensinado em cursos de pós-graduação e aplicado em centenas de casos em todo o país, com resultados impressionantes.

Leia também:

3. Terapia espiritual

ícone de Terapia espiritual

A Spiritual Psychology, criada por Ronald e Mary Hulnick, já treinou milhares de psicoterapeutas desde a fundação da University of Santa Monica, na Califórnia, em 1976.

É um dos tipos de terapias alternativas que tem suas bases na Psicologia Humanista, especialmente nas contribuições de Carl Rogers, na Psicossíntese de Roberto Assagioli e na Gestalt de Fritz Pearls. Sobre essa base, desenvolve-se um entendimento oriental da continuidade da alma por meio de reencarnações e do Eu Superior — a essência, alma, espírito, eu sou, curador interno, self… — que conhece tudo, pois é uno com tudo.

O treinamento em Spiritual Psychology envolve práticas intensas de:

  • Meditação;
  • Trabalho interno;
  • Leitura e produção de textos;
  • Atendimentos supervisionados.

Ao final do treinamento, os terapeutas são capazes de se conectar com a Essência da cliente através de seu verdadeiro Eu Sou e receber informações dessa Essência.

Essas informações podem ser negligenciadas pela cliente, que está perdida em seus pensamentos e emoções. As informações recebidas se manifestam como perguntas abertas que podem auxiliar na terapia de várias maneiras, como a resolução de um conflito externo ou a chave para abordar algum trauma e sua subsequente resolução.

Por exemplo, durante uma sessão, a cliente estava discorrendo extensivamente sobre seus problemas atuais, enquanto a imagem de um caminhão vermelho voltava à consciência do terapeuta.

Com delicadeza, o terapeuta perguntou sobre aquele automóvel. A cliente começou a chorar e compartilhou a experiência de um estupro ocorrido há mais de 20 anos dentro de um caminhão vermelho — o verdadeiro assunto que a alma precisava processar adequadamente. Com essa revelação, recebida intuitivamente, o terapeuta pôde iniciar o processo terapêutico da Psicologia Espiritual, abordando a questão essencial que precisava ser trabalhada.

4. Terapia energética

ícone de Terapia energética

Existem diversas terapias energéticas. Uma das mais conhecidas é o Reiki.

O Reiki é uma terapia que utiliza a energia vital universal, podendo até ser aplicada como reiki à distância.

Essa prática tem como objetivo harmonizar as vibrações do corpo, mente e emoções, frequentemente levando os receptores a um estado de calma profunda, sono tranquilo e sentimentos de gratidão e amor pela vida. Após uma sessão de Reiki, a cliente passa a irradiar boas energias, o que atrai influências positivas para sua vida cotidiana.

Outra terapia energética mencionada é o alinhamento dos quatro corpos: físico, mental, emocional e espiritual, bem como alinhamento dos chakras, que pode ser realizado com o auxílio de um pêndulo de cristal.

Esse alinhamento tem como propósito facilitar o fluxo natural de energia entre os corpos e os sete vórtices de energia (chakras) localizados ao longo e ao redor da coluna vertebral.

Esse ajuste sutil traz equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual, além de facilitar o despertar e a elevação da Kundalini — uma energia evolucionária e criativa, representada no passado pelo caduceu, que reside no primeiro chakra, na base da coluna vertebral.

5. Terapia psicodélica

ícone de Terapia psicodélica

As plantas, fungos e substâncias de animais têm sido utilizados pelos seres humanos desde os tempos das cavernas devido às suas propriedades psicodélicas, que revelam aspectos da psique humana.

Essas substâncias permitem alcançar estados expandidos de consciência, possibilitando o contato com seres arquetípicos e outras dimensões, além de proporcionar êxtase divino e auxiliar na melhora de padrões, doenças e desequilíbrios.

Atualmente, estamos vivenciando um Renascimento Psicodélico, reconhecendo os benefícios dessas drogas (diferentes das drogas vendidas nas drogarias) ao promover a expansão da consciência.

Os psicodélicos podem ser especialmente úteis quando combinados com a psicoterapia no tratamento de doenças psiquiátricas, como:

  • Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT);
  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Distúrbios alimentares;
  • Vícios.

No Brasil, estamos em uma fase de pesquisa clínica para a aprovação oficial dessa terapia.

No entanto, muitos clientes que utilizam ou desejam utilizar psicodélicos não querem esperar pela legalização, pois têm pressa em buscar uma vida melhor. A demanda aumentou quando outros países começaram a autorizar o uso dessas substâncias a partir de 1996.

Conheço vários profissionais brasileiros que incorporam essas substâncias em seus tratamentos, utilizando diferentes abordagens terapêuticas, pois a saúde mental tem mais urgência do que a burocracia da legislação.

O protocolo mais comum é composto por sessões de preparação, sessões com a substância psicodélica e sessões de integração, adotado pela Psicoterapia Apoiada por Psicodélico (PaP).

Esse protocolo oferece uma maior probabilidade de alcançar os objetivos iniciais. A cliente passa por sessões de terapia preparatória, como:

  • Psicanálise;
  • Psicologia Espiritual;
  • Constelação Familiar;
  • Internal Family System;
  • ou outras abordagens.

Em seguida, recebe educação sobre os mecanismos, desafios e atitudes a serem exercidas durante a sessão com a substância psicodélica, que pode ser:

  • Ayahuasca;
  • Cogumelos;
  • Peyote;
  • São Pedro;
  • Iboga;
  • Bufo Alvarius;
  • MDMA;
  • LSD.

Durante a sessão, há pouca interferência, embora haja a presença atenta, gentil e constante de um ou dois terapeutas ao longo das horas em que a cliente está sob o efeito da substância, que pode variar de 3 a 12 horas. Em seguida, são realizadas uma ou mais sessões de integração terapêutica para aproveitar melhor as lições e aprendizados recebidos durante o estado alterado de consciência.

Outra terapia que se utiliza dos estados expandidos de consciência é a Respiração Holotrópica, criada nos anos 70 por Stan e Christina Grof.

Ao longo de 40 anos, eles testaram essa abordagem em mais de 35.000 sessões de respiração, facilitadas por eles mesmos. Mais de dois mil facilitadores treinados por eles conduziram inúmeras outras sessões ao redor do mundo. Os benefícios relatados variam de acordo com cada pessoa e incluem:

  • A cura de distúrbios emocionais e psicossomáticos;
  • Efeitos positivos em doenças físicas;
  • Influências benéficas na personalidade, na visão de mundo, nas estratégias de vida, na hierarquia de valores pessoais;
  • Potencial para a cura de feridas culturais e resolução de conflitos históricos.

A combinação de diversos fatores, simples mas importantes, proporciona uma liberdade expressiva para os praticantes da Respiração Holotrópica, que se deixam levar pelos impulsos corporais e pelas imagens (algumas psicodélicas) que emergem durante a sessão, que dura entre 3 e 4 horas.

Assim como nas Constelações, na Psicologia Espiritual e no Internal Family System, o acolhimento livre de julgamentos, com segurança, atenção e carinho de todas as expressões de cada participante, serve como validação das experiências.

Esse acolhimento está presente e é estimulado durante todo o processo: na consulta individual para avaliar a possibilidade de participação, durante as sessões, nas discussões em grupo antes e depois das sessões, e na facilitação da integração da experiência no dia a dia.

As experiências vivenciadas nas sessões de Respiração Holotrópica são semelhantes às dos psicodélicos clássicos e também têm um caráter transracional, uma vez que englobam e transcendem a razão.

Por isso, assim como na PaP, a integração e o acolhimento após a sessão são muito importantes. É sugerido que se compartilhe as experiências apenas com pessoas que estejam prontas para acolher essas experiências.

Nem todos possuem abertura e tranquilidade para ouvir sobre traumas profundos, vivências intrauterinas, o próprio nascimento, vidas passadas, seres arquetípicos e dimensões divinas acessadas, processadas e integradas durante a sessão.

6. Terapia canábica

ícone de Terapia canábica

A cannabis, também conhecida como maconha, tem sido um dos tipos de terapias alternativas utilizada para diversos fins desde 8.000 anos antes de Cristo.

Como ensinado pelo neurocientista e professor Sidarta Ribeiro em nossa Pós-Graduação em Cannabis Medicinal, é a planta que sofreu maior modificação pela ação humana, por meio do cruzamento de variedades para obter as qualidades mais desejadas.

Por exemplo, foram desenvolvidas variedades com crescimento mais rápido e fibras mais longas para a produção de tecidos, velas e cordas para uso em navios. Também foram criadas variedades com maior teor de resina e THC, para alcançar estados de transe durante rituais ou para aliviar dores. Além disso, foram desenvolvidas variedades mais calmantes, ricas em CBD, para uso em chás e cosméticos.

A proibição dessa planta se deu principalmente por preconceitos raciais e interesses econômicos, pois na realidade ela é extremamente útil para os seres humanos.

Em termos de segurança, a cannabis supera em muito as drogas, medicamentos, álcool e cigarros: não há registro de mortes causadas pelo consumo de cannabis em nenhum país do mundo, apesar de a ONU reconhecer, em 2020, 290 milhões de usuários.

Com o aumento contínuo da lista de doenças tratáveis com cannabis e a comprovação incontestável dos efeitos benéficos, em pouco tempo seremos bilhões de pessoas que se beneficiam desse presente da natureza.

A terapia canábica envolve o cliente (ou interagente) no processo de descoberta da dose ideal.

Após uma avaliação/anamnese, é recomendado o uso de um óleo específico (obtido por meio de autocultivo, que requer um Habeas Corpus, associação, pelo SUS ou importação), e o cliente começa com a dose mínima, que varia de pessoa para pessoa.

Essa dose inicial é gradualmente aumentada a cada 5 ou 7 dias até que a dose ideal seja alcançada.

Esse é o protocolo padrão de tratamento, mas há clientes que apresentam uma melhora tão significativa em suas condições que reduzem ou até mesmo interrompem o uso. Por outro lado, existem aqueles que necessitam de doses cada vez maiores, chegando a utilizar 60 gramas de extrato Full Spectrum em um período de 90 dias para combater tumores cancerígenos, por exemplo.

7. Terapia dos sistemas internos familiares

ícone de Terapia dos sistemas internos familiares

O Internal Family Systems (IFS), ou Sistemas Familiares Internos, é uma abordagem integrativa da psicoterapia individual desenvolvida por Richard Schwartz na década de 1980.

Nessa abordagem, o terapeuta facilita a comunicação entre as diferentes personalidades ou partes que existem dentro de uma pessoa, por meio do Self dessa pessoa.

Durante o processo terapêutico, são descobertas partes ocultas na psique, que foram protegidas por outras partes que entendem que a manifestação dessas partes ocultas pode levar ao colapso do sistema interno. Através da educação, busca-se capacitar essas partes a confiarem no Self da pessoa como o maestro da orquestra interna.

Com toda gentileza, a partir do Self do terapeuta, vamos dando espaço dentro da psique para checar as sensações do corpo, conversar com todas as partes que surgem com calma, curiosidade, clareza, compaixão, confiança, coragem, criatividade e conexão.

Aos poucos, vamos aprendendo sobre o que estava escondido, muitas vezes revelando partes desconhecidas umas das outras. Quando há presença e prontidão tanto do Self do cliente quanto do terapeuta, podemos auxiliar no reencontro com partes difíceis e na liberação de fardos, traumas, dores, vergonhas, medos e outros aspectos desafiadores da psique.

Como saber quais dos diferentes tipos de terapias alternativas escolher?

imagem de Como saber quais dos diferentes tipos de terapias alternativas escolher

Foto: fizkes – istock

Sinta a sua própria conexão com o coração, medite sobre as suas intenções e esteja consciente dos sinais positivos ou negativos em seu corpo ao imaginar-se envolvido(a) em cada uma das terapias mencionadas.

Ao se perceber, você saberá qual escolher. Assim como todas as terapias mencionadas anteriormente, adotamos o conceito de autopoiese — reconhecendo que cada pessoa é um sistema organizado e autossuficiente, com todas as respostas já existentes dentro de si.

Se você já tem certeza de qual terapia pode lhe beneficiar, sinta-se à vontade para agendar uma sessão comigo na terapia que mais lhe chamou a atenção. Até lá, cuide-se bem! 🙂

5/5 - (1 voto)

Constelador Sistêmico (Bert Hellinger) e Formador de Consteladores Familiares Xamânicos, Pós Graduado/Especialista em Cannabis Medicinal, Mestre em Spiritual Psychology, Praticante de Xamanismo Africano e Americano, Reiki, Hipnose, Direito Sistêmico, Modelo Satir.

AGENDAR!

Atende online
Presencial em Florianópolis - SC Presencial em Brasília - DF

Mais terapias de Guilherme Barcellos Carlos de Souza ou Gui Tantan

  • Constelação Familiar Xamânica em Brasília – Individual

    Presencial em Brasília - DF
    R$360,00
    Guilherme Barcellos Carlos de Souza ou Gui Tantan
    (31)
    Terapeuta Certificado
    347 terapias realizadas
    Play
  • Constelação Familiar Xamânica em Brasília – Grupo

    Presencial em Brasília - DF
    R$420,00
    Guilherme Barcellos Carlos de Souza ou Gui Tantan
    (31)
    Terapeuta Certificado
    347 terapias realizadas
    Play
  • Hipnose para stress e/ou ansiedade

    Online
    R$180,00
    Guilherme Barcellos Carlos de Souza ou Gui Tantan
    (31)
    Terapeuta Certificado
    347 terapias realizadas
    Play
Ver Perfil de Terapeuta