Alinhamento de chakras: como ativar? Dicas práticas!

Aprenda sobre os centros de energia do corpo e como alinhá-los com uma Meditação bônus.
alinhamento de chakras
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Sarah Sofia
4.9/5 - (30 votos)

Você já imaginou aprender a como realizar a ativação e alinhamento de seus chakras de forma prática?

Sou Sarah Sofia, trabalho com terapias integrativas energéticas.

A seguir irei te explicar um pouco mais sobre os principais pontos de chakras e te ensinar a alinhá-los por meio de dicas e meditação! Boa leitura!


 

O que é chakra? Significado!

mulher em alinhamento de chakras

Foto: Syda Productions – Canva

Essa palavra é originária do sânscrito e equivale à “roda”, pois acredita-se que os chakras são vórtices/redemoinhos que giram continuamente e ficam alojados em determinadas áreas de nosso corpo, agindo como emissores e receptores de energia vital (prana) entre o plano material e espiritual.

O registro mais antigo que se tem dos chakras provém dos Vedas, escrituras sagradas do hinduísmo, que surgiram antes mesmo do cristianismo.

Segundo eles, os chakras se conectam com as Nadis, que são os canais condutores de energia vital.

Existem informações que afirmam que temos 32 chakras, outras que possuímos até 88 mil.

Contudo, os estudiosos, em sua maioria, concordam com a existência dos 7 principais que percorrem toda a nossa coluna vertebral, formando o que se denomina kundalini.

Cada chakra está interligado a uma glândula de nosso corpo, e também carrega a responsabilidade de manter nossos órgãos e mente equilibrados, seja absorvendo ou liberando energias!

Ocorre que, às vezes, os chakras podem estar desalinhados, com fissuras ou obstruções, hipoatividade ou hiperatividade e isso pode acabar desencadeando doenças físicas e emocionais, pois eles nos influenciam mais do que imaginamos.

Quais são os 7 principais pontos de chakras?

imagem de alinhamento de chakras

Foto: Hector Gagliano – Getty Images

Agora vamos conhecer os principais pontos de chakras e suas funções!

Chakra básico

ícone de chakra básico

Considerado o primeiro chakra, seu nome em sânscrito é Muladhara.

É considerado o chakra da raiz, responsável pela força, vigor, disposição, coragem, instinto e sobrevivência.

Fica localizado na base da nossa coluna vertebral e a sua cor atribuída é o vermelho.

É o chakra responsável pela nossa conexão com o mundo material.

  • Idade de desenvolvimento: 0-7 anos
  • Elemento: terra
  • Glândula do corpo relacionada: suprarrenais

Chakra sacral

ícone de chakra sacral

Considerado o segundo chakra, seu nome em sânscrito é Svadhishthana.

É também conhecido como chakra sexual ou umbilical.

Fica localizado três dedos abaixo do umbigo, no baixo ventre, e possui a cor laranja.

Está vinculado ao ato de criar, seja na concepção de um filho ou na de um projeto. Também é o berço das nossas emoções, do prazer e trocas afetivas.

Quando está em equilíbrio promove a criatividade, a autoestima, a sociabilidade e segurança emocional.

  • Idade de desenvolvimento: 8-14 anos
  • Elemento: água
  • Glândula do corpo relacionada: glândulas sexuais ou gônadas (ovários e testículos)

Chakra plexo solar

ícone de chakra plexo solar

Considerado o terceiro chakra, seu nome em sânscrito é Manipura.

Também é conhecido como chakra Esplênico.

Fica localizado três dedos acima do umbigo, na altura da boca do estômago e a sua cor é o amarelo.

É o chakra da realização e do poder pessoal.

Tem forte ligação com o senso de ego e com o sistema de crenças.

  • Idade de desenvolvimento: 15-21 anos
  • Elemento: fogo
  • Glândula do corpo relacionada: pâncreas

Chakra cardíaco

ícone de chakra cardíaco

Considerado o quarto chakra, seu nome em sânscrito é Anahata.

Também é conhecido como chakra do coração.

Fica localizado na altura do coração e possui a cor verde (algumas literaturas falam rosa).

  • Idade de desenvolvimento: 22-28 anos
  • Elemento: ar
  • Glândula do corpo relacionada: glândula Timo

Chakra laríngeo

Considerado o quinto chakra, seu nome em sânscrito é Vishuddha.

Também é conhecido como chakra da garganta.

É o chakra da comunicação e da criatividade, visto como um portal de comunicação entre os chakras.

Fica localizado na base do pescoço, na garganta, e tem a cor azul claro.

Quando está em equilíbrio promove uma comunicação transparente, capacidade de manifestação e concretização das ideias.

  • Idade de desenvolvimento: 29-35 anos
  • Elemento: éter
  • Glândula do corpo relacionada: tireoide e paratireoide

Chakra frontal

ícone de chakra frontal

Considerado o sexto chakra, seu nome em sânscrito é Ajna.

Também conhecido como o chakra do terceiro olho, é responsável pelo processo de consciência, pensamentos, percepção e raciocínio. É onde se desenvolve a clarividência, telepatia, intuição.

Fica localizado na testa, entre as sobrancelhas e tem a cor índigo.

Quando está em equilíbrio promove expansão da consciência, poder mental e boa capacidade de compreensão e percepção. Em desequilíbrio pode causar incoerência, paranoia e utopia.

  • Idade de desenvolvimento: 35-41 anos
  • Elemento: éter
  • Glândula do corpo relacionada: glândula hipófise e glândula pituitária

Chakra coronário

ícone de chakra coronário

Considerado o sétimo chakra, seu nome em sânscrito é Sahasrara.

É conhecido como o chakra da coroa ou chakra coronário, responsável pela conexão com a espiritualidade, equilíbrio e evolução.

Fica localizado no topo da cabeça, tem a cor violeta e em algumas literaturas há registros de que seja branco ou dourado, por representar a luz.

Quando todos os outros seis chakras estão em equilíbrio, este chakra se manifesta em perfeita harmonia, promovendo o autoconhecimento, centramento e a compreensão de tudo.

  • Idade de desenvolvimento: 42-49 anos
  • Elemento: terra, fogo, ar e água
  • Glândula do corpo relacionada: glândula pineal

A idade de desenvolvimento dos chakras é o que acontece na maioria dos casos, mas não é uma regra.

Algumas pessoas que desenvolvem sua consciência mais cedo têm seus chakras abertos e desenvolvidos antes. Tudo depende da maturidade espiritual de cada ser.

 

Chakra bloqueado: por que isso acontece?

mulher em alinhamento de chakras

Foto: Wavebreakmedia – Getty Images

Os chakras podem bloquear por diversos motivos, de ordem física, emocional, mental ou espiritual.

Eles podem ficar hipoativos (pouco ativos ou bloqueados) ou hiperativos (quando estão estimulados em excesso).

Abaixo você pode identificar os principais desequilíbrios e motivos de bloqueios de cada chakra:

Chakra Coronário

ícone de chakra Sahasrara

  • Quando desequilibrado, pode acarretar em disfunções nas seguintes regiões: glândula pineal, cérebro, desequilíbrios hormonais e das demais glândulas do corpo, questões metabólicas.
  • Hipoativo: ceticismo, solidão, muito aéreo, vive no mundo da lua, sonhador, não realiza, crise existencial, vive para morrer, sem fé, autossabotagem quando se trata de espiritualidade (deixa para depois, sono, preguiça, coisas mais relevantes para fazer etc.), vazio interior, excesso de controle, falta de conexão com o Criador/Universo/Deus, deixa de ir ao médico, materialismo excessivo, depressão, pensamentos negativos, tendência a ideias suicidas.
  • Hiperativo: fanatismo religioso, deixa de ir ao médico pois acredita que tudo é espiritual, medo, desapego de assuntos terrenos (crenças de escassez), desconexão com o corpo, alienação, transtornos e fobias, dificuldades de aprendizagem e de concentração, confusão mental, ideias fixas etc.

Observe se em algum nível se você não tem crenças limitantes ligadas à espiritualidade, pois nossos chakras também podem se desalinhar com isso.

Exemplo: “Deus castiga”; “É meu karma, preciso pagar”; “Tenho que sofrer para estar próxima de Deus”; “Rico não entra no céu”…

Chakra frontal

ícone de chakra ajna

  • Quando desequilibrado, pode acarretar em disfunções nas seguintes regiões: glândula hipófise e glândula pituitária, cérebro inferior, baixa imunidade, sinusite, problemas nos olhos, nariz e sistema nervoso.
  • Hipoativo: intuição/mediunidade bloqueada (facilitando ataques espirituais), maior probabilidade à vícios (drogas, álcool, comida, etc), falta de foco, memória ruim, dificuldade de tomar decisões, falta de concentração, falta de criatividade, indecisão, insegurança, fragilidade mental e emocional.
  • Hiperativo: sentidos psíquicos muito abertos, viver no mundo das “ilusões”, mania de perseguição, arrogância espiritual, pensamentos obsessivos, tensão, pesadelos, medo, estafa mental, estresse, insônia, dores de cabeça, alucinações, paranoia, ansiedade, hipocondria, paralisia do sono, fanatismo por algo ou alguém, comportamento impulsivo e reativo.

Observe se em algum nível você não tem crenças limitantes com relação à intuição, pois nossos chakras também podem se desalinhar com isso.

Chakra laríngeo

ícone de chakra vishuddha

  • Quando desequilibrado, pode acarretar em disfunções nas seguintes regiões: tireoide e paratireoide, desequilíbrios no sangue, no metabolismo, na região da garganta, nuca, queixo, ouvidos, traqueia, brônquios, pulmão superior, esôfago, lábios, maxilar inferior, pescoço, ombros, problemas digestivos.
  • Hipoativo: timidez, dificuldade de se expressar e lidar com as emoções, vergonha, tendência a engolir muitos “sapos”, submissão, medo de estabelecer limites e de dizer “não” quando “não” e “sim” quando “sim”, desafios com figuras de autoridade, depressão, mentira, fuga das experiência, apego à zona de conforto.
  • Hiperativo: agressividade, brigas desnecessárias, mal-entendidos com relação a comunicação, não tem “papas na língua”, tendência a ser mandão/ditador, necessidade de aprovação, algumas pessoas tendem a interromper as outras pessoas para serem ouvidas, exaltam a voz.

Observe se em algum nível você não tem crenças limitantes com relação a se expressar e de ser quem você é, pois nossos chakras também podem se desalinhar com isso.

Chakra cardíaco

ícone de chakra anahata

  • Quando desequilibrado, pode acarretar em disfunções nas seguintes regiões: sistema imunológico, pulmão (bronquite, asma, rinite, infecções) e coração (taquicardia, palpitações, problemas circulatórios), transtornos de ansiedade, depressão.
  • Hipoativo: tristeza, dificuldade em sentir gratidão, não consegue perdoar com facilidade, angústia, apego aos ressentimentos e mágoas, falta de propósito, julgamento excessivo, sensação de medo, nostalgia, frieza, desespero, ficamos excessivamente na defensiva, medo de se envolver, ciúmes, tendência ao isolamento social, introspecção profunda, sensação de vazio, falta de fé.
  • Hiperativo: colocar as necessidades dos outros antes das suas. excesso de empatia, não conseguimos colocar limites, desequilíbrio no dar e receber, não falar a verdade, distorção do amor, relacionamentos desiquilibrados, fantasias, dependência emocional, necessidade de aprovação alheia, vitimização, falta de autoconfiança.

Observe se em algum nível você não tem crenças limitantes com relação ao amor e ao merecimento, pois nossos chakras também podem se desalinhar com isso.

Exemplos: “amor não é pra mim”; “amor não traz felicidade”; ”carreira primeiro, amor depois”; “todo mundo trai”; “não sou bom/boa o suficiente”; “nenhuma mulher/homem presta”; “felicidade dura pouco”; “sempre sou rejeitada” ; “tá bom demais pra ser verdade” etc.

Chakra plexo solar

ícone de chakra manipura

  • Quando desequilibrado, pode acarretar em disfunções nas seguintes regiões: parte inferior das costas, cavidade abdominal, sistema digestivo (gastrite, úlcera), estômago, fígado, baço, vesícula biliar, sistema nervoso (depressão) e pâncreas (diabetes).
  • Hipoativo: vergonha, dificuldade de assumir responsabilidades, não saber seu lugar no mundo, excesso de empatia, sentimento de inferioridade, falta de autoconfiança, baixa autoestima, falta de motivação, de clareza e de foco, somos facilmente influenciáveis, ficamos mais suscetíveis às energias negativas, necessidade de validação dos outros, insegurança, timidez, dúvidas, medos irracionais, culpa, preocupação excessiva, tristeza procrastinação, angústia, aflição, problemas financeiros.
  • Hiperativo: falta de humildade/compaixão, egoísmo, prepotência, abuso de poder, ciúmes, estresse, desafio de lidar com as emoções, raiva, arrogância, potencializa a ansiedade, necessidade de controlar, inveja, descontrole emocional, impaciência.

O problema não é sentir, é não saber lidar com o que sentimos.

Fomos ensinados na infância a engolir o choro (a grande maioria, pelo menos) e isso nos fez acreditar que é errado se expressar.

Quando sentimos algo, empurramos para debaixo do tapete. Se somos mais de 80% água e o elemento água está diretamente interligado com as emoções, se não nos permitimos sentir, isso tudo fica represado dentro de nós.

É como um rio, se há um obstáculo impedindo a água de passar, ela fica parada, cria lodo, cheiro ruim. Precisamos acolher as nossas emoções e deixarmos elas fluírem em nós.

Observe se em algum nível você não tem crenças limitantes com relação ao seu poder pessoal, amor próprio e sua capacidade de conquistar aquilo que deseja, pois nossos chakras também podem se desalinhar com isso.

Exemplos: “nada dá certo para mim”; “eu não sou bom o suficiente”; ”eu não nasci pra isso”; “isso não é pra mim” etc.

Chakra Sacral

ícone de chakra Svadhishthana

  • Quando desequilibrado, pode acarretar em disfunções nas seguintes regiões: intestinos grosso e delgado, apêndice, vértebras lombares, quadris, bexiga, rins, linfa, sucos digestivos, sistema reprodutivo, podendo ocasionar falta de libido, impotência sexual, problemas de infertilidade ou nos órgãos reprodutores (ovários policísticos, problemas no útero, infecções recorrentes, candidíase, problemas hormonais etc.), compulsão sexual.
  • Hipoativo: desgosto da vida, tristeza, desorganização, falta de criatividade, relacionamentos afetivos não fluem, medo de se relacionar com outras pessoas, baixa estima, repressão das emoções.
  • Hiperativo: vícios, obsessão, ciúme, também podemos nos tornar muito controladores: só pensar em trabalho; viver preocupados com o relacionamento; sem espaço para o prazer na vida (lazer, diversão, paz, entrega, vulnerabilidade); excessos com bebidas alcoólicas, drogas, comida.

Observe se em algum nível você não tem crenças limitantes com relação à criatividade e aos relacionamentos, ao sexo, tabus e preconceitos, pois nossos chakras também podem se desalinhar com isso.

Chakra básico

ícone de chakra Muladhara

  • Quando desequilibrado, pode acarretar em disfunções nas seguintes regiões: prisão de ventre, problemas ósseos, dores na lombar, ciático, quadril, artrite, obesidade, problemas nas pernas e pés, tendência ao isolamento social, rins, dentes, intestino grosso, reto, próstata, útero, anemia, circulação sanguínea, tensão arterial e nervosa.
  • Hipoativo: nervosismo, medo excessivo, apatia, paralisação, insegurança, pouca energia vital (a pessoa se sente drenada, exausta), dificuldade de lidar com coisas materiais, depressão, não conseguir se posicionar, dificuldade de iniciar ou finalizar algo, desmotivação, falta de clareza do que se deve fazer, sensação de “estar perdido”, de “viver no mundo da lua”.
  • Hiperativo: excesso de materialismo, ciúmes, egoísmo, ganancia, paranoias, manias, alienação, agressividade, hiperatividade, insonia, a pessoa pode se tornar uma pessoa acumuladora e ter dificuldade de desapegar, excessos com bebidas alcoólicas, drogas, comida.

Observe se em algum nível você não tem crenças limitantes com relação ao mundo material, pois nossos chakras também podem se desalinhar com isso.

Exemplos: “ganhar dinheiro é muito difícil”; “a vida não é fácil”; “nunca tenho dinheiro”;” dinheiro é a raiz de todo mal”; “vou gastar meu dinheiro hoje, porque amanhã posso não estar vivo”, “eu nasci para sofrer”, “tenho que matar um leão por dia” etc.

 

Alinhamento de Chakras: Benefícios para mente, corpo e alma!

ícone de benefícios para mente e corpo causados pelo alinhamento de chakras

O alinhamento de chakras viabiliza o equilíbrio mente-corpo-alma.

Abaixo você pode conferir os benefícios de ter cada chakra alinhado:

  • Chakra Básico: motivação, força, vigor, coragem, paciência, saúde, sucesso, prosperidade financeira, praticidade, segurança e facilidade de lidar com as situações que se apresentam.
  • Chakra Sexual: disposição, facilidade para se expressar e socializar, tolerância, assimilação de novas ideias, criatividade, desejo, prazer pela vida, libido, melhor circulação sanguínea, vitalidade, mais imunidade e saúde.
  • Chakra Plexo Solar: pensamentos fluidos, maior amor próprio, poder pessoal, autocontrole, inteligência emocional, autoridade, energia, humor, vontade, sucesso, força para conquistar os objetivos, empatia equilibrada, melhora do processo digestivo, felicidade, melhora da aparência da pele, satisfação.
  • Chakra Cardíaco: relacionamentos mais harmoniosos, confiança em si mesmo e na vida, amor incondicional, compaixão, paz, equilíbrio, maior entendimento da vida e das pessoas e aumento da capacidade de perdão e auto perdão.
  • Chakra Laríngeo: maior autoconhecimento, maior consciência dos próprios atos e responsabilidades, facilidade de comunicação, espontaneidade, criatividade, honestidade, lealdade, gentileza, equilíbrio da tireoide, melhora da capacidade pulmonar/respiratória, aceitação em ser você mesmo.
  • Chakra Frontal: maior visão interior, clareza de ideias, fácil aprendizagem, segurança nas decisões, concentração, devoção, intuição, sabedoria, liderança, raciocínio assertivo e rápido, facilidade de aprendizagem, desenvolvimento de dons psíquicos.
  • Chakra Coronário: sabedoria, melhor memória, saúde, fé, melhora do sono, humor e regulação do apetite, equilíbrio, expansão de consciência, disposição, clareza, bem-estar, disposição e felicidade. Ele também intensifica os benefícios dos demais chakras.

Vamos alinhar seus chakras? Agende uma sessão de Terapia Holística online comigo e equilibre sua energia!

 

Como fazer o alinhamento de chakras? Benefícios e dicas!

mulher em como fazer o alinhamento de chakras

Foto: Albina Gravilovic – Getty Images

Você pode fazer o alinhamento de chakras com diversas técnicas: Através da meditação, com o uso de mantras e mudras do Yoga, com a utilização de cristais, com sucos e com diversas técnicas energéticas. Vamos ver em detalhes algumas delas a seguir!

Terapias Holísticas como o Reiki, a Terapia Multidimensional e a Mesa Quântica Estelar também são ótimas para o equilíbrio dos chakras. Que tal experimentar agendando uma sessão de Terapia online comigo? Estou te esperando 🙂

 

1. Cristais para alinhamento de chakras

ícone de cristais para alinhamento de chakras

Escolha um cristal por dia para se conectar, energizar e fazer o alinhamento de chakras.

Mais de um não é aconselhável para não misturar as energias e intenções.

Você pode levá-lo na bolsa, no bolso da calça, segurá-lo durante a sua prática de meditação, utilizá-lo em um pingente ou deixá-lo na sua mesa de trabalho, por exemplo.

Abaixo você encontra algumas sugestões de utilização de cristais para o alinhamento de chakras:

  • Chakra básico: jaspe vermelha, turmalina negra, obsidiana, hematita, Rubi, Granada.
  • Chakra sacral: Calcita e selenita Laranja, Cornalina, Opalina de fogo, Pedra do Sol e Pedra da Lua, jaspe madeira.
  • Chakra Plexo Solar: Citrino Natural, Topázio Imperial e Enxofre, Olho de Tigre, Calcita Mel.
  • Chakra cardíaco: Quartzo Verde, Esmeralda, Malaquita, Quartzo Rosa, Amazonita.
  • Chakra laríngeo: Água Marinha, Quartzo Azul, Turquesa, Lápis Lazuli, Sodalita, cianita azul.
  • Chakra frontal: Sodalita, Lápis Lazúli, amestista, azurita, fluorita.
  • Chakra coronário: Quartzo Branco, Selenita, Ametista, angelita.

 

2. Práticas que auxiliam o equilíbrio e alinhamento de chakras

ícone de práticas que auxiliam o equilíbrio e alinhamento de chakras

  • Chakra básico: andar descalço na grama, na areia, atividades que nos conectam com a natureza, jardinagem, ser “pé no chão”, posturas de yoga e dança (e demais exercícios físicos), presença e consciência corporal, entoar 108 vezes o mantra OM (utilize um japamala para facilitar), use objetos e roupas na cor vermelha, sono reparador e alimentação balanceada.
  • Chakra sacral: chorar, suar, alegria, prazer, dança, movimento, banho de cachoeira, desenvolver habilidades criativas, elimine pouco a pouco os vícios (álcool, cigarros, demais drogas, jogos, redes sociais, sexualidade desiquilibrada, comida), soltar a resistência ao novo, buscar conhecer novas culturas, demonstre seus sentimentos, vá quebrando o medo de se envolver com as outras pessoas, entoar 108 vezes o mantra LAM (utilize um japamala para facilitar), use objetos e roupas na cor laranja.
  • Chakra Plexo Solar: tomar sol, observar o fogo, parar de delegar e agir mais, não leve a vida tão a sério, pratique o bom humor, coloque limites com amorosidade nas suas relações, aprecie a sua própria companhia, ouça sua intuição, faça as pazes com as suas escolhas, assuma suas responsabilidades e saia da vitimização, permita a fluidez das suas emoções, faça abominais (principalmente pranchas), Yoga (saudação ao sol), Pilates, entoar 108 vezes o mantra RAM (utilize um japamala para facilitar) use objetos e roupas na cor amarela.
  • Chakra cardíaco: vulnerabilidade, falar a verdade, coragem, viver a verdade do seu coração, acolhimento, amor-próprio (sem amor-próprio a vida amorosa não flui, tampouco a profissional), desenvolver a autocompaixão e a compaixão pelas demais pessoas, criar a prática da gratidão na sua vida exercer a fé do jeito que isso fizer sentido para o seu coração.
  • Chakra laríngeo: falar a verdade, falar somente o necessário, falar com carinho e respeito ao outro, ser coerente com o que pensa e fala, dizer o que está incomodando, dizer sim quando “sim” e não quando “não”, cantar, rir, entoar 108 vezes o mantra HAM (utilize um japamala para facilitar), use roupas e objetos na cor azul claro.
  • Chakra frontal: ouvir sua intuição, meditar, olhar para a natureza, acalmar os pensamentos, praticar a presença, dormir bem, pegar sol diariamente, exercícios de respiração (pranayamas), ficar no observador, cultivar momentos de silêncio, escrita intuitiva, estudar sobre mediunidade, sentidos psíquicos e espiritualidade, entoar 108 vezes o mantra OM (utilize um japamala para facilitar), utilizar roupas e objetos na cor azul escuro/ índigo.
  • Chakra coronário: faça leituras edificantes (qualquer livro que te conecte com a fé: sutras budistas, bíblia, evangelho segundo o espiritismo, yoga sutras, etc.); medite, ore, agradeça, busque o caminho do meio, viva no momento presente, se conecte com a Natureza, ouça mantras e músicas Solfeggio, Orai e vigiai. entoar 108 vezes o mantra OM (utilize um japamala para facilitar), utilize roupas e objetos na cor violeta, branco e dourado.

Cultive a gratidão! Todos os dias agradeça por pelo menos 3 coisas que possui na vida.

Esse chakra está relacionado à nossa capacidade de materialização e gratidão e está totalmente relacionado à abundância. Sem gratidão, a abundância não flui em nossas vidas.

Perdoe e se auto perdoe! O único que perde não perdoando é você.

Preserve o equilíbrio no dar e receber! Estabeleça limites e alimente o que é recíproco.

Pratique a caridade!

Não precisa ser material. Você tem dois ouvidos, não é? Que tal separar uma hora na semana para ouvir alguém? Mas apenas ouvir! Sem dar opinião, sem julgar… apenas uma escuta amorosa e a doação de seu tempo.

Faça Hooponopono para as pessoas e situações que você precisa perdoar.

 

3. Sucoterapia para energização e alinhamento de chakras

sucoterapia para energização e alinhamento de chakras

Os alimentos também contêm energia e podem auxiliar a manter os nossos chakras ativos, energizados e equilibrados.

Abaixo você encontra dicas de sucos naturais para cada chakra:

  • Chakra básico: morangos, melancia, água natural ou água de côco e lascas de gengibre.
  • Chakra sacral: cenoura, laranja, água natural ou água de côco e uma pitada de cúrcuma (açafrão da terra). Se desejar pode acrescentar também mamão papaya.
  • Chakra Plexo Solar: gengibre, hortelã, abacaxi, água natural ou água de côco e uma pitada de cúrcuma (açafrão da terra). Você pode acrescentar melão.
  • Chakra cardíaco: couve, limão, maçã verde, água natural ou água de côco e hortelã.
  • Chakra laríngeo e frontal: beterraba, morangos, maçã vermelha, água de côco ou natural e gengibre.
  • Chakra coronário: não há. Nesse caso, recomenda-se tomar sol diariamente nos horários adequados por pelo menos 10 minutos para energizar esse chakra.

 

4. Meditação

A Meditação é uma ótima ferramenta para alinhamento dos Chakras.

Deixei um presente para você: uma meditação de alinhamento dos 7 chakras guiada por mim, aproveita 🙂

 

 

4. Terapia para alinhamento de chakras à distância (Reiki)

ícone de terapia para alinhamento de chakras à distância reiki

As terapias energéticas são um dos caminhos mais efetivos para o equilíbrio dos nossos chakras e para o nosso corpo-mente-espírito.

O Reiki é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), aplicado no Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil. O Reiki atua nos chakras, sendo bastante efetivo na harmonização.

É uma técnica considerada como terapia integrativa, em que o terapeuta estende as suas mãos para canalizar energia vital universal, a fim de restaurar o equilíbrio físico, regularizar suas funções vitais e equilibrar o campo mental, emocional e espiritual.

É composto pela combinação de duas fontes de energia: rei (energia universal) e ki (energia vital), por isso é denominado de energia vital universal.

As sessões podem ser à distância ou presenciais e têm a mesma efetividade.

Mais benefícios do Reiki:

  • Desbloqueio, alinhamento de chakras e energização dos centros de energias
  • Equilíbrio hormonal e disposição energética
  • Equilíbrio emocional e aumento do amor próprio
  • Expansão da consciência e maior conexão com a Natureza e com o Divino
  • Aumento da imunidade e atua na regeneração do corpo físico
  • Diminuição de sintomas da depressão, síndrome do pânico, traumas e fobias
  • Redução do estresse e ansiedade, provocando o relaxamento e a paz interior
  • Liberações cármicas e de crenças limitantes

Sem contraindicações, o Reiki pode ser usado separadamente ou em conjunto com outros tratamentos e terapias, sejam elas também holísticas ou não. Todos podem se beneficiar!

Te convido a iniciar essa harmonização e transformação comigo! Será uma honra te guiar nesse processo.

Agende uma sessão de Reiki online comigo!

4.9/5 - (30 votos)

Terapeuta com mais de 3.500 atendimentos e Professora de Terapia Multidimensional, Reiki Usui, Cura Arcturiana, Despertar da Mediunidade I Minha missão é despertar a tua essência e te trazer para o teu estado natural de harmonia I Liberações de Ancestralidade I Cura do Feminino

AGENDAR!

Atende online

Mais terapias de Sarah Sofia

  • Reconecta: tratamento energético e espiritual

    Online
    R$287,00 Oferta!
    Sarah Sofia
    (70)
    Terapeuta Certificado
    107 terapias realizadas
    Play
  • Limpeza Energética profunda e abertura de caminhos

    Online
    R$350,00
    Sarah Sofia
    (70)
    Terapeuta Certificado
    107 terapias realizadas
    Play
  • WorkShop Gravado tudo sobre Chakras

    Online
    R$80,00
    Sarah Sofia
    (70)
    Terapeuta Certificado
    107 terapias realizadas
    Play
Ver Perfil de Terapeuta