Terapias para depressão: 8 técnicas complementares para saúde mental!

Recuperando a luz interior: terapias eficazes para o bem-estar mental e emocional.
mulher em terapias para depressão e ansiedade
Mais terapias de Maria Eduarda Pepe
5/5 - (1 voto)

Neste artigo, vamos apresentar 8 terapias para depressão, complementares ao tratamento convencional para equilíbrio mental e emocional, oferecendo insights e orientações sobre abordagens terapêuticas que podem ser fundamentais para a recuperação e o bem-estar mental.

Em um momento em que a conscientização sobre a saúde mental se torna essencial, estas terapias oferecem esperança e apoio para aqueles que enfrentam desafios emocionais.

Sou Maria Pepe, content manager Guia da Alma. Boa leitura! 🙂


Terapias para depressão: 8 razões para fazer

imagem de Terapias para depressão e ansiedade: 8 razões para fazer

Foto: fizkes – istock

Fazer terapias para depressão e ansiedade é fundamental por várias razões importantes:

  1. Abordagem não farmacológica: terapias oferecem uma abordagem não farmacológica para o tratamento desses distúrbios. Isso significa que, em muitos casos, você pode evitar ou reduzir a necessidade de medicamentos, o que pode ser importante para algumas pessoas devido a preocupações com efeitos colaterais ou dependência;
  2. Aprendizado de estratégias de enfrentamento: a terapia proporciona ferramentas e estratégias para lidar com os sintomas de depressão e ansiedade. Você aprende a identificar padrões de pensamento negativos, comportamentos autodestrutivos e a desenvolver habilidades para enfrentar desafios emocionais;
  3. Compreensão e autoconhecimento: terapia oferece a oportunidade de explorar os fatores subjacentes que contribuem para a depressão e a ansiedade. Isso pode incluir questões passadas não resolvidas, traumas, crenças limitantes e muito mais. Ao entender esses fatores, você pode trabalhar para resolvê-los e alcançar uma melhor compreensão de si mesmo;
  4. Suporte profissional: ter um terapeuta treinado oferece um ambiente seguro e confidencial para compartilhar seus sentimentos e preocupações. Ter alguém que o ouça de forma imparcial e orientada para soluções pode ser uma parte essencial do processo de recuperação;
  5. Prevenção de recaídas: a terapia não apenas trata os sintomas imediatos, mas também ajuda a prevenir recaídas. Ao desenvolver estratégias de enfrentamento e mecanismos de apoio, você está melhor preparado para lidar com o estresse futuro e situações desafiadoras;
  6. Melhoria na qualidade de vida: o tratamento da depressão e da ansiedade pode levar a melhorias significativas na qualidade de vida. Isso inclui melhorias no relacionamento interpessoal, no trabalho, na saúde física e no bem-estar geral;
  7. Redução do estigma: buscar terapia para a depressão e ansiedade ajuda a reduzir o estigma associado a problemas de saúde mental. Isso pode criar um ambiente mais solidário e inclusivo para todas as pessoas que buscam ajuda;
  8. Autocuidado: participar da terapia é um ato de autocuidado. Cuidar de sua saúde mental é tão importante quanto cuidar de sua saúde física. A terapia oferece uma maneira de priorizar seu bem-estar emocional.

Não hesite em buscar ajuda se você ou alguém que você conhece estiver lutando com esses problemas, pois a assistência está disponível e pode fazer uma diferença real na vida das pessoas.

Importante: as técnicas aqui apresentadas são complementares. Elas não substituem tratamento psicológico ou médico. A recomendação é que sejam feitas em conjunto, de forma complementar.

Com o tratamento correto e adequado, você pode superar a depressão e ansiedade, recuperando a alegria em viver. Busque ajuda. Você não está só!

1. Meditação Guiada para equilíbrio mental e emocional

imagem de Meditação Guiada para equilíbrio mental e emocional

Foto: Milan Markovic – istock

A meditação guiada promove o equilíbrio emocional, comportamental e mental, fortalecendo a relação entre mente e corpo.

Muitas vezes, a depressão pode vir associada de ansiedade, e essa prática ser muito benéfica para a saúde, como comprovam vários estudos.

Ela pode ajudar também a devolver sensações de bem-estar e percepção corporal. Além disso, a meditação guiada proporciona auxílio no autoconhecimento, ajudando a lidar com os conflitos internos e externos, permitindo que se viva com mais consciência e qualidade de vida.

Leia mais:

Agende:

2. Reiki para depressão

imagem de Reiki para ansiedade e depressão

Foto: AndreyPopov – istock

Se você está enfrentando profunda e persistente tristeza, exaustão excessiva e sensação de vazio, é possível que esteja experimentando também uma falta de energia.

Dois dos principais sintomas da depressão são a apatia e a tristeza. O Reiki atua equilibrando a energia, relembrando o corpo como é a sensação de ter bem-estar e autocuidado.

“Simplesmente amei, estava com a minha energia para baixo, até mesmo com um sentimento que estava entrando em depressão (…) e no mesmo dia senti uma energia que fazia tempo que não sentia, foi uma delicia, quero fazer muitas sessões novamente, foi maravilhoso, obrigada.” Thamires Kido

3. Apometria para depressão

imagem de Apometria Quântica para depressão e ansiedade

Foto: recep-bg – istock

A Apometria é um tratamento energético capaz de restabelecer o equilíbrio ao remover energias de baixo padrão vibratório que podem desencadear diversos transtornos.

Ela pode ser aplicada a nossa vida, e também ao ambiente onde estamos.

Essa abordagem terapêutica consiste em um conjunto de procedimentos projetados para liberar essas energias intrusas e fechar portais energéticos que drenam nossas forças vitais.

O termo apometria tem sua origem no grego, onde apo significa além de; fora de, e metron se traduz como medida.

A técnica também se concentra em resolver questões relacionadas a relacionamentos passados e influências negativas, tanto internas, como externas.

“Venho enfrentando a depressão já alguns anos (…) achei que não havia mais solução para minha tristeza. Até que resolvi pedir ajuda de uma forma diferente, fiz algumas sessões de apometria e ainda faço alguns tratamentos com a radiestesia e confesso que me sinto completamente novo. Estou mais animado, voltei a ser criativo no trabalho, minha auto estima esta muito melhor e mais aliviado em relação a depressão. Me sinto mais grato.” Jono Schwendler

4. EFT para Depressão

eft para depressão

Foto: humonia – istock

A EFT é uma técnica de liberação emocional, que nos ajuda a ter percepção do que estamos sentido e aliviar angústias.

Através de uma sessão guiada, o terapeuta conduz você a exercícios de fala e de leve batidas em pontos da acupuntura onde as emoções ficam acumuladas!

Ideal para lidar com sentimentos de solidão, tristeza e traumas que podem estar associados à depressão.

5. Constelação Familiar para depressão

imagem de Constelação Familiar + EFT para depressão

Foto: Manuela Delgado – istock

Você está enfrentando dificuldades para encontrar a motivação para viver? Sentem as coisas se repetindo na sua vida como um looping? A vida parece estar carente de alegria no trabalho e nas relações pessoais?

Se você respondeu positivamente a alguma dessas perguntas, é hora de perceber que a vida reserva potencial para algo muito melhor.

A constelação familiar é uma abordagem terapêutica que se baseia na ideia de que problemas psicológicos e emocionais podem estar enraizados em dinâmicas familiares não resolvidas ou em questões não reconhecidas dentro da família.

“Eu estava com depressão profunda, não conseguia sair sozinha. Ela veio e meu esclareceu muitas coisas que me fizeram ver a vida de uma forma diferente. Só de falar com ela já fico bem. Fiz a constelação e achei muito diferente, amei. Só posso agradecer por todo acolhimento.” Luana Lisboa

6. Psicoterapia Integrativa para depressão

imagem de Psicoterapia Holística para autoconhecimento profundo

Foto: Valeriy_G – istock

A psicanálise integrativa é uma abordagem terapêutica que combina elementos da psicanálise tradicional com outras abordagens terapêuticas complementares.

Essa abordagem busca oferecer uma perspectiva mais ampla e flexível para a compreensão e tratamento de questões emocionais, como a depressão.

Aqui estão algumas maneiras pelas quais a psicanálise integrativa pode ajudar na depressão:

  • Exploração das raízes psicológicas da depressão: ajuda os pacientes a explorar as causas subjacentes da depressão, incluindo experiências de infância, traumas passados, conflitos internos e dinâmicas de relacionamento. Isso pode fornecer insights importantes sobre os fatores que contribuem para a depressão;
  • Compreensão das defesas psicológicas: ajuda os pacientes a reconhecer e compreender as defesas psicológicas que eles usam para evitar lidar com emoções dolorosas. Isso pode incluir mecanismos de defesa como negação, repressão e projeção. Ao identificar e entender essas defesas, os pacientes podem começar a trabalhar para desafiá-las e enfrentar suas emoções de maneira mais saudável;
  • Exploração das relações interpessoais: também presta atenção às dinâmicas de relacionamento e como elas podem influenciar a depressão. Os terapeutas ajudam os pacientes a examinar suas relações passadas e atuais para identificar padrões disfuncionais que podem estar contribuindo para a depressão;
  • Foco na autorreflexão e autoconhecimento: encoraja os pacientes a se autoexaminarem e a desenvolverem um maior autoconhecimento. Isso pode ajudar os pacientes a identificar crenças e pensamentos negativos sobre si mesmos que podem estar alimentando a depressão;
  • Adaptação a necessidades individuais: a psicanálise integrativa é uma abordagem flexível que pode ser adaptada às necessidades individuais de cada paciente. Isso significa que o terapeuta pode incorporar técnicas de outras abordagens terapêuticas quando apropriado, tornando o tratamento mais personalizado.

Agende agora uma sessão online de Psicanálise Integrativa no Guia da Alma!

7. Hipnose para Depressão

imagem de Automassagem para relaxamento

Foto: Strelciuc Dumitru – istock

A Hipnoterapia já é reconhecida pelo Conselho Federal de Psicologia como terapia auxiliar no tratamento de problema emocionais, como a depressão.

O terapeuta pode conduzir você em um estado  para entender as origens e causas do que tem causado depressão, além de ativar novos caminhos cerebrais para o bem-estar.

“Recomendo! Melhora muito a confiança, auto estima, depressão e crises de ansiedade. A hipnose tem me ajudado muito.” Drika Ioko

8. Terapia para depressão com Florais de Bach

imagem de Terapia para depressão com Florais de Bach

Foto: Davizro – istock

A terapia com Florais de Bach é fundamentada no uso de essências florais, inteiramente naturais, desenvolvidas pelo Dr. Edward Bach, com o propósito de restabelecer o equilíbrio entre mente e corpo, promovendo o tratamento terapêutico.

Existem 38 tipos distintos de essências que atuam no âmbito das emoções e sentimentos, abrangendo áreas como: medo, solidão, exaustão, preocupação, traumas, entre outros.

“A terapia dos florais foi aplicada para minha filha caçula, em tratamento para depressão há 3 anos e meio, e a melhora foi imediata ao iniciar os florais indicados (…)! Em poucos dias minha filha voltou a se alimentar, tomar banho, conversar e sair do quarto escuro onde ela vivia, e eu pude ouvir um “mamãe eu te amo”” Raquel Nossa dos Santos

Sente interesse em agendar Terapias para depressão e ansiedade e embarcar numa jornada de autoconhecimento?

Conte com o apoio dos terapeutas Guia da Alma: conheça nosso catálogo com terapias para lidar com a depressão! 🙂

5/5 - (1 voto)