Como vencer a ansiedade? 10 dicas!

Entenda os sintomas, causas e o que você pode fazer para vencer a ansiedade.
mulher em como vencer a ansiedade
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Susy Brito
4.9/5 - (8 votos)

Querendo saber métodos de como vencer a ansiedade?

Primeiramente, pergunte-se: já dedicou um momento do dia para você hoje?

Aproveite este momento e pare só um instante.

Agora leve a sua atenção para o seu corpo e respire de forma consciente, completa e profunda por 3 vezes.

Perceba como você pode entrar de forma fácil e rápida em um estado de presença e de mais consciência sobre si mesma.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a ansiedade vem crescendo em nível mundial e se tornando um dos transtornos que mais afeta a humanidade. Com a pandemia, os casos de ansiedade aumentaram em 25%.

O fato de estar se tornando um desequilíbrio comum a tantos não significa que tenha se tornado normal.

É muito possível viver em harmonia com a vida e consigo mesma, mas é fundamental se permitir acreditar nisso, se abrindo, assim, para as ferramentas disponíveis.

A ansiedade excessiva afeta diretamente a nossa vida pessoal e profissional de forma negativa.

Muitas vezes, para evitar as angústias e sensações que este transtorno dispara em cada um, cria-se bloqueios e resistências em relação às ações e atividades do dia a dia.

Este artigo foi escrito com o intuito de contribuir com informações relevantes e dicas para o seu bem-estar, equilíbrio emocional e mental e gerenciamento da ansiedade.

É possível vencer a ansiedade!

Sou Susy Brito, Terapeuta holística, Facilitadora de Desenvolvimento Humano, Despertar e Acesso à Consciência. Boa leitura!


 Significado de ansiedade

imagem de significado de ansiedade

Foto: FG Trade – istock

A ansiedade faz parte da nossa biologia e do nosso sistema de sobrevivência.

Ela é primordialmente saudável e sem ela não teríamos a curiosidade, percepção aguçada, a segurança e o prazer e de explorar o novo.

Assim como alegria, raiva ou medo, é uma reação comum ao ser humano e somente é considerada uma patologia quando passa a prejudicar a sua rotina e a sua vida, causando transtornos que podem ser desde uma angústia leve até uma crise de pânico.

Ao invés de ânimo, começa a se tornar um sentimento desagradável de angústia, apreensão, medo, insegurança, desconforto e tensão gerado pela antecipação de uma situação perigosa ou desagradável, real ou não.

A ansiedade é uma sensação física, emocional e mental que se apresenta em consequência da interpretação da mente em relação a uma ameaça de perigo, dor e sofrimento.

Compreender o que está acontecendo em nosso corpo e mente, consciente e inconsciente, é fundamental para conseguirmos gerenciar a ansiedade.

As sensações experimentadas em um momento de ansiedade ocorrem devido ao mecanismo interno que prepara o corpo para reagir de acordo com a situação apresentada ou prevista.

É uma programação biológica para garantir a vida em caso de risco, promovendo condições ao corpo de se defender.

A ansiedade se torna um desequilíbrio quando a mente passa a prever perigo e aciona esses mecanismos de forma distorcida.

O organismo passa a se preparar para situações de luta e fuga, mesmo quando não há um perigo real, gerando muita energia e adrenalina fora do contexto necessário, o que causa muito mal estar e até desespero.

Como saber se você tem ansiedade

imagem de como saber se você tem ansiedade

Foto: PixelsEffect – istock

Ao conhecer os sintomas físicos e psicológicos mais comuns e o que causa a ansiedade é possível buscar tratamento e ajuda antes que ela se torne um transtorno mais sério na sua vida.

Veja quais são os tipos e sintomas de ansiedade logo abaixo:

Tipos de ansiedade

ícone de tipos de ansiedade

Os tipos mais comuns de ansiedade são:

  • Crise de pânico ou Síndrome do Pânico;
  • Síndrome do pensamento acelerado;
  • Transtorno de ansiedade generalizada (TAG);
  • Fobias como agorafobia, fobia social e outras;
  • Transtorno obsessivo compulsivo (TOC);
  • Transtornos de estresse pós-traumático;
  • Síndrome de Burnout.

Sintomas físicos de ansiedade

ícone de sintomas físicos de ansiedade

  • Sensação de aperto ou dor no peito;
  • Aceleração dos batimentos cardíacos;
  • Sensação de sufocamento;
  • Enjoo e vômito;
  • Inquietação;
  • Tontura;
  • Sensação de desmaio;
  • Mãos trêmulas e/ou frias;
  • Sudorese;
  • Alterações no sono.

Ansiedade: sintomas psicológicos

ícone de ansiedade sintomas psicológicos

  • Angústia;
  • Desespero;
  • Medos e pânico;
  • Sensação de mente vazia;
  • Pensamento acelerado;
  • Pensamentos negativos repetitivos;
  • Preocupação excessiva;
  • Autocobrança excessiva ou sensação de estar sendo cobrado;
  • Perda de memória de curto prazo;
  • Comportamento compulsivo;
  • Despersonalização;
  • Desrealização.

Além dos sintomas listados acima, os mais comuns, há outros não tão óbvios que vale a pena observar:

  • Dificuldade de concentração;
  • Calafrios;
  • Pessimismo;
  • Perfeccionismo exagerado;
  • Necessidade de controlar o futuro;
  • Irritabilidade;
  • Variação de humor;
  • Medo de falar em público;
  • Fala acelerada;
  • Bruxismo;
  • Agitação nas pernas, principalmente na hora de dormir;
  • Problemas gastrointestinais.

Descubra seu nível em nosso teste de ansiedade!

Sintomas de Transtorno de Ansiedade

ícone de sintomas

A ansiedade é considerada um transtorno quando passa a afetar de forma negativa e cria limitações na vida da pessoa.

É natural que se sinta ansiedade antes de uma prova, entrevista, palestra ou algo que tenha algum tipo de risco, como uma cirurgia, por exemplo.

Nesse caso, é possível que você experimente alguns dos sintomas apresentados acima; porém, é em razão de uma situação específica e que irá passar.

Quando há o transtorno de ansiedade, a pessoa apresenta tais sintomas de forma mais recorrente e em situações que nem ela mesma compreende o motivo de se sentir assim.

Em resumo, enquanto aquele que está em estado ansioso apresenta sintomas por um período, o que tem um transtorno de ansiedade convive com esses sintomas quase diariamente.

O que causa crise de ansiedade?

imagem de o que causa uma crise

Foto: ljubaphoto – istock

São diversas as causas que levam a pessoa a experimentar a ansiedade, sendo as mais comuns:

  • Traumas;
  • Medos;
  • Histórico familiar;
  • Rotina estressante;
  • Lixos emocionais acumulados;
  • Privação de sono;
  • Doenças;
  • Medicação (efeito colateral ou adverso);
  • Abuso de substâncias como drogas e álcool.

Quando algum gatilho é acionado e remete o ser humano ao medo, a ansiedade se apresenta. Quanto maior for a antecipação de dor e perigo iminente, maior será a sensação de ansiedade.

E será que você está com sintomas da ansiedade ou excesso de estímulos?

O estresse e ansiedade, além do excesso de estímulos pode acelerar o cérebro, poder levar à dificuldade de atenção e concentração, gerando fadiga mental.

O cérebro precisa de energia para funcionar bem, refiro-me aqui a energia orgânica, pois ele é uma usina que consome oxigênio e glicose para a manutenção do nosso corpo.

Ao ser sobrecarregado com múltiplos afazeres, pode vir a desorganizar outras funções, gerando desequilíbrio no sono, ansiedade, burnout e irritabilidade.

Estar atento ao que é importante e essencial é fundamental para este equilíbrio.

Como vencer a ansiedade? 10 dicas

imagem de como vencer a ansiedade 10 dicas

Foto: Prostock-Studio – istock

Sim! Ansiedade tem tratamento!

Sendo a ansiedade um processo natural do organismo, quando equilibrado traz benefícios para a sua vida.

Buscar tratamento vai te ajudar a gerenciar com mais tranquilidade e segurança seus pensamentos, sentimentos, emoções e sensações.

Dica 1. Exercícios para vencer a ansiedade

ícone de exercícios para ansiedade

Exercícios físicos são excelentes aliados ao controle da ansiedade, estimulando o aumento da endorfina, serotonina e noradrenalina, substâncias do bem-estar produzidas pelo nosso organismo.

Movimentar-se equaliza a mente e o corpo físico, promovendo mais harmonia no seu dia a dia.

Lembre-se de que o seu corpo está cheio de energia e pronto para o movimento.

Se possível, caminhe, pule, corra, dance… encontre uma forma leve para você e deixe seu corpo liberar toda essa energia que ele se preparou para usar.

Busque uma forma que seja possível, de acordo com o lugar e momento em que você esteja passando pela ansiedade.

Caminhar já ajuda bastante e você pode integrar as outras dicas enquanto se movimenta.

O foco aqui é trazer seu sistema físico, emocional e mental de volta ao equilíbrio.

Yoga é uma boa saída para cuidar do corpo e mente, simultaneamente:

Praticar alguma destas posturas, por pelo menos 2 minutos, “engana” o  cérebro e promove a sensação de empolgação, segurança, força e confiança:

  • Na pose de poder, a mente influencia o corpo e o corpo influencia a mente;
  • A pose do Herói ou Heroína nos traz mais confiança;
  • Levantar os braços em comemoração estimula a testosterona e reduz o cortisol, diminuindo a sensação de nervosismo e ansiedade.

A postura molda não apenas como nos sentimos, mas também a ideia que temos de nós mesmos, da nossa autodescrição à confiança com que a sustentamos.

Dica 2. Crise de ansiedade: como vencer e controlar

ícone de crise de ansiedade como controlar

Respire de forma consciente e completa, levando o ar até o final do abdome. Aceite a ansiedade.

Seja um sentimento ou uma sensação, ao invés de resistir e tentar eliminar o mais rápido possível, aceite.

Diga para a ansiedade: “Eu vejo você. Pode ficar.” Resistir gera mais tensão, mais ansiedade.

Não resistir permite que você acesse mais consciência sobre suas emoções, pensamentos e sensações.

Faça exercícios de respiração:

Respiração HA:

  • Inspire contando até 7;
  • Segure com os pulmões cheios e conte até 7;
  • Expire contando até 7;
  • Segure com os pulmões vazios e conte até 7.

Faça 9 rodadas, respirando sempre pelo nariz, sem forçar para não hiperventilar.

Siga o seu próprio ritmo na contagem, ela é diferente para cada pessoa.

Este é um exercício respiratório muito eficiente e indicado também para quem apresenta quadros de depressão.

Realize-o diariamente.

Ele ajuda a dormir melhor se realizado antes de adormecer.

Beba água:

Durante uma crise de ansiedade, seu corpo está pronto para lutar ou fugir, ao respirar de forma consciente e completa e beber água, você envia uma mensagem para a sua mente de segurança.

Ao beber a água, faça-o de forma presente, consciente, direcionando o seu foco de atenção para esta ação.

Respire entre os goles e leve seu pensamento para uma imagem de águas calmas, como um lago ou um mar com poucas ondas.

Quanto mais experimentar melhora na ansiedade, mais vá direcionando sua imaginação para a água como um condutor de paz e plenitude.

Mude o foco da mente:

Faça uma lista de algo que seja de seu interesse, assim seu foco de atenção mudará.

Foque em algo que você goste muito ou que faça parte da sua rotina e narre o passo a passo disso.

Por exemplo: seu caminho de casa para o trabalho, a receita de um prato que você goste de preparar, uma fórmula matemática, uma fase do jogo, enfim, algo que você se sinta envolvido ao lembrar e que te faça bem.

Dica 3. Como ajudar alguém a vencer a ansiedade

ícone de como ajudar alguém com ansiedade

Empatia e compaixão são essenciais.

Compreenda que a pessoa está vivendo uma experiência muito difícil naquele momento.

Evite dizer frases do tipo:

  • “Vai passar”;
  • “Fique calmo”;
  • “Se controle”…

Isso só vai piorar.

Não menospreze ou amenize a situação, como se fosse fácil superar instantaneamente. Quem está em uma crise de ansiedade está no limite.

Olhe para a pessoa e diga: “Estou aqui, respire comigo.”

E respire de forma lenta e completa para que ela se espelhe em você neste momento.

Se possível, dê água para ela beber e a leve para caminhar.

Escute o que a pessoa tem a dizer, só o fato dela saber que está sendo acolhida já é uma grande contribuição.

Dica 4. Remédios para ansiedade fitoterápicos

ícone de remédios para ansiedade fitoterápicos

A Terapia com os Florais de Bach para ansiedade apresenta resultados bastante satisfatórios no tratamento e crises de pânico, como uma medida natural. Ela é complementar ao uso de remédios convencionais!

Os florais harmonizam e equilibram nossas emoções, agindo nos estados de ânimo negativo, tais como:

  • Irritação;
  • Medos;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Preocupação;
  • Entre outros.

Terapia Floral é um método natural que pode agir em crises que ocorreram em diferentes fases da vida (adolescência, idade adulta, menopausa e andropausa, terceira idade) e em conflitos responsáveis por distúrbios físicos e mentais que afetam cada vez mais pessoas.

Os florais são extratos líquidos naturais de flores, plantas e arbustos que promovem o equilíbrio das emoções, buscando a consciência plena do seu mundo interior e exterior.

A consulta dura em torno de 1 hora e, ao final, eu te envio a receita com a fórmula floral indicada para você. A fórmula é individual e específica para cada um.

Dica 5. Meditação para vencer a ansiedade

ícone de meditação para ansiedade

Meditação é indicada para qualquer desequilíbrio emocional. Encontre a sua forma de meditar e aproveite!

Sentar-se de pernas cruzadas e fechar os olhos não é a única forma de realizar a meditação que também pode ser realizada de forma ativa.

Com a meditação você foca no momento presente e abranda suas ondas cerebrais, o que contribui muito para seu equilíbrio.

Aproveite esse momento e experimente esta meditação guiada para ansiedade:

Dica 6. Faça perguntas e acesse lembranças boas

ícone de faça perguntas e acesse lembranças boas

A pergunta coloca a mente no foco de encontrar respostas.

Tenha uma lista de perguntas específicas para fazer se tiver uma crise de ansiedade ou pânico:

  • “Como posso me sentir melhor aqui?”
  • “Como posso perceber que está tudo bem?”
  • “O que é essencial agora?”

Direcione seu foco para o objetivo, ou seja, como você quer se sentir.

Se você pergunta: “Como posso sair da ansiedade?”, o foco estará na ansiedade.

Se você pergunta: “Como posso acessar meu bem-estar agora?”, o foco estará no bem-estar.

Se for possível, no momento em que perceber a ansiedade se apresentando, vá para um lugar mais tranquilo e respire de forma consciente enquanto busca na memória lembranças de momentos em que estava experimentando sensações de alegria, leveza, realização e felicidade.

Assim, não só irá mudar o foco da sua mente, como das suas emoções e, consequentemente, do seu corpo.

Eu sempre utilizo uma prática ancestral havaiana, o Ho’oponopono, que realiza a limpeza das crenças e programas inconscientes que geram e alimentam sensações, sentimentos e pensamentos negativos.

Com esta técnica, consigo me centrar, mudar meu foco e, por usar bastante e me identificar com o Ho’oponopono, me sinto acolhida e protegida.

Foque no que é essencial!

Lembre-se de que você precisa dar conta somente do que está fazendo agora. Esteja cada vez mais consciente do seu estado de presença.

Organize suas tarefas do dia, da semana, do mês. Faça uma lista e foque na atividade do momento.

  • Pergunte-se sempre: O que é prioridade agora?

Dica 7. Se familiarize com as sensações para vencer a ansiedade

ícone de se familiarize com as sensações

Busque se familiarizar com algumas das sensações experimentadas durante o momento da ansiedade ou crise de pânico.

Quem já teve uma crise de pânico ou ansiedade, passou por diversas sensações corporais desconfortáveis como:

  • Aperto no peito;
  • Tontura;
  • Desorientação;
  • Entre outras.

Muitas vezes, depois de uma crise, as sensações parecidas podem ser um gatilho para nova crise.

Sabendo disso, é indicado buscar se familiarizar com algumas sensações experimentadas, por exemplo:

  • Rodar para provocar a tontura;
  • Correr ou pular para acelerar o coração;
  • Ficar em um ambiente mais quente para transpirar.

Enfim, se exponha às sensações em momentos que você estiver bem para que estes deixem de ser gatilhos negativos.

Dica 8. Saindo do estresse em 90 segundos

ícone de saindo do estresse em 90 segundos

Em posição sentada, coloque as mãos sobre o coração.

Sinta os seus batimentos cardíacos e a sua força interior.

Concentre-se na respiração e pense em um momento agradável que te traz felicidade.

Permita que imagens boas e alegres surjam na mente.

Assim, seu humor começa a melhorar e você acessa mais clareza para resolver ou compreender seu conflito.

Dica 9. Tratamentos indicados para vencer a ansiedade

ícone de tratamentos indicados para ansiedade

Vencer a ansiedade envolve um conjunto de mudanças de hábitos e opções de tratamentos. Algumas sugestões são:

Dica 10. Terapia para vencer a ansiedade

ícone de terapia para ansiedade

Terapia é um dos tratamentos mais indicados para a ansiedade, pois te permite compreender e reconhecer os gatilhos que levam ao transtorno.

Ressignificar traumas e padrões é uma das melhores formas de se equilibrar e de acessar ferramentas para o gerenciamento das emoções.

Ao acessar o autoconhecimento, a harmonização da mente, das emoções e do corpo, as desordens vão cedendo lugar ao equilíbrio e bem-estar geral.

Nos meus atendimentos com terapias para ansiedade, utilizo as técnicas necessárias para que você experimente mais tranquilidade e paz.

A importância da Terapia para o nosso crescimento, equilíbrio, autoconhecimento e expansão é imensa.

Por mais difícil que seja o seu momento e mesmo que muitas vezes pareça que todo o caos nunca mais irá passar, saiba que você não está sozinho.

Peça ajuda e utilize os recursos disponíveis para a sua melhora, bem-estar, equilíbrio e harmonização.

Quer diminuir seus níveis de ansiedade?

4.9/5 - (8 votos)

Contribuo para que você se desenvolva a partir de um profundo autoconhecimento, realizando escolhas conscientes e vivendo com mais leveza e autenticidade. 🌻 Autora dos Livros: Vencendo a Ansiedade e O Livro do Ho'oponopono.

AGENDAR!

Atende online
Presencial em Araruama - RJ

Mais terapias de Susy Brito

  • Curso de Ho'oponopono

    Ho’oponopono: Curso Completo

    Online
    R$80,00
    Susy Brito
    (21)
    Terapeuta
    988 terapias realizadas
  • Curso de Reiki

    Curso de Reiki – 100% online com sintonização individual ao vivo

    Online
    R$120,00
    Susy Brito
    (21)
    Terapeuta
    988 terapias realizadas
  • Mesa Radiônica Pleiadiana

    Mesa Radiônica Pleiadiana

    Online em Videochamada
    R$180,00
    Susy Brito
    (21)
    Terapeuta
    988 terapias realizadas
Ver Perfil de Terapeuta