Como ter inteligência emocional? 5 formas de se conectar com a sua!

Ao modificar os padrões de comportamento que limitam a nossa vida, o caminho pode ser engrandecedor. Saiba como!
mulher em como ter inteligência emocional
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Vanessa Augusto
5/5 - (12 votos)

Será que você precisa trabalhar como ter inteligência emocional? Perceba:

  • Você já se pegou alguma vez explodindo de raiva numa situação do dia a dia e se perguntou se havia a real necessidade de ter agido assim?
  • Você sempre se culpa por se sentir muito estressada quando as coisas não saem conforme o desejado?

Caso responda sim para as perguntas acima, continue a leitura, pois iremos conversar hoje sobre uma técnica especial que pode te ajudar bastante nessas situações.

Sou Vanessa Augusto, terapeuta transpessoal Guia da Alma e quero te conduzir nessa leitura sobre como ter inteligência emocional, trazendo 5 formas para você aprimorar essa habilidade imprescindível no seu cotidiano. Boa leitura!


O que é inteligência emocional? Significado!

imagem de O que é inteligência emocional? Significado!

Foto: Daniel de la Hoz – istock

Inteligência emocional é uma habilidade que podemos desenvolver para melhorar as nossas relações em sua totalidade.

Seja conosco, seja com outras pessoas, é fundamental sabermos administrar de forma inteligente as nossas emoções e, atualmente, esse é um dos requisitos básicos para manter nossa saúde mental totalmente equilibrada.

Importante saber que esse conceito originou-se na década de 90, com os pesquisadores Peter Salovey e John Mayer, porém só tomou proporções mundialmente conhecidas quando foi publicado o best seller Inteligência Emocional, de Daniel Goleman, em 1995.

Desde então, até hoje o livro tem sido estudado, configurado e cada vez mais adaptado à nossa realidade.

Inteligência emocional: 5 pilares

imagem de Inteligência emocional: 5 pilares

Foto: urbazon – istock

E é com base nos estudos até hoje difundidos por Daniel Goleman que instituíram-se 5 pilares da Inteligência Emocional.

Tais pilares nos dão a base de como modular nossas atitudes e tomadas de decisão, criando também uma atmosfera mais leve e saudável para as nossas emoções. Confira:

1. Conhecer as próprias emoções

ícone de Conhecer as próprias emoções

Parece óbvio que para se ter inteligência emocional é necessário conhecer as próprias emoções, porém na prática sabemos que poucas pessoas conseguem desenvolver essa habilidade no dia a dia.

É muito mais simples e comum encontrarmos pessoas que não lidam bem com suas emoções e agem sempre no modo reativo, ou seja, algo lhes acontece e a ação provoca uma reação quase automática de insatisfação, agressividade e confusão, principalmente quando o objetivo em jogo é a como aliviar a raiva.

2. Controlar as emoções

ícone de Controlar as emoções

Se você costuma analisar e ponderar sobre a forma como sua emoção tem lhe conduzido nas situações é bem mais simples de passar a controlar a forma como ela funciona.

Porém, isso não acontece da noite para o dia, principalmente porque nossa mente é condicionada a se habituar a nos levar pelos mesmos caminhos o tempo todo.

Para sairmos desse ciclo precisamos dominar a nossa mente, mostrando a ela quem é que manda nesse jogo!

3. Automotivar-se

ícone de Automotivação

E aqui entra em cena mais uma peça importante: você acreditar que isso pode mudar, que a situação pode ser diferente e se motivar às mudanças, experimentando novos caminhos, novas posturas e, principalmente, um novo olhar para as situações em sua vida.

Só depende única e exclusivamente de você tomar essa decisão de se automotivar a observar suas emoções e passar a escolher a forma como reagirá aos fatos, como interpretará seus questionamentos e a sua nova postura diante das pessoas e de si.

4. Exercer empatia

ícone de exercer Empatia

É a arte de conectar-se à outra pessoa, observando suas necessidades e, principalmente, com receptividade.

Ou seja: não é fazer a alguém o que você gostaria que fosse feito a você, porém fazer aquilo que você percebe que seria importante e auxiliaria outra pessoa, dentro do contexto.

Muito se propaga sobre a empatia, no entanto ainda são poucas as pessoas que conseguem exercê-la, por conta dessa flexibilidade de sair do seu lugar e caminhar em direção ao lugar da outra pessoa com leveza, atenção e resiliência.

Trabalhar a empatia te ajuda até a entender se a outra pessoa está no melhor momento para nos aproximar dela ou não, exige uma plena capacidade nossa de observação e de entendimento de que cada pessoa tem seu momento e seu tempo.

5. Relacionar-se interpessoalmente

ícone de Relacionar-se interpessoalmente

Para muitas pessoas, nos relacionamentos interpessoais ainda existe um cenário de instabilidade ou de insegurança, pois se relacionar com os outros seres humanos pode nos levar à inspiração ou desafios.

Porém, quando trilha-se uma jornada de exercícios de autoconhecimento, à medida que nos desenvolvemos e enriquecemos nosso fortalecimento interno, vamos permitindo nos aventurar mais e mais nos relacionamentos, sejam eles pessoais, familiares ou profissionais.

É por meio dos relacionamentos com as pessoas que conseguimos entender todas as dinâmicas dos passos anteriores, pois, vez ou outra, quando encontramos pessoas que nos desafiam, elas nos levam a uma série de questionamentos internos de entendimento e de compreensão, quando, obviamente, não nos colocamos no lugar do julgamento, mas, sim, nos colocamos no lugar da compreensão do momento no qual a pessoa está inserida em sua vida.

E quanto aprendizado extraímos dessas relações que, muitas vezes, trazem pessoas que são instrumentos valiosos e nos levam a mudanças e transformações profundas em nossas vidas!

Ou seja: com os relacionamentos, crescemos e aprendemos a viver e conviver melhor em todos os sentidos.

Por que a inteligência emocional é importante?

imagem de Por que a inteligência emocional é importante?

Foto: fizkes – istock

Justamente porque a vida moderna é bastante desafiadora, seja porque nos promove mudanças cada vez mais rápidas, seja porque estamos constantemente conectados uns aos outros. Lidar com as emoções é algo essencial para os nossos dias.

Cada pessoa está enfrentando seus processos, desenvolvimento e evolução. Cada ser humano está dentro de uma estrada diferente, seja engatinhando, seja nos primeiros passos ou já correndo a maratona inteira, e a inteligência emocional dá uma bagagem importante para nós dentro desse movimento.

Ela concede o entendimento de que, ao modificar os padrões de comportamento que limitam a nossa vida, o caminho pode ser engrandecedor.

Inteligência emocional no trabalho

ícone de Inteligência emocional no trabalho

A inteligência emocional no trabalho te leva a ter:

  • Relacionamentos profissionais mais sólidos, mais profundos e com maior qualidade;
  • Traz fortalecimento individual, em que você reconhece sua capacidade e potencial;
  • Estimula a colaboração entre você, a equipe e seus projetos de trabalho;
  • Te conecta com seus sonhos e desempenho — no caso de você trabalhar de forma autônoma —, guiando sua própria rota diária.

Inteligência emocional no amor

ícone de Inteligência emocional no amor

Essa habilidade consegue te proporcionar um relacionamento de qualidade com todas as pessoas com as quais você tenha um envolvimento afetivo em si — familiares, amigos, pessoa parceira — e também te leva a um nível superior na qualidade do seu amor próprio.

Você recupera uma dose essencial de entendimento para lidar com mais leveza e clareza dentro de todas essas relações tão importantes para sua vida.

Inteligência emocional e autoestima

ícone de Inteligência emocional e autoestima

Em grande parte da vida podemos experimentar a baixa da autoestima, e isso pode nos causar:

  • Desmotivação;
  • Enfraquecimento;
  • Autoimagem negativa.

A inteligência emocional faz com que consigamos recobrar o ânimo, a autoestima elevada, o fôlego de encarar toda a nossa beleza e nossa forma de nos expressar, que nos faz exatamente seres humanos únicos. Ter de volta esse referencial muda todas as regras do jogo.

Quando estamos bem com nós mesmos conseguimos enfrentar qualquer desafio que se apresente!

5 formas de como ter mais inteligência emocional

imagem de 5 formas de como ter mais inteligência emocional

Foto: Liderina – istock

Veja agora 5 maneiras de desenvolver a sua inteligência emocional!

1. Enxergue seus limites e se expresse

ícone de Enxergue seus limites e se expresse

Observe como vem desenvolvendo sua rotina para evitar se sobrecarregar. Quando notar que anda assumindo mais responsabilidades do que consegue cumprir, questione-se e peça ajuda.

Não há nada de errado em pedir ajuda quando se passa por momentos em que a demanda fica pesada, e não precisamos demonstrar força o tempo todo. Delegue mais!

2. Trabalhe a empatia

ícone de Trabalhe a empatia

É um exercício diário colocar-se na situação de alguém antes de sugerir mudanças, dar uma opinião ou emitir um julgamento.

Tenha sempre em mente o termômetro para entender o ponto de vista da outra pessoa antes de medir a situação pela sua própria régua e tirar conclusões precipitadas no assunto. É um treino, comece já!

3. Trabalhe a ansiedade

ícone de Trabalhe a ansiedade

Traga mais a sua presença para o momento do aqui e agora, parando de querer controlar o futuro e o que não aconteceu a qualquer custo.

Alcance as suas possibilidades e realizações dia após dia e aproveite bem o seu tempo, trazendo mais produtividade do que ocupação à sua rotina.

Precisando de ajuda terapêutica, estou aqui para te conduzir nesse processo!

4. Evite julgamentos e comparações

ícone de Evite julgamentos e comparações

É fatalmente drástico o desgaste que criamos quando entramos nesse ambiente de olhar o outro ser humano e achá-lo menor ou maior que a gente.

Cada um de nós tem seu brilho, seu talento e seu lugar e não precisamos nem diminuir o outro e nem diminuir a nossa própria imagem para nos sentirmos bem.

Caso se sinta muito nesse lugar, também busque ajuda terapêutica para recobrar sua autoestima e reacender a sua essência que é única!

5. Trabalhe suas emoções diariamente

ícone de Trabalhe suas emoções diariamente

Diante de todos esses passos, olhe para suas emoções com olhar de aprendiz. Sempre podemos melhorar e evoluir para nos fortalecermos emocionalmente.

Tenha em mente que é também um processo de auto-observação e entendimento que levamos adiante em nossas ações diárias. Persista!

Programação neurolinguística: técnicas para inteligência emocional

imagem de Programação neurolinguística: técnicas para inteligência emocional

Foto: Pheelings Media – istock

O que nosso cérebro mais gosta de fazer é percorrer caminhos conhecidos para conseguir economizar energia. Isso acontece porque, originalmente, nosso cérebro foi constituído para muitas funções e coordenações do corpo e a humanidade passou por longos anos tentando apenas lutar para sobreviver.

Porém, a nossa evolução hoje nos permite fazer muito mais do que isso e a PNL possui ferramentas que nos ajudam no processo de desenvolver a inteligência emocional.

Algumas das possibilidades oferecidas pela Programação Neurolinguística (PNL) são:

  • Cuidar da ansiedade;
  • Trabalhar a gestão emocional;
  • Fortalecer a autoestima;
  • Dimensionar nossas capacidades;
  • Fortalecer nossos recursos interiores;
  • Entre outros.

Através de suas inúmeras técnicas de:

  • Ressignificação;
  • Modelagem;
  • Desbloqueio de crenças limitantes e padrões de imersão dentro de novos circuitos cerebrais, que promovem um melhor aproveitamento de nossas capacidades cognitivas.

PNL, inteligência emocional e neurociência

ícone de PNL, inteligência emocional e neurociência

Cada vez mais a neurociência estuda os mecanismos da nossa mente e a forma como reagimos quase em 95% do tempo, repetindo padrões que nos condicionaram em nosso ambiente desde a fase inicial da vida.

A Programação Neurolinguística (PNL) é uma ferramenta que testa a ressignificação desses padrões de comportamento que engessam as nossas atividades.

Desde a década de 70, John Grinder e Richard Bandler foram os pesquisadores que desenvolveram essas ferramentas, amplamente difundidas e eficazes até os nossos dias.

Fascinada pelos efeitos da PNL na minha vida, decidi também trabalhar com essa técnica integrativa e busquei a minha formação em Master PNL.

Você também pode experimentar os benefícios dessas ferramentas, agendando agora sua sessão comigo!

Agora que você já tem uma ideia e sabe se precisa desenvolver sua inteligência emocional, que tal fazer uma sessão de PNL para experimentar essa energia de mudança com tudo o que a ocasião exige, e ainda ter com quem contar, me deixando te guiar nessa jornada de coragem e autoconhecimento?

Terei imenso prazer em te receber em uma sessão exclusiva, para te auxiliar a dominar e entender melhor como suas emoções funcionam, elevando você a um outro nível de relacionamento consigo e com as outras pessoas. Vamos lá?

5/5 - (12 votos)

Terapeuta Holística especialista em inteligência emocional e comunicação assertiva para a vida profissional: ajudo profissionais, empresas, líderes ou empreendedores a conseguir saúde e inteligência emocional sem precisar perder a saúde mental!

AGENDAR!

Atende online

Mais terapias de Vanessa Augusto Silva

  • Curso de Tarot – A sua ferramenta mais completa de autoconhecimento

    Online
    R$920,00
    Vanessa Augusto Silva
    (145)
    Terapeuta Certificado
    1379 terapias realizadas
    Play
  • Terapia Multidimensional – A terapia pelo coração !

    Online
    R$260,00
    Vanessa Augusto Silva
    (145)
    Terapeuta Certificado
    1379 terapias realizadas
    Play
  • Sessão de Terapia para Terapeutas – Vanessa Augusto

    Online
    R$242,00
    Vanessa Augusto Silva
    (145)
    Terapeuta Certificado
    1379 terapias realizadas
    Play
Ver Perfil de Terapeuta