Como lidar com pais tóxicos: equilibre essa relação!

Orientações para identificar e lidar com relações familiares tóxicas.
imagem de mulher em como lidar com pais tóxicos
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Adriana Mantana
5/5 - (8 votos)

Busca mais informações sobre como lidar com pais tóxicos? Veja o exemplo a seguir:

Joana tinha 45 anos, mas sempre apresentava episódios de insegurança, carência e dependência emocional afetiva. Desde cedo presenciou cenas marcantes em sua família, especialmente em relação aos pais.

O pai era alcoólatra e batia com frequência em sua mãe. Ela via tudo e tinha muito medo do pai e pena de sua mãe.

Quando Joana tinha 26 anos de idade conheceu um homem, muito parecido com o seu pai. Se apaixonou perdidamente por ele. Pedro era um homem violento e desde o início se mostrava assim.

Joana não conseguia sair desse relacionamento abusivo, pois tinha uma severa dependência emocional em relação a ele.

Tiveram 2 filhos e atualmente estão com 19 anos de relacionamento. Em todos esses anos os filhos de Joana cresceram em um ambiente com muita violência doméstica, desrespeito e muita dor.

A repetição do padrão afetivo tem relação direta com o histórico familiar mal resolvido.

As dores do passado repetem-se indefinidamente até que haja uma mudança interna com relação às emoções reprimidas.

Vamos entender mais sobre esse tema, e como podemos ter relações mais equilibradas?

Sou Adriana Mantana, consteladora familiar Guia da Alma. Boa leitura!


Como lidar com pessoas tóxicas na família?

imagem de Como lidar com pessoas tóxicas na família

Foto: fizkes – istock

Perceber quem são as pessoas tóxicas e ter uma postura de neutralidade em relação a elas favorece a libertação de padrões de comportamento nocivos.

Ou seja: quanto mais consciente uma pessoa está, menos ela julga. Ter consciência de que uma pessoa é tóxica, sem julgar, este é o passo que nos liberta dos emaranhamentos sistêmicos.

O grande problema é que a maioria das pessoas estão com feridas abertas, traumas e bloqueios emocionais com relação aos pais. Isso trava a vida da pessoa em muitos níveis.

O caminho de solução é ver quem são as pessoas tóxicas da família e liberar a carga emocional de dor que está aprisionada no corpo.

Julgar e manter a dor não ajuda, só perpetua cada vez mais o sofrimento emocional. Tudo isso pode ser mais leve, se a pessoa tiver a ferramenta certa para liberar isso de sua psique.

O que são pais tóxicos: sinais e características

ícone de O que são pais tóxicos: sinais e características

Pais intrusivos ao extremo, chantagistas, manipuladores, cruéis, violentos e abusivos por natureza normalmente não se sentem felizes enquanto a outra pessoa não se mostra fragilizada. Sentem prazer com a dor alheia.

Gostam de perpetuar a dependência dos filhos com relação a eles, não deixam os filhos livres para fazer suas próprias escolhas.

Querem manter os filhos sempre por perto, sob seu extremo controle.

Família tóxica e suas consequências

ícone de Família tóxica e suas consequências

Na história acima, Joana tinha uma família tóxica. As consequências foram os sintomas emocionais, a repetição do padrão da mãe e a psicopatologia afetiva do relacionamento dela com o Pedro.

Famílias tóxicas podem gerar filhos inseguros, dependentes afetivamente do outro, carentes ao extremo.

Filhos de pais tóxicos normalmente acham normal ter relacionamentos abusivos. É como se eles reconhecem que o abuso é uma forma de amor.

Esse movimento acontece de forma inconsciente.

Como lidar com pais tóxicos: equilibre essa relação com 7 orientações!

imagem de Como lidar com pais tóxicos: equilibre essa relação

Foto: pixdeluxe – istock

Quando eu trabalho com esse assunto, normalmente as pessoas trazem muitas dores ocultas. Noto isso logo no primeiro momento, assim que iniciamos o atendimento em meu consultório.

Quando a pessoa não se sente à vontade, normalmente tem uma tensão muscular bem peculiar.

Nesse momento costumo atender utilizando os arquétipos do grande pai e da grande mãe, pois tratar os pais pessoais em um primeiro momento pode ser muito doloroso.

Então trabalho com os arquétipos e os complexos ativados negativamente (materno e paterno).

É preciso liberar a dor emocional do corpo físico, caso contrário a pessoa ficará em um eterno looping de dor e autopunição. E a vida ficará difícil e estagnada por conta disto.

Quando essas emoções são liberadas, o equilíbrio dessa relação é reestabelecido.

Não há necessidade de entrar em contato com os pais físicos, pois todo o processo acontece internamente, ou seja, dentro da própria pessoa.

Esteja atenta às próximas dicas:

1. Observe a relação familiar tóxica com empatia

ícone de Observe a relação familiar tóxica com empatia

Lembrando que culpar e continuar preso no passado não gera um bom efeito. Como seria olhar para os pais com um pouco mais de leveza?

Bert Hellinger, criador do método da Constelação Familiar, fala de forma exaustiva da importância de tomar os pais para ter sucesso na vida.

Certa vez atendi uma cliente que estava profundamente magoada com a mãe. Na época ela enfrentava sérias dificuldades afetivas.

Trabalhamos aos poucos, até que finalmente ela encontrou o perdão internamente, e ter mais leveza com sua mãe.

Muitas vezes não é um trabalho rápido, mas uma coisa é fato: pode ser mais simples se a pessoa trabalhar sob o método certo.

2. Lidando com feridas nas relações familiares

ícone de Lidando com feridas nas relações familiares

Lidar com as feridas é essencial para ter esse olhar de leveza.

Fugir desse enfrentamento só adia algo que se for visto, limpo e elaborado, pode levar a pessoa para o próximo nível em sua vida.

3. Acolha sua criança interior

ícone de Acolha sua criança interior

Adultos se relacionam com os pares afetivos, muitas vezes da mesma forma que se relacionavam com os pais psicologicamente.

Isso fica ainda mais claro se a relação foi mais conturbada na infância. A criança interior está ferida. Então é necessário olhar para a parte mais sensível da psique, caso contrário os resultados poderão não ser tão satisfatórios assim.

4. Como honrar pais tóxicos na Constelação familiar

ícone de Como honrar pais tóxicos na Constelação familiar

A primeira coisa a ser feita com os pais tóxicos é identificar os traumas e bloqueios. Em seguida, fazer a liberação (isso pode ocorrer durante a própria sessão de Constelação Familiar).

Tenho tido excelentes resultados relatados por clientes que foram constelados, onde liberamos os desconfortos emocionais durante o movimento sistêmico. Isso potencializa muito os resultados. Para uma pessoa que passou por uma infância difícil, tomar os pais sem essa liberação pode ser extremamente desafiador.

“(…) No início desse ano, fiz a reconexão com a mãe, reconexão com a mãe avançado, reconexão com o pai, e a reconexão com o pai avançado o qual para mim foi um grande divisor de águas em minha vida, reconetar com minhas raízes sagradas me trouxe força, segurança e muita leveza em minha jornada (…)”

Depoimento da minha cliente Idelvina Gonçalves de Lima

Na minha sessão de Constelação Familiar, incluo uma liberação emocional de presente. Pois sei que isso traz excelentes resultados.

5. Exercício para lidar com pais e parentes tóxicos

ícone de Exercício para lidar com pais e parentes tóxicos

Sei que um artigo pode ser um espaço limitado para trabalhar de forma mais aprofundada com os exercícios. Caso queira algo mais intenso sobre esse tema, sugiro o praticar o Ho’oponopono.

Repita, no mínimo, 108 vezes por dia:

“Divino criador, limpe em mim todas as memórias de dor que tenho em relação aos meus pais.

Limpe, purifique, seccione, transmute tudo isso em uma luz pura.

Está feito! Sinto muito, me perdoe, sou grata, te amo.”

6. Seja o ponto de mudança na sua família!

ícone de Seja o ponto de mudança na sua família

Você pode ser o ponto terminal do mal em sua família se escolher ver, limpar e elaborar os processos dolorosos em relação aos seus pais.

7. Terapia para fortalecimento emocional e reconexão com os pais

ícone de Terapia para fortalecimento emocional e reconexão com os pais

Atualmente, tenho algumas opções de tratamento caso queira a minha ajuda em seu processo de identificação, liberação e elaboração das questões dolorosas com relação aos pais.

São as seguintes:

Veja o que faz mais sentido para você no momento e agende uma consulta online comigo no Guia da Alma! 🙂

5/5 - (8 votos)

Terapeuta Sistêmica, Multidimensional, Jogo do Maha Lilah, Renascedora, Mesa Radiônica, Cura Arcturiana, Consteladora, Oraculista, Thetahealer, Biomagnetista. Colunista na Revista Bons Fluídos. Ajudo as pessoas na liberação de processos cármicos dolorosos. Venha ter mais leveza!

AGENDAR!

Atende online
Presencial em Goiânia - GO

Mais terapias de Adriana Mantana

  • Mesa Radiônica para o Amor (Harmonizar Relacionamentos e ter mais leveza no amor)

    Online
    R$263,56
    Adriana Mantana
    (28)
    Terapeuta
    166 terapias realizadas
    Play
  • Mandala da Virada (Liberação de Bloqueios e Manifestação de desejos)

    Online
    R$263,56
    Adriana Mantana
    (28)
    Terapeuta
    166 terapias realizadas
    Play
  • Formação em Terapia Integral Completo [Constelação, Renascimento, Mestrado Reiki]

    Online
    R$5.000,00
    Adriana Mantana
    (28)
    Terapeuta
    166 terapias realizadas
    Play
Ver Perfil de Terapeuta