Setembro Amarelo: Palestras, ideias e dinâmicas no trabalho remoto!

Confira como sua empresa pode contribuir para a Valorização da Vida.
setembro amarelo
Mais terapias de Rodrigo Roncaglio
5/5 - (2 votos)

Setembro Amarelo é uma campanha mundial de Valorização da Vida com a intenção de alertar e prevenir o suicídio. Um momento em que sociedade e empresas podem trazer conscientização sobre o tema, além de apoio e ajuda a quem precisar!

Uma ação certa e positiva, pode mudar o dia de uma pessoa ou colaborador. Por isso, é importante entender quais ações podem ser feitas!

Nesse artigo vamos entender mais sobre a origem da campanha, sinais de quando alguém precisa de ajuda e o que a empresa pode fazer.

Mas antes, para entender a importância e relevância de abordar esse tema (que ainda é um grande tabu), vamos ver alguns números:

  • A estimativa é de que no Brasil, em média, mais de trinta brasileiros por dia dão fim à própria vida. Em um ano, são aproximadamente doze mil suicídios, sendo a maior causa de morte de jovens em torno de 15 até 29 anos.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), o Brasil ocupa o oitavo lugar no ranking de países com maior número de autoextermínio.

Muitos deles estão relacionados a transtornos mentais, com destaque para a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias. O Brasil é o país mais depressivo da América Latina: são 11,5 milhões de casos, afetando 5,8% da população.

Porém, mais de 90% dos casos de suicídio podem ser evitados, segundo a OMS. Por isso, é preciso falar sobre suicídio para que isso deixe de ser tabu.

Sou Rodrigo Roncaglio, CEO do Guia da Alma – a solução completa para a Saúde Mental no trabalho. Boa leitura!


Setembro Amarelo e Valorização da Vida

Setembro Amarelo e Valorização da Vida

Foto: Freepik

Segundo informações do site da campanha de Setembro Amarelo, ela iniciou-se em 1994, após a morte do jovem Mike Emme.

O jovem conhecido por possuir um mustang amarelo suicidou-se aos 17 anos. Desde então, sua família e amigos decidiram eternizar o fato através da distribuição de cartões com uma fita amarela, como o mustang que Mike possuía.

Cada cartão trazia uma mensagem de alerta e prevenção ao suicídio, com a intenção de acolher pessoas que estavam com intenções de dar fim à própria vida.

A campanha acabou ganhando o mundo e, em 2003, a Organização Mundial de Saúde (OMS) adotou o dia 10 de setembro como Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio.

No Brasil, o estímulo veio do Centro de Valorização da Vida (CVV), da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e do Conselho Federal de Medicina (CFM), que em 2015 decidiram adotar o mês inteiro de setembro como o mês da prevenção ao suicídio, criando o Setembro Amarelo.

Nesse mês são realizadas divulgações, ações e eventos relacionadas ao tema, alertando sobre a importância do assunto.

Setembro amarelo nas empresas

Setembro amarelo nas empresas

Foto: jcomp – Freepik

Se alguém sofre com algum problema mental, com certeza a área profissional será afetada. Seja em produtividade, na relação com os colegas, ou mesmo em custos.

Dados do INSS apontaram que em 2020 576,6 mil pessoas foram afastadas do trabalho, aumento de 26% em relação a 2019. No auxílio-doença para depressão e ansiedade o número de concessões passou de 213,2 mil, em 2019, para 285,2 mil, em 2020, com aumento de 33,7%.
A duração média, nos casos de doença mental, é de 196 dias.

Dado da Secretaria da Previdência de 2021 apontou a depressão como principal causa de pagamento de auxílio-doença não relacionado a acidentes de trabalho (30,67%), seguidos de outros transtornos ansiosos (17,9%).

Isso significa que é preciso, também, desconstruir o tabu sobre o assunto e falar mais abertamente sobre saúde mental com os funcionários.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criou um guia com a intenção de reduzir as taxas de suicídio até 2030, fundamentado em:

  • Limitar o acesso a pesticidas e armas de fogo;
  • Educar a mídia sobre relatos responsáveis a respeito do assunto;
  • Promover, entre os adolescentes, habilidades socioemocionais para a vida;
  • Buscar a identificação precoce, avaliação, gerenciamento e acompanhamento de qualquer pessoa afetada por pensamentos e comportamentos suicidas.

O RH, no objetivo de gerir o bem-estar das pessoas nas empresas, pode cumprir a última estratégia da OMS, acompanhando e gerenciando o comportamento de seus funcionários.

Além de ajudar na criação de um ambiente saudável e acolhedor, com comunicação aberta e não-violenta para entender se alguém da equipe está passando por algum problema e precisa de acolhimento, oferecendo o benefício de saúde mental adequado.

Desafios no trabalho remoto

Desafios ampliados pelo trabalho remoto

Foto: twenty20photos – Envato

Segundo pesquisa do Instituto Ipsos, mais de 50% dos brasileiros disseram que sua saúde emocional e mental decaiu com a pandemia. Essa porcentagem supera a média dos 30 países entrevistados pelo instituto, que realizou levantamento com mais de 21 mil entrevistados para o Fórum Econômico Mundial.

Dados como esse alertaram sobre a necessidade de se falar mais sobre saúde mental, já que os sintomas do burnout, depressão, ansiedade no trabalho, visto que ainda estamos sentindo os efeitos do pós-pandemia,

A pandemia de coronavírus pôs em voga, no Brasil, uma nova modalidade de trabalho: trabalho híbrido ou remoto, permitindo que o colaborador trabalhe de sua própria casa, em virtude da necessidade do isolamento.

Enquanto para algumas pessoas esse modelo remoto traz melhoras significativas na qualidade de vida pela flexibilidade, para outras pode aumentar ainda mais o distanciamento.

Por isso, a falar sobre saúde mental no trabalho não pode mais ser um tabu.

Segundo pesquisa da Mental Health America, 55% dos funcionários afirmam terem medo de tirarem um dia de folga em prol da saúde mental e quase 70% preferem não falar sobre esse assunto com os seus superiores.

Além disso, a empresa britânica Capita revelou, em pesquisa, que 49% dos colaboradores não acham que seu superior saberia o que fazer se eles relatassem algum problema de saúde mental.

Se esse tema ainda gera receio para discussão, então urge, mais ainda, a necessidade de ampliação desse tema para toda empresa, com a iniciativa de líderes, gestores de RH e demais profissionais da área de Recursos Humanos.

Decerto, a saúde mental é vista como um desafio para o trabalho remoto. Na mesma medida, é uma urgência saber tratar sobre esse tema dentro das instituições, já que a saúde mental do colaborador é o sucesso da sua empresa.

Além do Setembro Amarelo, ações para criar um ambiente de trabalho saudável e acolhedor devem ser realizadas o ano inteiro, criando um espaço de diálogo aberto e amigável.

O RH pode estimular a equipe de colaboradores a cuidar da sua saúde mental através de benefícios, como:

  • Jornadas de trabalho flexíveis e pausas no trabalho, sempre que necessário;
  • Programas de saúde mental nas empresas;
  • Realização de atividades físicas e mentais de bem-estar, como meditação, yoga ou ginástica laboral;
  • Treinamento para líderes serem agentes de transformação.

Está buscando por esse tipo de benefício para sua empresa? Conheça os programas de Saúde Mental do Guia da Alma!

Sinais de que um colaborador precisa de ajuda

Sinais de que um colaborador precisa de ajuda

Foto: Pressmaster – Envato

Segundo estudos da empresa Regus, mais de 50% dos profissionais acusam o trabalho como a causa de transtornos mentais.

Questões como excesso de pressão e falta de diálogo e flexibilidade da gestão e liderança, podem influenciar para que os colaboradores sintam-se estressados e ansiosos, podendo agravar os sintomas da depressão e síndrome de Burnout CID-11.

Segundo Beatriz Moura, especialista em saúde mental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro:

“Um ambiente de trabalho caracterizado por extrema pressão, jornadas longas, rotinas exaustivas, desequilíbrio nos repousos e ausência de diálogo entre gestores e colaboradores pode provocar problemas de saúde mental, além de impactar na produtividade.”

Dados da International Stress Management Association (ISMA) afirmam que 9 em cada 10 colaboradores brasileiros apresentam ansiedade, seja em grau mais leve ou mais grave.

Esses são números que revelam a necessidade da gestão da empresa estar comprometida em sempre acompanhar a saúde mental de seus colaboradores. 90% dos casos de suicídio podem ser evitados!

Segundo cartilha da OMS, muitas pessoas

“não querem realmente morrer — é somente porque elas estão infelizes com a vida. Se for dado apoio emocional e o desejo de viver aumentar, o risco de suicídio diminui”.

Alguns sinais de que o seu colaborador está precisando de ajuda está no comportamento que ele transmite, tais como:

  • Queda na produtividade;
  • Absenteísmo;
  • Ausência em reuniões;
  • Alteração repentina de humor e hábitos;
  • Afastamento social;
  • Negativismo;
  • Autodesvalorização;
  • Falta de energia, apatia e fadiga;
  • Estresse excessivo;
  • Choros aparentemente sem motivo;
  • Dificuldade de concentração e memória;
  • Desapego a projetos futuros;
  • Entre outros.

É muito comum que sintomas se agravem quando a pessoa:

  • Está passando por situações desafiadoras, como: luto, endividamento, divórcio, doença, entre outras.
  • Já tem outros problemas como alcoolismo, dependência química, esquizofrenia, entre outros.

As palavras também podem trazer sinais com frases como: “eu não aguento mais”, “eu sou um peso pros outros”, “minha vida não tem mais sentido”, “seria melhor sem mim”.

É preciso estar atento a esses sintomas, que muitas vezes passam despercebidos. E o que fazer para ajudar?

Como colegas, RH e líderes podem ajudar

Como colegas, RH e líderes podem ajudar

Foto: benzoix – Freepik

Agora que você sabe da importância de estar atento aos comportamentos dos colaboradores, saiba que existem soluções práticas para auxiliar nessa questão. Vamos ver algumas ideias criativas para Setembro Amarelo?

Ofereça escuta e apoio

Ofereça escuta e apoio

Muitas vezes, tudo que uma pessoa precisa é ser ouvida, e saber que tem apoio. Se você perceber comportamentos diferentes de um colega, convide para uma conversa!

Saber o momento de oferecer ajuda em silêncio é essencial para colegas, gestores e líderes.

A escuta ativa proporciona acolhimento e valorização do indivíduo, ao mesmo tempo que demonstra empatia, cuidado e preocupação.

Permita que a pessoa seja o foco, sem julgar os seus problemas e suas necessidades.

NUNCA: julgue, compare, encare como fraqueza, fale sobre outros casos… A importância do diálogo é primordial, mas deve ser assertiva!

E também constante. Seja na comunicação de feedbacks construtivos, avaliação de desempenho ou apenas conversas casuais.

É importante que o acompanhamento do bem-estar da equipe seja contínuo, assim é possível tomar iniciativas pontuais para resolver problemas específicos.

  • Mantenha sigilo sobre a conversa, mas em casos graves é indicado comunicar o RH ou um familiar para compartilhar a sua preocupação.

Incentive pausas no trabalho

Incentive pausas no trabalho

É comum que as pessoas passem horas a fio trabalhando, principalmente em home office, que não há diferença entre local de trabalho e de descanso. O excesso de horas trabalhando gera estresse e queda na produtividade.

Por outro lado as pausas podem proporcionar benefícios como:

  • Maior concentração, criatividade, foco e produtividade no retorno;
  • Redução do nível de estresse e ansiedade;
  • Mais clareza para tomar decisões, evitando atitudes impensadas.

A empresa pode incentivar através da educação a importância de fazer pausas para alongar, almoçar longe das telas, e equilibrar vida profissional e pessoal.

Outra maneira, é incentivar pausas da equipe para momentos de descontração e descompressão.

É sempre importante incentivar a socialização, principalmente na modalidade de trabalho remoto, que muitas vezes potencializa o isolamento.

Os colegas podem acompanhar uns aos outros em alguma atividade prazerosa para a saúde mental por videochamada, como Yoga e Mindfulness, por exemplo.

Reconheça a evolução de seus colaboradores

Reconheça a evolução de seus colaboradores

Como líder é muito importante parabenizar e elogiar as conquistas de sua equipe.

Entenda que tudo é um processo e cada pessoa está enfrentando os seus próprios problemas individuais.

Estar, diariamente, trabalhando para o crescimento em conjunto de um mesmo objetivo demanda força, mas também afeto.

Ofereça oportunidades e aprendizados no trabalho e estimule desafios para os profissionais de sua empresa. Quando eles alcançarem as metas, estimule o ato com feedbacks positivos e construtivos sobre a performance no trabalho.

Ofereça ajuda

Ofereça ajuda

Colegas, gestores e líderes podem demonstrar empatia com alguma situação delicada de algum membro da equipe laboral.

Principalmente em momentos desafiadores,  é natural que isso intensifique sintomas depressivos e gere desolamento. Reforce, em diálogo, que essa fase da vida irá passar e que existe tratamento.

Incentive a procura por terapeutas, psicólogos e psiquiatras, que podem dar um auxílio mais direcionado.

A empresa pode oferecer como benefício através do plano de saúde ou teleterapia.

A empresa também pode:

  • Recomendar o CVV – Centro de Valorização da Vida, que realiza apoio emocional para prevenção de suicídio de forma gratuita 24h.
  • Organizar uma campanha de Setembro Amarelo na sua empresa, veja como:

Palestras, ideias e dinâmicas de Setembro Amarelo no trabalho remoto

Palestras, ideias e dinâmicas de Setembro Amarelo no trabalho remoto

Foto: Freepik

Vamos ver algumas ideias criativas para Setembro Amarelo no formato online?

Você pode focar em uma campanha específica, ou então unir à SIPAT Online.

Palestras para Setembro Amarelo

setembro amarelo palestra guia da alma creditas

Palestra sobre Valorização da Vida do Guia da Alma na Creditas

Já que o trabalho é remoto, o formato é online; então, a melhor forma de aproximar os colaboradores da temática é trazer palestras e dinâmicas em videochamada.

A palestra pode acontecer ao vivo com profissionais da área de saúde, mostrando como cuidar da saúde mental, dando dicas de como tratar a depressão e ansiedade e o que fazer/como lidar com alguém que está pensando em suicídio.

Aqui na Guia da Alma, por exemplo, oferecemos palestras para Setembro Amarelo online com dicas práticas, sobre:

Diversos conteúdos em um único fornecedor! Confira aqui nosso portfolio de Palestras Guia da Alma

Setembro Amarelo e ações de endomarketing

setembro amarelo endomarketing

Materiais de Setembro Amarelo do Guia da Alma e Feedz

É importante conversar sobre o tema com toda a equipe para que ele deixe de ser um tabu.

Um debate sobre a temática pode ser interessante, principalmente através de conteúdos educativos e ações de endomarketing de Setembro Amarelo que foquem em conscientizar sobre como pedir ajuda.

Uma ação bem interessante que fizemos aqui no Guia da Alma no ano passado foi um webinar com especialistas no tema. Também criamos uma cartilha e materiais para nossos clientes compartilharem com os colaboradores. Confira aqui:

Setembro Amarelo: atividades para o bem-estar da equipe

setembro amarelo guia da alma gympass

Registro da prática de Mindfulness do Guia da alma em parceria com Gympass

Incentivar práticas de saúde mental para toda equipe pode ser a porta de entrada para experimentar novas formas de cuidar da saúde mental.

Algumas atividades podem ser realizadas, de forma remota, com toda a equipe, como uma sessão de Meditação Mindfulness, por exemplo.

A Meditação é uma técnica terapêutica na qual o indivíduo utiliza a prática para focar a sua mente no presente, buscando um estado de clareza mental e emocional, com comprovações científicas para a melhora da saúde mental.

Cuidar da mente é uma ótima forma de estimular o autocuidado para a sua equipe, prevenindo, assim, pensamento suicidas, e trazendo fortalecimento emocional.

Alguns dos comentários da imagem:

“Nossa, podemos fazer novamente?”

“Muito bom esse exercício, tirou uma tensão que eu estava nos ombros”

Apoio terapêutico

terapia complementar online

Terapia complementar online do Guia da Alma

Colaboradores com ideações suicidas precisam de acompanhamento médico e terapêutico.

Porém, sabemos que a terapia faz bem a todos, e pode prevenir que as pessoas cheguem nesse estado grave. Portanto, terapia online é um benefício essencial em empresas remotas.

Além do apoio psicológico, em paralelo podem ser oferecidas terapias complementares como um diferencial!

Também chamadas de práticas integrativas e complementares de saúde, terapias holísticas ou medicina alternativa — são práticas terapêuticas reconhecidas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e pelo Ministério da Saúde do Brasil, que, em seu viés de tratamento, consideram aspectos relacionados à saúde mental, física e emocional de maneira integral.

Segundo dados da PICCovid, ObservaPICS, Fiocruz, ICICT e FMP), em 2020 mais da metade (61,7%) dos brasileiros buscou por terapias complementares.

Programas de Saúde Mental

saúde mental guia da alma

Encontro para Saúde Mental do Guia da Alma

Sabemos que cuidar da saúde mental é importante o ano todo. A Campanha de Setembro Amarelo pode ser um primeiro passo para organizar uma estratégia de longo prazo.

É possível oferecer momentos de bem-estar para todo o time, criando uma cultura saudável.

Você pode aproveitar a campanha de Valorização da Vida para identificar como está sua equipe.

Aqui no Guia da Alma oferecemos, por exemplo, um mapeamento que ajuda a identificar como estão os níveis de depressão, ansiedade e estresse.

A longo prazo, os benefícios de oferecer Programas de Saúde Mental são inúmeros, como:

  • Cria uma cultura organizacional mais saudável
  • Previne casos de síndrome de Burnout e Suicídio
  • Melhora o engajamento e retenção da equipe
  • Aumenta a produtividade
  • Fortalecimento emocional dos colaboradores
  • E muito mais!

Para criar um bom plano, o ideal é contar com um fornecedor de qualidade. Por isso:

Conte com o Guia da Alma no Setembro Amarelo da sua empresa!

Conte com o Guia da Alma no Setembro Amarelo da sua empresa!

Foto: StudioVK – Envato

Somos a solução completa para a Saúde Mental no trabalho. Aqui sua empresa está em boas mãos.

“A Guia da Alma veio como facilitadora da nossa SIPAT. Numa mesma empresa encontramos todos os temas atuais que gostaríamos de trabalhar e com profissionais excelentes!”

Isabela Naves, gerente de RH na I.Systems

Desde 2016 ajudamos empresas e colaboradores a atingir seu melhor nível de desenvolvimento pessoal e profissional!

“A palestra foi super dinâmica, trouxe conteúdo relevante, e ainda uma prática que foi um momento único. É uma forma muito eficiente de abordar a saúde mental com todos da organização, as palestras são ricas e as práticas são ótimas para aliviar as tensões do dia a dia”

Bruno dos Santos, RH na MOVTI Solutions

Nosso método tem como base Prevenção, Tecnologia, Educação e Descompressão, com ferramentas como:

  • Diagnóstico: com ferramentas de dados para saúde mental.
  • Plataforma do Colaborador: para terapia online e conteúdo on demand.
  • Ações Coletivas: como palestras, treinamentos e práticas de descompressão.
  • Consultoria de RH: uma agenda frequente com nossos especialistas para orientar ações estratégicas
  • Atividades com temas específicos para Setembro Amarelo sobre Valorização da Vida.

Em Setembro de 2021:

  • Atendemos mais de 50 empresas com palestras e práticas;
  • Mais de 3000 colaboradores foram impactados;
  • Em uma pesquisa NPS com 350 colaboradores, tivemos o índice de satisfação 96 de 100.

Entre em contato conosco e tenha o apoio que você precisa para o Setembro Amarelo na sua empresa!

5/5 - (2 votos)

Cofundador e CEO do Guia da Alma. Instrutor de Meditação Mindfulness para Empresas. Tenho diversas formações na área terapêutica como Reiki e Thetahealing. Ajudando a melhorar a saúde mental nas empresas!

AGENDAR!

As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.
Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!
Por InCuca
Precisa de Ações para
Setembro Amarelo na empresa?

Achou! Palestras, Rodas de Conversa e Práticas de Saúde Mental para engajar seu time!