O sonho de todo RH: 5 formas de reduzir o índice de Turnover!

Dicas infalíveis para reter os colaboradores e reduzir a taxa de rotatividade.
indice de turnover
Mais terapias de Rodrigo Roncaglio
5/5 - (2 votos)

O índice de Turnover representa a taxa de rotatividade de colaboradores de sua empresa.

Essa métrica mensura a quantidade de pessoas que deixam uma empresa durante um determinado período e, por isso, é um importante indicador sobre como está a saúde da gestão de pessoas.

Neste artigo irei aprofundar mais sobre o assunto e te dar dicas infalíveis para reduzir a porcentagem de turnover na sua empresa!

Sou Rodrigo Roncaglio, CEO do Guia da Alma – a maior plataforma de Terapias Holísticas do Brasil para melhorar a saúde mental nas empresas.


O que significa Turnover?

O que significa Turnover?

Foto: DCStudio – Freepik

Turnover significa o índice de rotatividade de funcionários de uma empresa, seja por movimentações internas, novas contratações ou desligamentos.

Diminuir esse índice deve ser uma meta de toda empresa, pois a taxa de rotatividade representa a saúde organizacional do local de trabalho.

Segundo pesquisa de 2017 da Federação de Bens, Comércio, Serviços e Turismo do estado de São Paulo (FecomercioSP), a porcentagem de turnover estava em quase 4%.

Caso você seja gestor, esse é um assunto para se manter atento! A redução da taxa de turnover significa redução de custos para a empresa e um ambiente de trabalho mais motivador para os colaboradores.

Como turnover impacta a sua empresa

Como turnover impacta a sua empresa

Foto: Freepik

Perder colaboradores é sempre algo prejudicial para a empresa.

Tanto por um viés financeiro, quanto emocional:

  • Para a empresa, os custos para treinar e qualificar uma nova equipe são altos;
  • Para o colaborador, perder colegas de equipe com frequência é um fator de desmotivação.

Por isso, manter a taxa de turnover baixa é um assunto de extrema importância.

Se sua empresa apresenta altas taxas de rotatividade, isso pode significar que ela apresenta sinais de problemas com:

  • Recrutamento;
  • Cultura e clima organizacional;
  • Estratégia de benefícios, remuneração e planos de carreira.

Como está a taxa de turnover da sua empresa? Descubra agora:

Cálculo de turnover de funcionários

Cálculo de turnover de funcionários

Foto: Freepik

Para calcular a porcentagem de turnover de colaboradores, deve-se levar em conta a quantidade de turnover geral, turnover de desligados e turnover de admissões.

O cálculo pode ser feito por mês, trimestre, semestre e por ano, incluindo os desligamentos causados por fatalidades ou aposentadorias.

A fórmula é: ([admissões + desligamentos] ÷ 2) ÷ total de funcionários x 100

Fique atento a esse resultado, pois, de acordo com estudo da FecomercioSP, taxa de turnover geral acima de 5% já é motivo de preocupação.

Causas do turnover

Causas do turnover

Foto: Anna Shvets – Pexels

Segundo estudo realizado pela consulta de empregos brasileira, Catho:

  • Mais de 28% dos mais de 24 mil colaboradores analisados disseram que pedem demissão de seus empregos por uma busca de perspectivas melhores na carreira profissional;
  • Enquanto mais de 22% responderam que preferem sair do emprego atual para buscar salários melhores do que ter uma conversa franca com seus gestores para melhorar o salário que recebem.

Segundo matéria de Marcelo Soares para Você S/A de 2022, que fala sobre o fenômeno da grande resignação que chegou ao Brasil:

“Dá para resumir em três pontos o que leva uma pessoa a se demitir: ganhar um salário melhor, mudar-se para um ambiente de trabalho mais saudável e dar um upgrade na qualidade de vida.”

Vamos ver de maneira mais detalhada alguns desses pontos:

Turnover e absenteísmo

Turnover e absenteísmo

Enquanto o turnover está relacionado ao desligamento total do colaborador e a rotatividade de pessoas no trabalho, o absenteísmo calcula a quantidade de ausências do funcionário no trabalho.

Turnover e absenteísmo são indicadores de RH que andam juntos. Um colaborador com muitas faltas no trabalho (absenteísmo) tem grandes chances de ser demitido ou pedir demissão (turnover).

Para calcular o absenteísmo é preciso levar em conta a quantidade média de colaboradores em sua empresa multiplicado pelo número de dias úteis de trabalho perdidos e dividir o resultado pela quantidade média de colaboradores multiplicado pelo total de dias úteis.

Uma taxa saudável de absenteísmo é 1,5%. A taxa aceitável varia entre 3 e 4%.

Mas, segundo estudo publicado na revista Exame, a média da porcentagem de absenteísmo no setor varejista, por exemplo, vai de 7 a 10%.

Essas faltas podem ser ocasionadas por: atrasos, falta de comprometimento, atestados, entre outros motivos (pessoais e profissionais), que podem estar ligados à motivação e saúde do colaborador.

Turnover e saúde mental

Turnover e saúde mental

O investimento em saúde mental corporativo torna-se cada vez mais necessário, principalmente para a retenção de talentos.

Quando a empresa demonstra que se preocupa com o bem-estar do seu colaborador, ele sente-se acolhido! E tem maior probabilidade de buscar autoconhecimento, para entender e solucionar conflitos que interferem na redução da produtividade e motivação no trabalho.

Nesse ponto, as práticas e terapias complementares podem surgir como âncoras de bem-estar para o colaborador, que cada vez mais sofre com extrema autocobrança, gerando burnout (CID-11) e demais síndromes, onde, por falta de autoconhecimento, acaba por se desligar da empresa em que trabalha.

5 formas de começar a reduzir o índice de turnover hoje mesmo!

5 formas de começar a reduzir o índice de turnover hoje mesmo!

Foto: Christina Morillo – Pexels

Agora vamos entender 5 dicas práticas para você reduzir o índice de turnover de sua empresa!

1. Invista no plano de carreira de seus colaboradores

1. Invista no plano de carreira de seus colaboradores

Uma estratégia de longo prazo, direcionada para os interesses profissionais do funcionário e da empresa, é uma ótima forma de motivação.

Isso dá uma possibilidade de o colaborador planejar um crescimento dentro da empresa, além de sentir-se valorizado e motivado a continuar almejando um futuro profissional ali.

2. Foque no bem-estar de seus colaboradores

2. Foque no bem-estar de seus colaboradores

O rh do futuro apresenta uma cultura voltada para a saúde mental e física de seus funcionários.

Invista em práticas e terapias complementares em sua empresa, proporcionando um momento de relaxamento e conexão de sua equipe.

A meditação, por exemplo, é uma prática terapêutica que pode ser realizada tanto de maneira remota e coletiva, para estimular o bem-estar de toda equipe.

Incentive reuniões com a sua equipe que não sejam necessariamente focadas em trabalho, promova palestras sobre saúde física e mental e priorize conversas sinceras com seus funcionários.

3. Faça feedbacks construtivos

3. Faça feedbacks construtivos

Reuniões de 1:1 e feedback construtivo individual devem ser realizadas com os colaboradores, com intuito de valorizá-lo e reconhecer seus pontos fortes e os que necessitam de lapidação.

Dessa forma, o funcionário encontra, no ambiente de trabalho, um lugar confortável para aprimorar as suas funções, gerando segurança e diminuindo a taxa de turnover.

Incentive e treine sua liderança para esses momentos.

4. Invista no treinamento de líderes

4. Invista no treinamento de líderes

Líderes bem capacitados geram equipes mais engajadas.

Investir na capacitação técnica e comportamental dos líderes e gestores, pode ajudar a diminuir o nível de turnover por aumentar a qualidade das relações interpessoais e profissionais dentro da empresa.

A Guia da Alma oferece programas de treinamento de líderes para a sua empresa. Conheça mais!

5. Conceda benefícios

5. Conceda benefícios

Esta é mais uma dica que estimula o bem-estar no trabalho e valoriza a equipe. É uma ótima forma de atração e retenção de talentos.

Os benefícios mais comuns incluem VR, VA e Plano de Saúde. Mas que tal ir além?

  • É importante estabelecer dias de folga determinados, como em datas comemorativas ou aniversários;
  • Ater-se mais à entrega do trabalho do que necessariamente a quantidade de horas exercidas, focando na flexibilidade de horários
  • Benefícios flexíveis, como descontos em academias, teatros, cinemas e vale-compras.
  • Soluções de saúde mental, como atendimentos com terapias complementares e participação em práticas como yoga e meditação.

Como a Guia da Alma pode ajudar a reduzir o índice de turnover da sua empresa

Como a Guia da Alma pode ajudar a reduzir o índice de turnover da sua empresa

Foto: Rawpixel

Agora que você já sabe dicas especiais para reduzir o índice de turnover de sua empresa e como as práticas integrativas fazem a sua empresa crescer, conte conosco!

O Guia da Alma oferece soluções para a sua empresa, como:

  • Sessões de terapias complementares online;
  • Mapeamento de saúde mental para o RH;
  • Treinamento para líderes;
  • Plataforma de autocuidado para o colaborador;
  • Conteúdos incríveis como palestras dinâmicas, com teoria e prática pensadas para o ambiente corporativo;
  • Práticas para relaxamento (como yoga laboral, meditação mindfulness e reiki em grupo)!

Garanta o equilíbrio físico, mental e emocional para a sua equipe de colaboradores!

5/5 - (2 votos)

Fundador e CEO do Guia da Alma. Especialista em Saúde Mental corporativa. Especialista em Terapias Complementares. Palestrante e Instrutor de Meditação Mindfulness para Empresas.

AGENDAR!

6 práticas indispensáveis e acessíveis para criar uma cultura saudável!