Bem estar no trabalho: dicas, dados e ações essenciais para RHs!

Saiba quais práticas implementar em sua empresa para estimular o bem-estar na sua equipe.
bem-estar-no-trabalho
Mais terapias de Rodrigo Roncaglio
5/5 - (2 votos)

O bem estar no ambiente de trabalho é algo de extrema importância e que vem cada vez mais sendo levado em consideração pelos gestores de RH.

Isso porque pessoas com maior bem estar são colaboradores mais dispostos e com melhor desempenho.

De acordo com dados fornecidos por mais de 2,6 milhões de pesquisas pela Sharecare, constatou-se que pessoas com maior bem-estar apresentam melhor desempenho e custos menores nos cuidados com a saúde.

A pesquisa for feita avaliando as cinco dimensões de nível de qualidade de vida no trabalho (propósito, social, financeiro, comunidade e físico) de acordo com o Índice de Bem-Estar da Gallup-Sharecare.

Mas como promover o bem estar no trabalho?

A solução pode ser a implementação de programas de bem estar. Vamos ver mais sobre isso?


 

Por que a sua empresa deve promover a saúde e bem estar no trabalho?

imagem de Por que a sua empresa deve promover a saúde e bem estar no trabalho

Foto: Andrea Piacquadio – Pexels

O alto índice de saúde e bem estar dos colaboradores de uma empresa significa maior produtividade, já que um dos fatores que apresenta grande taxas de absenteísmo são doenças motoras ocupacionais, como a Lesão por Esforço Repetitivo (LER), além de doenças relacionadas à saúde mental.

Uma pesquisa realizada pela Well-being Learning Project com a Universidade da Califórnia (USC) revelou que, ao analisar 1.400 colaboradores, “um profissional feliz é 31% mais produtivo, três vezes mais criativo e consegue um resultado em vendas 37% maior”.

Além disso, a satisfação dos funcionários implica aumento, também, na motivação no trabalho e autoestima, já que a sensação de sentir-se com as necessidades reconhecidas pela empresa significa uma valorização de seu trabalho realizado, o que acaba, por si só, reduzindo taxas de absenteísmo e procrastinação.

O que realmente significa ter bem estar no trabalho?

O que realmente significa ter bem estar no trabalho

Foto: fauxels – Pexels

O bem-estar no trabalho comporta as necessidades humanas como um todo, para que o colaborador esteja em equilíbrio e possa realizar as suas funções.

Há um conceito denominado de Pirâmide de Maslow, que tornou-se bastante utilizado para auxiliar os gestores de RH a entenderem qual o nível de necessidade dos seus colaboradores e, partir disso, criarem estratégias para o ambiente de trabalho.

Essa pirâmide, criada pelo psicólogo Abraham Maslow, representa todas as necessidades humanas, partindo da mais básica até a mais complexa.

As etapas da pirâmide de Maslow são:

  1. Necessidades fisiológicas (comida, água, abrigo, descanso)
  2. Necessidades de Segurança (segurança física, da família, de saúde)
  3. Necessidades Sociais (amor, amizade, família, comunidade)
  4. Necessidades de Autoestima (reconhecimento, status, autoestima)
  5. Necessidades de Realização pessoal (criatividade, talento, desenvolvimento pessoal)
guia-da-alma-marketing-digital-para-terapeutas-nova-era-de-aquario-

Pirâmide de Maslow – a hierarquização das necessidades humanas

Todos esses itens são levados em consideração para que os gestores possam entender como o colaborador está e o que ele necessita para melhorar o seu bem-estar no trabalho.

Bem-estar está conectado a aspectos cognitivos e afetivos, onde os cognitivos têm relação com a satisfação no trabalho, com seus superiores, com o ambiente e os colegas. Enquanto os afetivos referem-se às emoções direcionadas ao ambiente de trabalho, que podem ser manifestados por meio de ansiedade, depressão, conforto e outros.

De toda forma, o bem-star cognitivo e afetivo são pontos que devem, de maneira absoluta, serem levados em consideração quando se fala em bem-estar laboral.

Já para a Gallup-Sharecare, existem 5 elementos que apontam o Índice de Bem-Estar no trabalho. Eles são interdependentes e inter-relacionados e, quando estão em equilíbrio, elevam o nível global de bem-estar do colaborador.

  1. Propósito: quando o trabalho se torna uma maneira de alcançar a realização pessoal.
  2. Social: os relacionamentos e hobbies também são importantes na vida do colaborador.
  3. Financeiro: uma vida financeira controlada e bem planejada é imprescindível para a qualidade de vida e segurança.
  4. Físico: trata-se da saúde refletida em disposição, bom humor, energia e motivação.
  5. Comunidade: ara sentir bem-estar, o colaborador precisa se reconhecer como parte de um grupo e lugar.

Ações essenciais para RHs no bem-estar no trabalho

Ações essenciais para RHs no bem-estar no trabalho

Foto: Freepik

Agora chegou a hora da ação!

Vejamos práticas que você pode implementar em seu ambiente de trabalho juntamente com os seus colaboradores.

Saúde mental

A saúde mental no trabalho é um fator de extrema importância.

O excesso de estresse no trabalho e exaustão mental aumentam as chances de desenvolvimento de burnout, ansiedade, depressão e pressão alta.

É preciso manter um diálogo constante e direto com os seus colaboradores, sempre trazendo horizontalidade e liberdade, nessa conversa, para que o seu funcionário se sinta à vontade para que os seus problemas pessoais também sejam levados em consideração, principalmente em tempos de pandemia.

Na prática, o ideal é implementar atividades de relaxamento como meditação mindfulness, que estimula a atenção plena, fazendo com que o praticante mantenha-se focado no presente e diminua os índices elevados de ansiedade e estresse.

A terapia online, por exemplo, é uma excelente alternativa para oferecer para a sua equipe em trabalho híbrido ou remoto.

Atividade física

Atividade física

Estimule a atividade física entre os seus colaboradores!

O físico e o mental são os pilares do ser humano.

Ajude os seus funcionários a identificarem riscos e hábitos nocivos à saúde, como fumo, alimentação natural e regulada, pressão sanguínea, sempre incentivando esse monitoramento.

A yoga laboral é uma ótima opção para ser realizada com a sua equipe reunida, seja presencial ou de forma remota.

As pausas no trabalho devem ser fundamentais, e esse pode ser o momento ideal para estimular uma atividade em grupo como yoga ou meditação, por exemplo.

Flexibilidade

Flexibilidade

O ideal é que o seu colaborador se sinta à vontade com a empresa e a liderança, assim poderá explorar o máximo de suas capacidades e potencialidades de maneira confortável e prazerosa.

Proporcione um ambiente sem pressão e regulamentação de jornada de horas de trabalho.

Se as demandas forem respeitadas no prazo, por que regular a jornada de horas que o seu funcionário exerce?

Isso dá liberdade para que ela ou ele possa realizar uma demanda pessoal durante o expediente e volte a realizar a sua atividade anterior sem problemas.

Outro fator importante, também, é o respeito e foco nas atividades em que o seu funcionário gosta de realizar na empresa.

Isso implica, obviamente, aumento de produtividade por meio do prazer.

Através de práticas de relaxamento, cuidado com atividade física e flexibilidade na jornada de horas de trabalho aliadas aos programas de bem estar, os resultados em sua empresa serão, fundamentalmente, satisfatórios.

Mais dicas de bem-estar no trabalho: o que evitar!

Mais algumas dicas de bem-estar no trabalho

Foto: Freepik

Vejamos dicas extras do que NÃO fazer enquanto gestor de RH!

Rigidez nos horários

Rigidez nos horários

A necessidade de estabelecer uma rigidez na jornada de horas trabalhadas engessa o colaborador, levando-o a preocupar-se mais com o tempo do que com a qualidade de seu trabalho realizado.

Reitero: esteja sempre atento e aberto ao diálogo com os seus funcionários.

Entenda que as pessoas são complexas e diferentes e cada uma funciona de maneira diferente.

Através de um cuidadoso diálogo, pode-se haver um planejamento sobre a distribuição da carga horária de trabalho, havendo o equilíbrio entre as demandas e as necessidades pessoais do colaborador.

Salários engessados

Salários engessados

Os salários devem adequar-se à economia e suas mutações.

A possibilidade de receber aumentos salariais estimula o funcionário, assim como a possibilidade de ascensão na empresa.

Você pode, também, criar um sistema de bonificação, onde, através do alcance de metas haja algum prêmio.

Esse bônus é um incentivo que pode ser realizado como aumento salarial, cursos relacionados à sua área de trabalho, entradas para cinema ou teatro etc.

Não dar importância à saúde mental

Não dar importância à saúde mental

Como já foi dito acima, a saúde mental é fator primordial no bem estar de qualquer ser humano.

Dê atenção aos seus funcionários e esteja atento às suas necessidades básicas.

Uma técnica interessante a ser abordada em grupo com os seus funcionários é a Meditação Mindfulness, Yoga Laboral e Reiki em grupo.

Programas de bem-estar no trabalho do Guia da Alma

Programas de bem-estar no trabalho do Guia da Alma

Foto: yanalya – Freepik

Segundo um estudo intitulado “Tendências Globais de Capital Humano”, realizado pela empresa Deloitte, em 2018, 61% dos entrevistados afirmaram que programas de bem estar aumentam a produtividade e resultados financeiros.

Guia da Alma é uma plataforma de autocuidado e um espaço de aprendizado para a saúde mental do colaborador, apresentando:

  • Sessões de Terapia online;
  • Mapeamento de Saúde Mental para o RH;
  • Palestras sobre autoconhecimento
  • Práticas frequentes de Meditação, Yoga, entre outras;
  • Treinamentos para Líderes e muito mais!

Conheça nossos Programas de Saúde Mental para Empresas e leve mais bem-estar para seu time! 🙂

5/5 - (2 votos)

Cofundador e CEO do Guia da Alma. Instrutor de Meditação Mindfulness para Empresas. Tenho diversas formações na área terapêutica como Reiki e Thetahealing. Ajudando a melhorar a saúde mental nas empresas!

AGENDAR!

As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.
Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!
Por InCuca
[Report Gratuito] Dados sobre Saúde Mental no Trabalho!

Receba um relatório completo com dados e tendências para RH!