Fitoterapia chinesa: o que é e como funciona?

Saiba mais sobre como essa técnica milenar pode ajudar em seu bem-estar.
fitoterapia chinesa
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Iana Barcellos
5/5 - (1 voto)

Vamos entender melhor como a Fitoterapia Chinesa funciona?

Fitoterápicos são medicamentos feitos diretamente de fontes naturais para tratamentos da saúde.

Eles são feitos através das ervas, plantas, alguns minerais e animais, que são extraídos destes componentes e podem ser tomados em forma de chás, cápsulas, fórmulas em envelope ou pó, tinturas, extratos concentrados ou padronizados, óleos essenciais, pomadas, géis e cremes medicinais.

Em uma riqueza de propriedades e soluções, nasce a Fitoterapia: uma das técnicas da Mediciona Tradicional Chinesa (MTC)!

Nesse artigo, entenda seus benefícios para a saúde!

Sou Iana Moreira Andrade Barcellos, terapeuta, estudiosa de Fitoterapia Chinesa e trabalho há mais de 10 anos com MTC. Boa leitura!


O que é Fitoterapia chinesa e quando surgiu?

imagem de o que é fitoterapia chinesa e quando surgiu

Foto: chinaview – istock

Fito quer dizer planta. Terapia é o tratamento da saúde através de alguma prática, neste caso, através dos preparados das plantas.

A MTC (Medicina Tradicional Chinesa) surgiu na China há mais de cinco mil anos. Um dos livros mais antigos sobre é o Su WenPrincípios de Medicina Interna do Imperador Amarelo”, cujo autor comprovado é Bing Wang (Dinastia Tang) junto com a Fitoterapia Chinesa, que vem sendo estudada e aplicada com a Acupuntura desde então.

Não tem como se saber exatamente quando surgiu a Fitoterapia, por ser uma prática muito comum entre esses povos antigos: nas famílias, pelos curandeiros, médicos do povo e da corte do Império Chinês.

Essa prática terapêutica vem sendo usada bem antes das agulhas da acupuntura e outras como Qi Qong e Tai Chi Chuan.

Digamos que a Fitoterapia seja o carro-chefe dos tratamentos na maior parte dos hospitais chineses, vindo logo em seguida, o Tui-na, Qi Qong, a Dietoterapia e a Acupuntura.

Fica então evidente a importância dessa terapia pela sua comprovada eficiência no tratamento complementar de diversas doenças.

Inclusive, no Brasil a Fitoterapia encontra-se hoje no SUS, aprovada pelo Ministério da Saúde, como terapia complementar.

Fitoterapia, medicina chinesa e alimentação

ícone de fitoterapia medicina chinesa e alimentação

Dentro da terapêutica chinesa estão a Fitoterapia e a Dietoterapia, importantes partes da medicina tradicional chinesa por serem de fácil acesso à população e bastante eficazes.

Recomenda-se o uso da fitoterapia e a dietoterapia para diversas doenças. A acupuntura, contudo, é somente indicada para os casos mais agudos, crônicos e as chamadas doenças graves.

Fitoterapia, medicina chinesa e 5 elementos

ícone de fitoterapia medicina chinesa e cinco elementos

Os fundamentos da medicina chinesa são principalmente baseados nas teorias do Yin e Yang (energia masculina e feminina), dos Cinco Elementos ou Cinco Movimentos, que são:

imagem pentagrama dos cinco elementos

Foto: LILIAN KIYOMURA – dralilian.com.br

  • Fogo rege coração e intestino delgado (sabor amargo);
  • Terra rege baço/pâncreas e estômago (sabor doce);
  • Metal rege pulmão e intestino grosso (sabor picante);
  • Água rege rim e bexiga (sabor salgado);
  • Madeira rege fígado e vesícula biliar (sabor ácido).

E a teoria dos doze Canais ou Meridianos que são os circuitos do “Qi” ou “energia”, por onde ela passa e atravessa o corpo todo e chega aos Zang (cheio) Fu (oco), que são os 6 órgãos e as 6 vísceras. Existem muitas outras teorias, mas hoje vamos focar nessas.

As fórmulas magistrais são indicadas para diversos tipos de patologias e síndromes, também chamadas padrões de desequilíbrio do organismo.

Esses padrões envolvem os órgãos e as vísceras, que podem ficar em excesso, deficiência de energia ou estagnação, além de depender de diversos outros fatores.

A utilização dos fitoterápicos são importantes, principalmente para fazer circular, tonificar, sedar ou harmonizar esse “Qi” na energia correta, promovendo a saúde.

Na prática terapêutica chinesa temos:

  • Energia perversa: a que gera as doenças;
  • Energia correta: a que gera a saúde.

Reforçar a energia correta, normalizar as deficiências de Yin ou de Yang, expulsar as energias perversas para assim recuperar a fisiologia normal são os objetivos do tratamento.

A adequação da dieta nesses tratamentos é fundamental para o bom resultado, pois o alimento também é um promotor de saúde ou de doenças.

Os cinco sabores são importantes para o equilíbrio dos canais e seus respectivos órgãos e vísceras.

Um paladar infantil em um adulto que só gosta do doce e do salgado já é algum sinal de desequilíbrio.

Está cada vez mais evidente a importância de uma alimentação saudável. Na medicina chinesa fica claro como é importantíssimo, pois os alimentos produzem “QI” (energia) e “Xue” (sangue), esse fluido essencial, que é impulsionado pelo QI, ou seja: um precisa do outro.

O sangue é fundamental para a nutrição, tônus e aquecimento do corpo, dos músculos, dos órgãos e vísceras e também para a saúde dos cabelos, unhas e tendões.

Essencial ter Xue suficiente no corpo, principalmente para as mulheres que menstruam uma vez por mês.

E é essencial ter Qi circulando corretamente, para fazer chegar esse Xue onde é necessário.

Os alimentos que são processados, industrializados e vendidos nos supermercados são cheios de conservantes e químicos para aumentar o tempo de validade e o rendimento desses produtos, fazendo com que eles percam as qualidades nutritivas tão importantes para a saúde de todos.

Muitas doenças se instalam no organismo por causa dessa má nutrição.

A pessoa pode estar bem alimentada mas mal nutrida. O organismo quando está desequilibrado, inflamado e intoxicado não absorve bem esses nutrientes e isso gera um quadro ideal para alergias, doenças crônicas e auto imunes.

Cada alimento tem uma cor que temos um órgão representando, por exemplo:

  • O feijão preto tonifica o yang dos rins;
  • Abóbora e batata doce tonificam o estômago, o baço e são amarelos.

Um bom tratamento leva em consideração a saúde integral da pessoa, com uma terapêutica que envolva mudanças nos hábitos alimentares, além de tomar os remédios fitoterápicos.

Medicina Chinesa, órgãos e as emoções

ícone de medicina chinesa, órgãos e emoções

Cada elemento do pentagrama acima, que possui uma relação com um órgão e uma víscera, como vimos antes, tem também, além dos sabores, as emoções:

  • Fogo comanda coração e intestino delgado. Alegria — vermelho;
  • Terra comanda estômago e baço/pâncreas. Preocupação — amarelo;
  • Metal comanda pulmão e intestino grosso. Tristeza — branco;
  • Água comanda rim e bexiga. Medo — preto;
  • Madeira comanda fígado e vesícula biliar. Raiva — verde.

Acreditamos que um trauma, evento ou fator etiológico como clima, vírus, genética, alimentação etc pode afetar as emoções e assim chegar a afetar a circulação de QI de algum órgão, comprometendo suas funções fisiológicas.

O contrário também pode acontecer: uma emoção que esteja prevalecente pode ficar em desequilíbrio, gerando uma doença.

Na verdade, nesse diagnóstico sempre leva-se em consideração as emoções, pois muitas doenças mentais podem ter início depois de um evento traumatizante que afeta as emoções.

Por exemplo: no caso da depressão, temos três órgãos envolvidos: fígado, rim e pulmão.

A estagnação da energia do fígado causada por um trauma faz com que a energia correta não chegue ao rim e pulmão, pois os deprimidos geralmente têm medo e tristeza ou um dos dois.

Fitoterapia, medicina chinesa e significado das doenças

imagem de fitoterapia, medicina chinesa e significado das doenças

Foto: marilyna – istock

Para a MTC as doenças surgem pela má circulação do QI. Isso acontece quando um órgão que desempenha uma determinada função não recebe a energia adequada para isso, ocorrendo então o bloqueio, estagnação, excesso ou deficiência deste.

No caso da ansiedade, por exemplo:

  • Temos os órgãos coração e rim, água e fogo envolvidos;
  • A energia da Água do rim, deficiente e fraca, não consegue controlar o Fogo do coração.
  • Este, quando está em excesso, gera confusão mental, excesso de pensamentos e ansiedade.

Uma pessoa que ri muito alto, ri de coisas inapropriadas, fica vermelha quando está falando e fala alto também. Tudo isso diagnosticamos como distúrbios dos elementos fogo e água.

Nesse sistema de órgãos e vísceras cada um tem a sua energia Yin e Yang:

  • Yin: a matéria, a solidez, o frio;
  • Yang: a energia, função fisiológica, calor de cada um.

No exemplo acima da ansiedade, o rim tem uma deficiência energética, então ele tem excesso de yin e deficiência de yang, ou seja: na função de conter o fogo o coração fica deficiente de yin e com excesso de yang.

Sintomas:

  • Faz o Fogo subir para cabeça, trazendo os sintomas mentais de pensar demais no futuro e medo deste.

Aqui o rim mostra a sua importância para além da conhecida, de filtrar os líquidos e o sangue do corpo.

Diz-se, também, na MTC, que o coração é a morada da mente. Uma mente tranquila é espelho de um coração equilibrado.

O significado das doenças, na medicina chinesa, envolve muito mais do que só sintomas de doenças, mas porquê elas surgem.

Alguns fatores etiológicos geradores de síndromes de desequilíbrio energético podem ser:

  • Maus hábitos alimentares;
  • Pouco descanso;
  • Beber pouca água;
  • Não fazer exercícios;
  • Excesso de bebida alcoólica e de atividade sexual;
  • Entre outros.

As fórmulas magistrais, como são chamados os fitoterápicos chineses, irão corrigir esses padrões e trazer saúde para os envolvidos.

São fórmulas de ervas combinadas especialmente para potencializar o tratamento.

Faz sentido pra você?

Fitoterapia chinesa e fígado

ícone de fitoterapia chinesa e fígado

  • Natureza do elemento: madeira;
  • Órgão: fígado;
  • Víscera: vesícula biliar;
  • Emoção: raiva;
  • Sabor: ácido;
  • Estação: primavera;
  • Cor: verde.

Este é um dos órgãos mais importantes envolvidos na saúde emocional, pois ele controla o fluxo harmônico das emoções.

Quando não conseguimos nos expressar bem e somos tímidos em excesso pode ser depressão, pânico, irritabilidade, agressividade, raiva e bipolaridade. Esses são alguns padrões deste órgão.

Geralmente ele sofre por estagnação, por isso a necessidade de detox do fígado, pois ele tende a acumular, tanto no emocional quanto no físico, com o sangue sujo e pesado de gordura que permanece no órgão.

Ele também é responsável por controlar o sangue, Xue, então dizemos que:

O Yin do fígado está intimamente relacionado ao volume de sangue e a função de liberá-lo para circular pelo corpo e controlar o fluxo é o Yang do fígado que desempenha.

No caso das mulheres que têm parto, TPM (tensão pré menstrual) e menstruação é bem importante que o Yin e o Yang do fígado estejam equilibrados. As fórmulas chinesas e a dieta são fundamentais nesse processo.

Fitoterapia chinesa, rins e medo

ícone de rins e medo

  • Natureza do elemento: água;
  • Órgão: rins;
  • Víscera: bexiga;
  • Emoção: medo;
  • Sabor: salgado;
  • Estação: inverno;
  • Cor: preto.

O medo, como uma emoção normal, tem sua função importante de proteger e resguardar, mas ele pode se tornar nocivo quando paralisa a pessoa, como no caso da síndrome do pânico. Um medo excessivo deixa a pessoa sem confiança na vida, nela mesma e nas outras pessoas.

No extremo desse sentimento, a pessoa pode ser violenta (raiva) como instrumento de defesa ou outras reações.

Nessa condição o fígado também está comprometido, a água está tão baixa que não consegue nutrir a madeira. A madeira fica ressecada e fraca, com propensão a queimar mais fácil o famoso fogo de palha que não sustenta a função de aquecer e dar alegria natural ao coração.

As fórmulas para tonificar o rim e retirar a estagnação do fígado são importantes no tratamento destes distúrbios, sendo, obviamente, acompanhados de dieta, mudanças de hábitos e acompanhamento terapêutico e/ou psicológico para um bom resultado.

A vida estressante é um dos maiores fatores de depauperação da energia renal. Descansar adequadamente é super importante, além de dormir bem, ter lazer e boas relações.

Os rins também são responsáveis por armazenar a essência “Jing”, que é o nosso pote de ouro, nossa reserva de vida, a energia ancestral que herdamos:

  • Se tivermos uma boa herança, temos um “Jing” forte e podemos ter uma vida longa e saudável;
  • Se herdamos uma essência fraca, nossa saúde fica debilitada, podendo virar padrões de desarmonia.

As mulheres, quando dão à luz, perdem Jing durante o parto e os homens na ejaculação.

Quando esse Jing se esgota, acaba a vida, assim como uma lamparina se apaga depois de acabar o fluido.

Medicina chinesa e dor nos pés

ícone de medicina chinesa e dor nos pés

A planta dos pés é um mapa reflexo de todo o corpo. Isso significa que ali todos os órgãos/vísceras estão refletidos em um ponto diferente.

Além de ser a base que sustenta tudo, alguns meridianos importantes nascem ali, como:

  • Meridiano do rim: localizado na planta do pé, na parte superior;
  • Meridiano do fígado: localizado no canto esquerdo da unha do dedo médio;
  • Meridiano do baço/pâncreas: localizado no canto esquerdo da unha;
  • Meridiano do baço: localizado no dedão do pé.

Quando temos dores nos pés pode ser por má circulação, sedentarismo, sobrepeso ou algum órgão que está dando um alarme através desse ponto reflexo dolorido.

Recomendo caminhadas matinais ou no final da tarde, como uma maneira de ativar esses canais e tonificar esses órgãos que estão refletidos neste local.

Para quem tem muitas dores nos pés é indicado:

  • Massagem;
  • Escalda pés;
  • Reflexologia: técnica que trata doenças com massagens nos pés, estimulando os pontos e dissolvendo tensões. Dessa forma trata-se diversas doenças e desequilíbrios.

Medicina chinesa e queda de cabelo

ícone de medicina chinesa e queda de cabelo

A queda de cabelo está ligada à deficiência e má circulação do sangue, o Xue, e é associada à deficiência do elemento Terra (estômago e baço/pâncreas) e da Madeira (fígado e vesícula biliar).

  • Estômago e baço/pâncreas: produz o sangue através da digestão, formando o chamado Gu Qi (energia dos alimentos e do ar que respiramos);
  • Fígado: leva o Xue para todo o corpo.

Os cabelos e unhas são vistos como alongamentos dos tendões, que também dependem da nutrição do sangue para serem saudáveis, fortes e bonitos.

Para quem sofre de alopécia (queda de cabelo), unhas fracas e tendinites, fica a dica: cuidem do seu sangue.

Como fazer isso?

  • Consumir alimentos ricos em ferro, folhas verde escuras, carne vermelha, feijão, vitamina C das frutas etc. (no caso de vegetarianos e/ou veganos, muita atenção para substituir as fontes de proteína e não ficar no déficit de nutrientes e gerar deficiências);
  • Comer brotos, lentilha, grão de bico, algas e cogumelos é fundamental para os que não ingerem proteína animal;
  • Se a queda de cabelo for muito grave, como ocorre em algumas mulheres no pós parto, deve-se usar as fórmulas fitoterápicas no tratamento, elas irão ajudar a tonificar esses órgãos envolvidos e a formar sangue, diminuindo consideravelmente a queda dos cabelos.

Leia também: Ginecologia Natural: sabedorias que toda mulher precisa aprender!

Fitoterapia para ansiedade

ícone de terapia para ansiedade

Existem muitos motivos para a sociedade atual estar com excesso de ansiedade, como:

  • Uma vida desconectada da natureza;
  • Instabilidade financeira;
  • Cobranças de status social;
  • Emocional não respeitado ou visto como algo menos importante;
  • Estresse;
  • Maus hábitos alimentares;
  • Entre outros.

Como lidar com as preocupações, como gerenciar as emoções?

Um mau hábito muitas vezes é a porta de entrada de tantas outras coisas.

Exemplo: tomar café demais pode prejudicar o sono, o humor e gerar ansiedade, além de outros efeitos a longo prazo como dores nas articulações.

Para quem já possui tendência à ansiedade, atente-se às dicas:

  • Não beber ou beber menos café, chás com cafeína como mate e chá preto, chá verde, energéticos ou beber somente chá e outras bebidas descafeinadas;
  • Ingerir algumas ervas recomendadas para ansiedade moderada, como: Camomila (Matricaria recutita), Valeriana (Valeriana off), Maracujá (Passiflora incarnata), Erva Cidreira (Melissa Officinalis), Capim Santo (Cymbopogon citratus), Canabidiol CBD (Cannabis sativa), entre outras;
  • Quando a ansiedade é grave, chegando a prejudicar as relações e a saúde da pessoa, ela deve buscar ajuda urgente. Recomendo fitoterapia aliada à dieta e acupuntura;
  • Massagens também são muito bem vindas para ajudar a aliviar a tensão acumulada pela ansiedade;
  • No mais: faça terapia para ansiedade.

Fitoterapia chinesa: fórmulas e ervas

imagem de fitoterapia chinesa: fórmulas e ervas

Foto: chinaview – istock

Depois que diagnosticamos onde é o desequilíbrio, encontramos a síndrome e então vamos para o tratamento. Entram as fórmulas e os fitoterápicos.

Exemplos:

  • Fórmula Gui Pi Tang: usada para tonificar o sangue, para pessoas com fraqueza dos tendões, queda de cabelo, memória fraca, cansaço, insônia;
  • Fitoterápico Echinacea (Echinacea purpurea): usado para levantar a imunidade, tratar gripes e resfriados.

A diferença entre elas é que:

  • Fórmulas: são composições de plantas que juntas fazem uma sinergia entre si, potencializando os efeitos desejados para o tratamento;
  • Fitoterápico: é composto por apenas uma planta, que por si só já traz o resultado esperado no tratamento.

Existem fórmulas muito antigas usadas até hoje, como a Liu Wei, usada para:

  • Tonificar o Yin do rim;
  • Insônia;
  • Ansiedade;
  • Agitação;
  • Chiado no ouvido;
  • Ejaculação precoce.

Fitoterapia chinesa e plantas brasileiras no SUS

ícone de fitoterapia chinesa e plantas brasileiras no SUS

O Brasil tem uma das maiores farmacopéias mundiais. Muitas ervas importantes usadas na fitoterapia foram descobertas em solo brasileiro.

Com vários biomas (Cerrado, Caatinga, Mata Atlântica, Floresta Amazônica, Pantanal) e uma biodiversidade impressionante, o nosso país está no alvo de pesquisadores e cientistas que buscam na vegetação nativa e no conhecimento popular estudar a aplicação deste conhecimento ancestral, que são as chaves para a restauração da saúde e a cura de muitos males.

O Sistema Único de Saúde (SUS) já vem incentivando a população a usufruir dessa maravilhosa maneira de tratar as doenças.

Através das farmácias vivas, nos postos de saúde e atendimento dos bairros, vem sendo incentivado o uso da fitoterapia dentro das Pics (Práticas Integrativas de Saúde), trabalho bem importante para ajudar na conscientização da população de baixa renda para a saúde e bem-estar na apropriação de seus direitos básicos.

Algumas queridinhas da fitoterapia brasileira que já ganharam reconhecimento internacional são:

  • Erva Baleeira (Cordia verbenacea);
  • Espinheira Santa (Maytenus ilicifolia);
  • Chapéu de Couro (Echinodorus macrophyllus);
  • João Brandinho (Pipper aleyreanum/ottonoides);
  • Mulungu (Erythrina mulungu);
  • Copaíba (Copaifera langsdorffii);
  • Andiroba (Carapa guianensis);
  • Ginseng brasileiro (Pfaffia glomerata);
  • Entre outras.

Fitoterapia chinesa: onde comprar?

ícone de fitoterapia chinesa onde comprar

Eu trabalho há mais de dez anos com a farmácia de manipulação Naturalmed. Eles são pioneiros nas fórmulas chinesas e fitoterápicas no Brasil.

Eu recomendo, receito e consumo os remédios produzidos por eles, por serem de excelente origem e com um rigoroso padrão de qualidade.

Xaropes e Fitoterápicos Chineses

ícone de xaropes e fitoterápicos chineses

Esses preparos são usados para a expectoração de muco dos pulmões, tosse e desobstrução das vias aéreas, nos casos de resfriados, gripes, bronquites, asma, pneumonia etc.

Na formulação desses xaropes fitoterápicos se usa mel de abelhas ou outro tipo de veículo, caso a pessoa não possa consumir esse tipo de alimento.

Fitoterapia online: como fazer

imagem de fitoterapia online como fazer

Foto: M_a_y_a – istock

Tenho feito atendimentos presenciais e online, para tratamentos de diversos tipos de distúrbios com a fitoterapia.

Com uma conversa precisa eu consigo diagnosticar as desarmonias geradoras das síndromes e, através disso, traçar um plano de tratamento.

5/5 - (1 voto)

Terapeuta Integrativa, trabalho com as Práticas Integrativas Complementares de Saúde, há mais de 20 anos atendo com Reiki, Acupuntura e Massoterapia há + de 16 anos, facilito Constelações Xamânicas presencial, ou online, em grupo ou individual.

AGENDAR!

Atende online
Presencial em Florianópolis - SC

Agende uma sessão de Fitoterapia!

Terapeutas Guia da Alma estão te esperando 🙂

Mais terapias de Iana Moreira A. Barcellos

  • Acupuntura na Inteligência Emocional, tratamento voltado para o bem estar físico, mental e emocional

    Presencial em Florianópolis - SC
    R$150,00 Oferta!
    Iana Moreira A. Barcellos
    (5)
    Terapeuta Certificado
    40 terapias realizadas
  • Acupuntura: sabedoria milenar no tratamento da sua saúde

    Presencial em Florianópolis - SC
    Bairro: Agronômica
    R$210,00
    Iana Moreira A. Barcellos
    (5)
    Terapeuta Certificado
    40 terapias realizadas
  • Lidando com a ansiedade, com o stress e a preocupação através do Reiki

    Online
    R$90,00
    Iana Moreira A. Barcellos
    (5)
    Terapeuta Certificado
    40 terapias realizadas
Ver Perfil de Terapeuta