O que é depressão no trabalho, o que causa, quais os sintomas e como tratar?

Descubra como é possível superá-la com iniciativas de saúde mental corporativa.
homem com depressão no trabalho
Mais terapias de Rodrigo Roncaglio
5/5 - (2 votos)

Burnout, ansiedade e depressão no trabalho têm sido uma das principais causas de afastamento nas empresas. É um tema sério e delicado, que necessita atenção.

A depressão é uma condição complexa com manifestação variada de pensamentos, sentimentos e comportamentos que podem afetar qualquer pessoa.

Por isso, é preciso ter atenção aos sinais. A conscientização e a detecção precoce são fundamentais para auxílio adequado.

Neste artigo sobre depressão no trabalho vamos entender o que é, quais seus sintomas e causas.

Você também vai encontrar dicas de como lidar com a depressão no trabalho e como é possível ajudar os colaboradores que estão em um quadro depressivo.

Sou Rodrigo Roncaglio, co-founder e CEO do Guia da Alma – a maior plataforma de Terapias Holísticas do Brasil para melhorar a saúde mental nas empresas.

Boa leitura!

O que é depressão no trabalho?

homem com sintomas de depressão no trabalho

Foto: fizkes- Canva

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão já afetava cerca de 11,5 milhões de brasileiros (5,8% da população) e os números aumentaram com a pandemia.

A depressão pode ter muitas causas (como veremos mais a frente): às vezes a depressão pode ser adquirida no trabalho, e em outros casos tem origem pessoal que influencia no trabalho.

Nesses casos, embora o trabalho possa não ser a causa da depressão, o ambiente e situações do dia a dia podem piorar os sintomas de colaboradores que já apresentam tendências ou um quadro depressivo.

Qualquer local de trabalho pode ser uma causa potencial ou um fator contribuinte para a depressão, dependendo do nível de estresse, cultura organizacional e do suporte disponível.

De acordo com Organização Mundial da Saúde (OMS), um ambiente de trabalho negativo pode levar a:

  • Preocupações com a saúde física e mental;
  • Absentismo;
  • Baixa produtividade;
  • Aumento no uso de medicamentos.

Quais os sinais e sintomas de depressão no trabalho?

mulher sentindo-se triste e deprimida em seu ambiente profissional

Foto: DAPA Images – Canva

Os sinais de depressão no trabalho serão listados a seguir. Eles são semelhantes aos sintomas depressivos gerais, podendo ser complexos e variar amplamente entre as pessoas.

Se o colaborador está deprimido, ele pode também se sentir triste, sem esperança e perder o interesse nas coisas que gostava. Os sintomas persistem por semanas ou meses e são ruins o suficiente para interferir em todos os âmbitos da vida além do trabalho, como vida social e familiar.

A depressão pode surgir gradualmente, por isso pode ser difícil perceber que algo está errado.

Muitas pessoas tentam lidar com os sintomas sem pedir ajuda ou mesmo com medo de relatar o que estão sentindo, pois o tema ainda é um grande tabu em muitos ambientes corporativos.

A depressão está na Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID-10 F32) e os médicos descrevem a depressão pela sua gravidade:

  1. Depressão leve: algum impacto na vida diária;
  2. Depressão moderada: impacto significativo na vida diária;
  3. Depressão severa: torna quase impossível enfrentar a vida diária; algumas pessoas com depressão grave podem ter sintomas psicóticos.

Os sintomas podem variar bastante em cada colaborador, mas alguns dos mais comuns são:

Sintomas físicos

  • Cansaço e exaustão, falta de energia;
  • Mal-estar;
  • Lentidão na fala e movimentos;
  • Mudanças no apetite ou peso (diminuem ou aumentam muito);
  • Constipação;
  • Dores inexplicáveis como: dores de cabeça, de estômago e no peito;
  • Sono perturbado (insônia ou sonolência).

Sintomas psicológicos

  • Sensação de tristeza contínua;
  • Desesperança e desamparo;
  • Baixa autoestima;
  • Sentimento de culpa avassaladora;
  • Choro, com ou sem quaisquer gatilhos aparentes;
  • Irritabilidade, raiva aumentada;
  • Baixa tolerância à frustração;
  • Sentimentos de tédio, apatia e complacência;
  • Sentimentos de impotência, inutilidade e solidão;
  • Afastamento social;
  • Pensamentos negativos e suicidas.

Sintomas no trabalho

  • Desmotivação;
  • Autodesvalorização;
  • Incapacidade de se concentrar ou prestar atenção;
  • Perda de interesse nas tarefas;
  • Procrastinação;
  • Incapacidade em tomadas de decisões;
  • Dificuldade em reter ou se lembrar de coisas;
  • Erros com frequência nas tarefas diárias de trabalho;
  • Aumento de ausências, atrasos e/ou afastamentos no trabalho.

Teste de Depressão: Quiz Online

O que causa depressão no trabalho?

homem deprimido pela carga de trabalho excessiva

Foto: mavoimages – Canva

Segundo o site do Ministério da Saúde, as causas da depressão podem ser genéticas, na bioquímica cerebral e eventos vitais traumáticos. Os fatores de risco que podem contribuir para o desenvolvimento da depressão, de maneira geral, são:

  • Histórico familiar;
  • Transtornos psiquiátricos;
  • Estresse e ansiedade crônica;
  • Doenças e disfunções hormonais;
  • Dependência de álcool e drogas;
  • Traumas emocionais e psicológicos;
  • Conflitos pessoais e conjugais;
  • Problemas financeiros e desemprego.

Embora as pessoas – ou experiências – não sejam iguais, algumas situações do que leva à depressão no trabalho têm causas e gatilhos comuns. Algumas situações que podem contribuir são:

  • Eventos estressantes;
  • Situações traumáticas;
  • Frustrações acumuladas;
  • Carga de trabalho excessiva;
  • Baixa remuneração;
  • Ambiente com insegurança psicológica e riscos de saúde;
  • Sensação de que seu trabalho está em perigo: como uma possível demissão ou falta de participação nas tomadas de decisões;
  • Trabalha em um ambiente tóxico, com muita competição e pressão;
  • Falta de apoio de gestores e colegas;
  • Assédio, bullying, preconceito e/ou discriminação no ambiente de trabalho;
  • Falta de equilíbrio entre vida pessoal e trabalho;
  • Funções que não promovem seus objetivos de carreira;
  • Trabalho que não corresponde aos seus valores pessoais.

Quando a depressão atrapalha no trabalho?

mulher com dificuldade de concentração no trabalho pela depressão

Foto: Ridofranz – Canva

Uma característica crítica da depressão é que nada parece importar, não há sentido em fazer nada.

No trabalho, a depressão pode tornar mais difícil para as pessoas se concentrarem e serem produtivas.

Colaboradores deprimidos também podem se sentir exaustos ou oprimidos, além de retraídos socialmente e tudo isso impacta na produtividade e engajamento.

Como lidar com a depressão no trabalho?

profissional lidando com a depressão em seu local de trabalho

Foto de Yan Krukov no Pexels

Gerenciar os sintomas no local de trabalho pode ser desafiador, mas a boa notícia é que existem maneiras para não se sentir deprimido no ambiente de trabalho e na vida pessoal:

Coloque sua saúde em primeiro lugar

Coloque sua saúde em primeiro lugar

Um caminho para sair da depressão é o autocuidado. É extremamente importante ser gentil consigo mesmo.

Ter momentos de pausa para cuidar de você é primordial para sentir-se bem, como:

  • Presentear-se com coisas que gosta de fazer, como passar um tempo tomando uma boa xícara de café, cuidar de plantas ou passear;
  • Cuidar da saúde, certificando-se de que se alimenta bem e dorme tempo suficiente.

Teste fazendo um rápido exercício de Mindfulness de 3 minutos:

Pratique exercícios

Pratique exercícios

Há evidências de que o exercício pode ajudar a melhorar o humor.

Se o exercício físico não é realizado há algum tempo, o importante é começar com uma prática suave por 20 minutos todos os dias, incorporando exercícios de respiração profunda, até estabelecer essa rotina diária.

Ps. Encontre o Guia da Alma no app do Gympass!

Não exija demais de si mesmo

Não exija demais de si mesmo

A carga horária precisa estar de acordo com suas atividades, equilibrando o tempo para a vida pessoal e profissional.

Se não deu tempo de realizar todas demandas do dia, é importante entender que, no dia seguinte, é possível continuar as tarefas de onde parou, sem constrangimento e/ou culpa.

Converse com seus gestores e colegas para encontrar meios de melhorar sua rotina de tarefas.

Defina metas

Defina metas

Ter metas bem definidas e alcançáveis, pode trazer mais sentido para o seu dia a dia de trabalho.

Algumas pessoas com depressão descobriram que, no trabalho, dividir a rotina em pequenas tarefas é útil, de modo que sinta realização à medida que avança.

Isso pode envolver a criação de listas e planejamentos, mas é preciso cuidado para não torná-las muito longas e sentir-se sobrecarregado.

Procure ajuda

Procure ajuda

Procurar o apoio da família e dos amigos é importante: compartilhe o que você está sentindo. Você nunca está só.

Ter apoio terapêutico e médico para tratar a depressão é essencial.

Em casos graves, tendo como comprovar depressão no trabalho, é possível solicitar afastamento. Recomenda-se também contar à gerência e/ou ao RH sobre seu caso, para que você possa utilizar os benefícios disponíveis.

Quando as empresas tomam a iniciativa de corrigir um problema conhecido, isso ajuda todos os colaboradores a se sentirem melhor sobre a empresa e o trabalho que estão realizando.

Como a empresa pode ajudar com a depressão dos funcionários?

homem deprimido em seu trabalho necessitando de apoio psicológico

Foto: Wavebreakmedia – Canva

Como vimos, ter atenção aos sinais de depressão do colaborador e oferecer o apoio necessário, é ideal para a valorização da vida e da satisfação profissional.

O cuidado com a saúde mental dos colaboradores pode aumentar os resultados financeiros e diminuir muitos problemas diários, como: atrasos, conflitos entre colegas de trabalho, reclamações de clientes e má qualidade do trabalho, superando a percepção de que a depressão é apenas um problema “pessoal” que deve ser ignorado no trabalho.

Segue algumas dicas de como melhorar a depressão no trabalho, através de cuidados com os colaboradores e ações de bem-estar:

Capacite os gestores e colaboradores

Capacite os gestores e colaboradores

Como empresa, uma das principais prioridades é cuidar dos funcionários.

Portanto, capacitar a equipe para que eles entendam e possam reconhecer a depressão como uma doença, onde o colega necessita de apoio, é o passo inicial mais importante.

Para levar a mensagem um passo adiante, é possível trazer um especialista para ensinar a todos sobre depressão e como lidar com ela.

Lembre-se de que todos os colaboradores e gestores precisam saber sobre esse assunto, assim poderão saber como ajudar alguém com depressão no trabalho.

Ofereça check-ups e testes

Ofereça check-ups e testes

Além dos exames periódicos dos colaboradores, é recomendado que periodicamente, o tema sobre depressão seja abordado.

Check-ups e testes do nível de saúde mental podem ser oferecidos para todas as equipes, durante a SIPAT, Setembro Amarelo ou outros eventos oferecidos pela empresa.

Meça o clima organizacional

Meça o clima organizacional

Estar atento às reclamações e ainda, medir a satisfação dos colaboradores é um bom termômetro para alinhar expectativas.

Promover ativamente o gerenciamento de tarefas para garantir que os colaboradores mantenham o foco, limitem as distrações e se sintam mais confiantes.

Ofereça ajuda especializada

Ofereça ajuda especializada

Além de oferecer aos colaboradores um plano de saúde como benefício, é recomendado trazer profissionais de saúde especializados na saúde mental do colaborador.

Para casos de depressão, além de oferecer ajuda médica psiquiátrica e psicológica, você também pode oferecer terapias complementares e práticas integrativas para fortalecer o autoconhecimento e saúde emocional.

  • Aqui no Guia da Alma temos terapias individuais e em grupo, como Mindfulness, Yoga e Thetahealing. Confira aqui o Guia da Alma para Empresas.

Incentive ambientes corporativos positivos

Incentive ambientes corporativos positivos

Criar o máximo de flexibilidade possível nas agendas e rotinas de todos os colaboradores, incentivando os colaboradores a usar o período de férias, pode ser um bom início.

Promover momentos de pausa e rituais de autocuidado através de programas de saúde mental é uma ótima iniciativa.

Aqui no Guia da Alma, além de oferecer mapeamento de saúde mental nas empresas, também temos:

  • Práticas de Mindfulness e Yoga em grupo;
  • Palestras sobre Saúde Mental, autoconhecimento e inteligência emocional;
  • Palestras para eventos como SIPAT e Setembro Amarelo;
  • Sessões de Terapia online;

Centenas de empresas já implementaram esses programas como rituais em suas empresas. Através de uma rede de profissionais especializados em atender o ambiente corporativo, apoiamos a saúde mental dos seus colaboradores. Conheça aqui o Guia da Alma para Empresas.

 

Os problemas causados pela depressão no trabalho existem e geram impactos tanto para colaboradores, quanto para as empresas.

É preciso buscar alternativas para amenizar os obstáculos, seja adotando programas voltados à saúde e bem-estar dos colaboradores, seja migrando o negócio para ambientes mais saudáveis e motivadores.

O fato é que uma trajetória só precisa de uma nova atitude para ser mudada, e o papel da empresa é fundamental para dar o primeiro passo.

Vamos juntos?

Conte com o Guia da Alma para isso:

5/5 - (2 votos)

Fundador e CEO do Guia da Alma. Especialista em Saúde Mental corporativa. Especialista em Terapias Complementares. Palestrante e Instrutor de Meditação Mindfulness para Empresas.

AGENDAR!

6 práticas indispensáveis e acessíveis para criar uma cultura saudável!