Traumas de infância e suas consequências: como superar?

Uma visão da Constelação Sistêmica sobre como as memórias da infância afetam nossa vida.
menino triste: traumas de infância
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Adriana Martins de Souza Lima
5/5 - (3 votos)

É provável que todos nós vivemos alguma situação traumática na infância, algumas mais fortes, outras mais leves. O fato é que, os traumas de infância marcam nossa história e podem estar influenciando sua vida até hoje.

Portanto, este artigo tem o objetivo de esclarecer mais sobre o que são os Traumas de Infância, não só como nos afetam, mas também como podem ser tratados a partir de uma visão sistêmica.

Sou Adriana Lima, facilitadora em Constelação Sistêmica, terapeuta reikiana, praticante de Barras de Access e taróloga. Hoje estou aqui para te ajudar a superar suas barreiras internas e assim viver um presente e futuro mais plenos! 


 

Como ocorrem os traumas de infância?

Traumas de Infância

Foto: Lucas Metz – Unsplash

Entende-se por trauma de infância: incidentes trágicos, eventos marcantes, onde ocorreu uma ação violenta que, em linhas gerais envolve algum tipo de risco (real ou imaginário) à vida ou à integridade de uma criança.

Por isso, a forma com que a criança foi amparada pelos adultos de sua confiança, como foi sua relação familiar e o histórico dos eventos que lhe trouxeram dor, são fatores que impactam de tal forma que podem amenizar ou agravar seu estado psicológico na vida adulta.

É possível tratar e amenizar os impactos dos traumas de infância. Terapias, como a Constelação Familiar, não apagam as cicatrizes emocionais e físicas sofridas, contudo, facilitam na compreensão do que “não vemos” e nos convida a ressignificar esta dor.

 

Traumas de infância: exemplos

Exemplos Traumas Infância

Foto: Katherine Chase – Unsplash

Então, vamos entender aqui alguns dos acontecimentos mais comuns que podem gerar traumas na infância. Você consegue identificar algum deles na sua vida?

  • Acidentes: A criança que sofreu um acidente praticando algum esporte por exemplo, queimaduras, afogamentos, acidente automobilístico, guerra, violência urbana, entre outros;
  • Morte ou separação abrupta de entes queridos: Quando a criança perde alguém próximo como pais, avós, irmãos ou no caso de um divórcio dos pais;
  • Brigas: Quando se presencia brigas dos pais com frequência e com o agravante da agressão doméstica;
  • Maus tratos: Se refere a criança que apanhou muito de seus pais;
  • Violência sexual e emocional: Quando pessoas próximas à criança a abusaram sexualmente. Se tratando da violência emocional, ouviu xingamentos e palavras com o intuito de humilhar e intimidar;
  • Abandono e rejeição: A criança é abandonada ou rejeitada pelos pais e, muitas vezes, é criada por parentes mais próximos como avós. Em algumas situações dada para adoção.

 

Traumas de infância e suas consequências

Consequências Trauma Infantil

Foto: Austin Guevara – Pexels

Os traumas ocorridos na infância, mesmo quando muito pequenos ficam armazenados em nosso subconsciente e por certo, levamos estas memórias para a vida adulta.

Dessa forma, essas memórias, conscientes ou não, interferem ao longo de nossa vida e como consequência podem desencadear diferentes transtornos psiquiátricos, como:

  • Depressão;
  • Ansiedade generalizada;
  • Bipolaridade;
  • Entre outros.

Esse adulto poderá desenvolver não apenas alguns sintomas e doenças físicas, bem como a dificuldade nos relacionamentos familiares, no trabalho, relacionamentos afetivos e amorosos.

Geralmente, adultos que possuem traumas de infância, podem apresentar também:

  • Timidez;
  • Baixa autoestima
  • Falta de confiança e autonomia;
  • Sensação de culpa;
  • Medo de falar em público;
  • Agressividade;
  • Compulsividade;
  • Dependendo do trauma da infância, pensamentos suicidas ocorrem com frequência.

 

Comportamentos de quem teve Traumas de Infância

Comportamentos Traumas

Foto: Cristian Newman – Unsplash

Devido às emoções, sentimentos e lembranças arquivadas em nosso consciente e subconsciente, e em virtude de terem sofrido algum tipo de traumas de infância, os adultos podem ter alguns comportamentos, como:

  • Crises de ansiedade;
  • Autossabotagem;
  • Procrastinação;
  • Desvalorização de si;
  • Dificuldades sexuais.

Está fazendo sentido para você? Agende uma sessão de Constelação Familiar online comigo para ressignificar seus traumas de infância.

 

Significado dos Traumas na Constelação Familiar e Sistêmica

Constelação Familiar Sistêmica

Foto: Külli Kittus – Unsplash

Na visão sistêmica, os traumas da infância poderão impactar diretamente a vida do indivíduo e consequentemente dos demais membros familiares. 

Por conta destas lembranças traumáticas e dos sentimentos vividos por este adulto, a raiva, rancor, medo, ódio e mágoa tornarão sua caminhada mais dolorosa, principalmente, quando se tratar de traumas diretamente ligados aos pais. 

Afinal, nossos pais são o nosso primeiro modelo de mundo, são considerados nossos heróis, já que confiamos totalmente neles e tomamos como verdade absoluta o que nos diziam.

Todavia, quando nosso pai ou nossa mãe, tomam uma atitude oposta ao que acreditamos ou julgamos certo, a dor é muito intensa e esta dor permanece dentro de nós e como resultado nos impede de reconhecer este homem ou esta mulher como “nossos pais”.

Às vezes, a dificuldade em se relacionar, se dá por este sentimento de medo, assim como decepção e frustração. Ou seja, “se quem era para cuidar de mim, me fez sofrer, abusou de mim e não me deu o amor que eu esperava, não posso confiar em ninguém”.

Desse modo, se você não se sentiu pertencente do próprio sistema familiar, como se fosse rejeitado, abandonado, ou teve que fazer coisas que não cabiam a uma criança, esses sentimentos e esta dor estão aí dentro no seu nível subconsciente.

 

Como identificar meus traumas de infância?

Identificar Traumas Infância

Foto: cottonbro – Pexels

A nossa expressão corporal diz muito sobre nós, assim como nossas expressões verbais, e por causa de algumas frases usadas em nosso cotidiano, torna-se possível identificar se algum tipo de trauma aconteceu:

  • Tive um péssimo pai ou mãe;
  • Passei minha infância apanhando;
  • Não tive infância;
  • Prefiro não pensar sobre mim;
  • Pessoas que possuem pensamentos negativos e catastróficos;
  • Só atraio coisas ruins na minha vida;
  • Se morrer não farei diferença na vida de ninguém.

Identificou alguma dessas frases em sua vida? Agende uma sessão de Constelação Familiar online comigo e ressignifique tudo isso!

 

Como superar traumas de infância?

Superar Traumas Infância

Foto: Alex Green – Pexels

Inegavelmente traumas de infância podem mudar o rumo de nossa jornada e impactar em nossa saúde mental. Entretanto, podemos sim nos libertar destes bloqueios e dessa maneira ter uma vida com mais harmonia. Assim sendo, trago aqui algumas práticas simples que ajudam na superação de traumas:

  • Meditação;
  • Ter uma rotina saudável;
  • Aprender a viver o presente;
  • Ter autoconhecimento;
  • Praticar exercícios físicos;
  • Fazer terapia para superar este trauma!

Agora, conheça melhor abaixo como a Terapia da Constelação Familiar pode te ajudar neste caso!

 

Traumas de infância: como tratar com a Constelação Familiar?

Tratamento Constelação Familiar

Foto: Freepik

O primeiro passo é olhar para esta dor que não foi completamente curada, mas só “está escondidinha” ressoando em você.

Quando emanamos esta dor, atraímos situações parecidas com o que vivemos e ao mesmo tempo buscamos o preenchimento deste vazio nos relacionamentos amorosos afetivos onde, de forma inconsciente, procuramos em nossos parceiros o amor do pai, mãe ou daquele que nos magoou.

Além disso, quando olhamos para a dor, nos movimentamos como se assim pudéssemos sair da escuridão, com o propósito de seguir para a luz através da compreensão. 

Durante a sessão da Constelação Familiar Sistêmica serão observadas as dinâmicas existentes relacionadas ao trauma, assim como as repetições de padrões vividas durante as gerações. E, principalmente, restabeleceremos o fluxo amoroso interrompido entre os membros familiares, promovendo a harmonia neste sistema familiar.

A Constelação lhe ajudará a ampliar a visão sobre sua própria história e dos seus ancestrais, assim como te proporcionará autoconhecimento e lhe ajudará a ter confiança e força para se libertar das sombras do passado e fazer novas escolhas.

Olhe para traumas primários e não precisará olhar para traumas recentes.” Bert Hellinger, pai das constelações familiares

Curtiu o artigo? Deseja experimentar uma vivência em Constelação Familiar ? 

Tenho como missão desenvolver as pessoas em seu processo de autoconhecimento, para que vivam com mais consciência, qualidade de vida e plenitude. Certamente, ficarei feliz em contribuir com o seu processo de autoconhecimento! 

Agende uma sessão de Constelação Familiar online para ressignificar seus traumas de infância e assim construir uma vida mais leve e plena!

5/5 - (3 votos)

Sou formada em Reiki, Praticante de Barras de Access, Facilitadora em Constelação Sistêmica, Taróloga e Terapeuta Germânica .Minha missão é desenvolver as pessoas no seu processo de autoconhecimento, para que vivam com mais consciência, saúde, qualidade de vida e plenitude.

AGENDAR!

Atende online
Presencial em São Paulo - SP

Supere traumas com a Constelação Familiar!

Agende sua sessão no Guia da Alma.

Mais terapias de Adriana Lima

  • Terapia Germânica para Enxaqueca – Online

    Online em Videochamada
    R$300,00
    Adriana Lima
    (41)
    Terapeuta Certificado
  • Constelação Sistêmica para traumas durante a infância – Cuidado da Criança Interior – em São Paulo

    Presencial em São Paulo - SP
    Bairro: Vila Dom Pedro II
    R$300,00
    Adriana Lima
    (41)
    Terapeuta Certificado
  • Aconselhamento Sistêmico • São Paulo

    Presencial em São Paulo - SP
    Bairro: Parada Inglesa
    R$161,00
    Adriana Lima
    (41)
    Terapeuta Certificado
Ver Perfil de Terapeuta
As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.
Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!
Por InCuca
🟢 Terapeutas Online disponíveis
Faça sua sessão hoje!
Atualização: agora você pode ver os especialistas que estão online nesse momento, prontos para atender você!