Eclipse Lunar e Solar em 2019: significado na Astrologia!

Entenda como acontecem os eclipses e qual sua energia astrológica.
esquema do eclipse solar total

Descubra como ocorre o Eclipse Lunar e o Eclipse Solar e qual o significado dos eclipses na Astrologia.

Saiba ainda quais os eclipses em 2019 e tudo sobre a energia astrológica que eles trazem!


Eclipse Solar e Lunar: como acontecem?

Os eclipses são fenômenos astronômicos que ocorrem devidos aos posicionamentos entre  Terra – Lua – Sol. Exitem dois tipos de Eclipses: Lunares e Solares.

Vamos ver astronomicamente como eles ocorrem, para em seguida, descobrir seu significado na Astrologia.

Eclipse Solar

O Eclipse Solar ocorre sempre na Lua Nova. Ou seja, a Lua posiciona sua órbita entre o Sol e a Terra, criando uma sombra na luz emanada pelo Sol.

Além disso, a Lua precisa atravessar o plano orbital da Terra (“linha dos nodos”). E isso só ocorre às vezes, pois o plano da órbita lunar é ligeiramente rotacionado em relação à órbita da Terra em torno do Sol. Se esse ângulo não existisse, teríamos eclipse em toda Lua Nova.

esquema do eclipse solar total

Fonte: Brasil Escola

A cada ano, a depender das condições astronômicas, é possível haver, no mínimo, dois eclipses solares e, no máximo, cinco.

Ao longo da ocorrência do Eclipse Solar, duas áreas são projetadas na superfície terrestre:

  • Umbra: onde se manifesta o eclipse na sua forma total.
  • Penumbra: onde o eclipse ocorre apenas parcialmente, com uma breve sombra.

Por isso, em alguns lugares da Terra é possível ver o eclipse completo, e em outras parcialmente. A forma como o eclipse se apresenta, também depende da distância entre Lua – Terra – Sol.

Quando a Lua está mais perto da Terra e a Terra está longe do Sol, forma-se uma sombra completa. Já quando a Lua está mais longe da Terra, forma-se uma sombra incompleta. Por isso, existem diferentes tipos de eclipse solar:

  • Eclipse Solar Total: quando toda a luz do Sol é ocultada pela Lua;
  • Eclipse Solar Parcial: quando apenas parte do Sol é ocultado pela Lua;
  • Eclipse Solar Anelar: quando o tamanho da Lua não é o suficiente para encobrir todo o Sol, formando um “anel solar” em volta da Lua;
  • Eclipse Solar Híbrido: quando o eclipse é total em alguns pontos da Terra, e anelar em outros. Isso ocorre devido ao grau de inclinação da órbita lunar.

Eclipse Lunar

Já o Eclipse Lunar só acontece quando na Lua Cheia. Neste caso o planeta Terra está entre o Sol e a Lua.

esquema do eclipse lunar total

Fonte: Brasil Escola

Aqui também o eclipse lunar só ocorre quando a órbita da Lua coincide com o plano orbital da Terra. Sem essa a pequena diferença de inclinação na órbita da Lua (que é de 5,2º), sempre ocorreria eclipse lunar na Lua Cheia.

Da mesma maneira que o solar, o Eclipse Lunar também tem as áreas de penumbra e umbra, e diferentes tipos de eclipse:

  • Eclipse Lunar Total: ocorre quando toda a lua é encoberta pela sombra da Terra.
  • Eclipse Lunar Parcial: apenas uma parte da lua é encoberta pela sombra.
  • Eclipse Lunar Penumbral: A Lua é encoberta pela sombra da Terra, mas de maneira mais “fraca, na faixa da penumbra, apenas diminuindo o seu brilho.

O significado dos eclipses na Astrologia

Os Eclipses são sempre sinais de alerta na Astrologia. No passado, muitos astrólogos associavam o acontecimento do eclipse como algo nocivo. Algumas culturas até mesmo interpretavam como final dos tempos.

Hoje vemos de outra maneira, Mas algo é certo: os eclipses representam mudanças significativas em nossas vidas. E elas podem até mesmo ser a morte de nosso ego e o renascimento de uma nova fase.

Na Astrologia o Sol representa o Eu, nossa essência. A Lua representa as emoções.

Segundo o artigo de previsões para 2019 (da terapeuta holística Patrícia Souto), os Eclipses Solares sempre acontecem com Lua Nova e indicam novos começos, estando mais focados em questões práticas e de ego. Já os Eclipses Lunares são sempre em Lua Cheia e dizem respeito a questões emocionais.

O significado específico que cada eclipse nos traz, está sempre ligado também a configuração total do céu no momento em que ele ocorre. Em que signos estão posicionados a Lua e o Sol no momento, que aspectos eles estão fazendo entre si e com os outros planetas?

Veja as datas e significados dos Eclipses em 2019! E aproveite o significado de cada um deles para fazer uma meditação ou ritual de acordo com aquilo que você quer para sua vida.

 

⊙ Eclipses Solares em 2019

Em 2019, são 3 os eclipses solares! Apenas em 2 de julho será visível do Brasil, porém em toda a Terra sentimos a sua energia.

“O Sol rege o futuro, e a Lua representa o passado. Quando a Lua faz sombra sobre o Sol, pode trazer ideias, informações e possibilidades do passado à tona novamente.”

Joana Machado, astróloga e terapeuta holística no Guia da Alma

Com a Lua na fase Nova, durante um Eclipse Solar, Sol e Lua estão no mesmo signo para a Astrologia. Confira seus significados!

☼ 6 de Janeiro – Eclipse Solar Parcial em Capricórnio

Eclipse para iniciar o ano com muita reflexão. Bom momento para iniciar novas carreiras e objetivos de vida.

☀ 2 de Julho – Eclipse Solar Total em Câncer

Visto totalmente no Chile e Argentina e parcialmente no Brasil (menos no nordeste), durante o período da tarde.

Segundo a astróloga Joana Machado, o eclipse fecha o ciclo iniciado em janeiro, no eclipse solar em Capricórnio (seu signo oposto).

É uma grande oportunidade de se resolver definitivamente com o que passou! Quem você era, e é hoje? O que quer deixar e o que quer levar em frente?

Para ler mais sobre as energias deste eclipse e dos outros planetas entre junho e julho, acesse a coluna completa do Astroguia sobre o Sol em Câncer.

⊙ 26 de Dezembro – Eclipse Solar Anelar em Capricórnio

Visível na Austrália e na Ásia. Neste eclipse, a Lua Cheia fará uma conjunção com Júpiter também no signo de Capricórnio, além de um aspecto trígono com Urano em Touro. Segundo Patrícia Souto, é o momento em que tudo aquilo que foi plantado terá a oportunidade de ser colhido. O que você plantou ao longo de seu 2019?

☾ Eclipses Lunares em 2019

Em 2019 acontecem 2 eclipses lunares, visíveis do Brasil. Com a Lua em sua fase Cheia, durante um Eclipse Lunar, Sol e Lua se encontram em signos opostos complementares na Astrologia.

❍ 21 de Janeiro – Eclipse Lunar Total em Leão

Eclipse com Lua em Leão e Sol em Aquário, o signo da nova Era.

Leão é o signo do eu, enquanto aquário o signo do todo. Nos convida a pensar sobre como nossas ações individuais, têm impacto na sociedade. O que você está fazendo pelo todo? Por sua família, amigos, comunidade, país, mundo? Suas ações estão alinhadas com a sua missão nesta vida e planeta?

Este eclipse é acompanhado da Super Lua e Lua de Sangue!

☾ 16 de julho – Eclipse Lunar Parcial em Capricórnio

Segundo a astróloga e terapeuta Joana Machado, este eclipse Lunar vem para balançar nossas bases e certezas. Devemos nos questionar quais montanhas realmente valem a pena subir!

Com o Sol em Câncer, e a Lua Cheia em Capricórnio, teremos essa dualidade e reflexão entre razão e emoção. Como encontrar o caminho do meio entre essas duas necessidades tão inerentes ao ser humano?

Para ler mais sobre as energias deste eclipse e dos outros planetas entre junho e julho, acesse a coluna completa do Astroguia sobre o Sol em Câncer.

Este eclipse será visível na maior parte da Ásia, Austrália, África, Europa e América do Sul. No Brasil, poderá ser visto de muitos lugares no entardecer, com o nascimento da Lua!

Como ver os eclipses da melhor maneira?

Primeiramente, informe-se de quais eclipses serão visíveis na sua localização e qual o horário exato do ápice. Os eclipses podem durar horas desde seu começo parcial, até sua fase total e seu retorno ao estado natural.

Para ver um Eclipse Solar, você deve usar proteção adequada. Não olhe diretamente para o Sol, nem usando óculos escuros, pois pode comprometer seus olhos. O recomendado é que você use filtros adequados, que podem ser de polímero preto ou máscara de soldador, por exemplo. Busque informações no observatório da sua cidade!

Para ver um Eclipse Lunar, o ideal é que você esteja em um local sem muitas luzes artificiais para ver o fenômeno com mais intensidade. De preferência, em um local alto ou em algum observatório em sua cidade.

Viu algum desses eclipses? Compartilha como foi nos comentários!

Cofundadora e CMO do Guia da Alma, Facilitadora do Curso online Propósito Terapeuta. Reikiana e Thetahealer.

AGENDAR!

Atende online
Presencial em