Fazer terapia ajuda a reconhecer e ressignificar nossos padrões internos. Com auxílio de um terapeuta, aprendemos a ouvir nosso interior. Confira o artigo da terapeuta Maíra Antunes!


 

Ser ouvido pode ser algo além de “ser ouvido”… Contar para o outro conteúdo dos quais você não sabe lidar e/ou fica desconfortável em pensar/agir sobre algo… pode ser transformador!

Muitas vezes pensamos algo e acreditamos que aquilo sempre será daquele jeito e, de repente, vem uma situação e faz tudo aquilo cair por terra! E ai, será que era você que estava pensando errado ou você estava apenas focando em UM aspecto daquela situação? Vou te dar um exemplo.

 

Uma breve história pessoal

Alguns anos atrás eu era bem insegura com relação a relacionamentos amorosos. Começava um novo relacionamento, me sentia feliz, apaixonada e logo vinham pensamentos de que chegaria ao fim, de que tudo aquilo era demais e não merecia, que o cara poderia me trair… (conversas internas de medo e insegurança das quais EU dava força e acreditava).

Passados alguns dias enviando mensagens todos os dias, conversas por telefone, encontros alegres e agradáveis, para a minha mente “tínhamos uma rotina de se falar”. Quando algo saia dessa “rotina”, como por exemplo, o cara não mandar nenhuma mensagem naquele dia, pronto, era o que bastava para eu entrar em pânico! Tinha taquicardia, agitação e todos aqueles pensamentos negativos vinham à tona: que o cara não queria mais nada, que estava com outra… e eu mergulhava na deprê (não estou exagerando, era assim que eu “funcionava”)!  Meu mundo parava, não tinha vontade de trabalhar, estudar, só ficava naquele conflito interno, em pensamentos negativos e obsessivos…

guia-da-alma-terapia-historia-pessoal

Depois de muitas horas, eu cansava de ficar naquela “loucura” e começava a me distrair e então, vinha uma mensagem de “Boa noite” dele, falando que teve um dia corrido no trabalho e estava com saudades… ahhh respirava aliviada, pois estava tudo bem!

Nesta pequena narrativa, podemos observar várias coisas, mas gostaria de ressaltar que:

  1. Muito do que pensamos, nem sempre é a realidade. Muitos pensamentos, além de nos atrapalhar, gerar emoções negativas e trazer gasto excessivo de energia, não servem para nada! Ou melhor, servem para percebemos que não estamos agindo de maneira saudável e produtiva conosco e precisamos mudar. E caso não consiga sozinho, pedir ajuda! (Se desejar sair desse padrão).
  2. Não existe apenas um lado ou uma versão, mas sim várias maneiras de perceber a mesma situação. Basta você estar aberto(a) para experienciá-las!

 

Ressignificando através da terapia

No exemplo citado, eu não aguentava mais estar naquele padrão de baixa autoestima, insegura e com pensamentos de que o relacionamento iria chegar rapidamente ao fim. Na época, eu participei de um programa de Terapia em grupo, que me ajudou a olhar para tudo o que acontecia, como eu lidava, o que sentia e pude colocar para fora aquele turbilhão que estava na minha mente e então, ressignificar.

Foi maravilhoso fazer terapia! Hoje essa insegurança não me assombra mais, me sinto segura com relação aos meus sentimentos, consigo lidar de maneiras mais saudáveis com as situações.

Às vezes, ficamos com receios de falar o que sentimos para o outro, com medo de ser julgado, criticado, até mesmo reprimido. E por não saber o que vai acontecer ao certo durante a terapia, não saímos do lugar, não nos permitimos experimentar algo novo.

Muitas vezes há conversas internas de que aquilo não será bom, que só conversar não vai ajudar, mas… será mesmo? Veja se você já passou pela seguinte situação: estar com um turbilhão de coisas na cabeça e não estar mais aguentando ficar nessa, e ir para frente do espelho e falar tudo o que está se passando (da maneira que vier) até sua mente ficar “vazia”, e depois você percebe que está aliviado por ter descarregado tudo aquilo. Já passou por isso? (Se não, eu sugiro experimentar).

guia-da-alma-terapia-sorriso

No fundo, quem estava precisando dar voz e “ser ouvida” era eu mesma, ou seja, a própria pessoa precisa se ouvir. Mas há momentos em que esquecemos de fazer isso, e precisamos ou de um ombro amigo, ou de uma ajuda profissional. E aí entra o fazer terapia!

Isso pode dar medo, e está tudo bem ter medo, pois é preciso coragem para se ouvir e olhar para muitas coisas que deixamos de lado. Mas se, lá no fundo, você sente que deva ir mesmo tendo medo, siga, pois é seu coração dizendo: “VOCÊ ESTÁ PRONTO, VAI!”.

Quando falamos para o outro, na verdade falamos para nós mesmos, pois SÓ EU posso ouvir 100% do que eu falo e a outra pessoa, ouve o quanto ela quiser. Sabendo disto, na terapia (em particular nos meus atendimentos), o principal é você ter um tempo para se ouvir. Eu te auxilio a dar vazão para isso, a acolher tudo o que está precisando ser colocado para fora, e então poder ser reconhecido, aceito. Caso não puder aceitar, pelo menos, permita olhar para si mesmo e saiba que aquilo faz parte de você, e que talvez hoje ou “um dia” seja integrado, amado e transformado.

 

E aí, você está “se ouvindo” ou está precisando de uma ajuda?

Continue esta conversa comigo!


 

Receba o Guia da Alma no seu e-mail!

Conteúdos para a sua evolução da consciência, uma vez por semana.




Maíra Antunes

Naturóloga, Alquimista e Terapeuta Floral

5
0

Paulista, aos 19 anos mudou-se para Santa Catarina para fazer a faculdade de Naturologia Aplicada, onde aprendeu a importância do cuidado com o outro e consigo, ao longo dos anos, participa de atividades onde possa desenvolver mais seu autoconhecimento, abordagem mais empática e acolhedora, sempre seguindo seu coração, os sinais e as conexões que, lindamente, o Universo coloca em seu caminho.

Apaixonada e realizada no que faz, trabalha há mais de 8 anos com as terapias complement...

Deixe seu comentário e contribua com a troca

O Guia da Alma é o Portal que conecta pessoas e Terapeutas para uma vida mais leve com Terapia Holística e Integrativa online ou presencial em todo Brasil!

Descubra também o Autoconhecimento, Espiritualidade e Bem-estar no conteúdo original do nosso blog!

Receba o Guia da Alma no seu e-mail!

Conteúdo para a sua evolução de consciência.

As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.

Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!