Mediunidade: sintomas, tipos e como desenvolver!

Ouça o sinal do despertar da mediunidade em sua vida.
mulher em mediunidade: sintomas
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Sarah Sofia
5/5 - (7 votos)

Já sentiu interesse sobre o que é Mediunidade: sintomas e como desenvolver essa capacidade? Chegou ao artigo certo!

Te contarei em detalhes quais são os tipos de mediunidade e o que fazer para ativar os sinais do despertar.

Sou Sarah Sofia, terapeuta holística Guia da Alma. Boa leitura!


O que é Mediunidade? Significado

imagem de o que é mediunidade significado

Foto: jcomp – Freepik

A palavra mediunidade vem do latim e significa intermediário.

Uma vez que todos nós possuímos um campo eletromagnético, ela é a capacidade que todos temos de receber e transmitir energias e vibrações, atuando com os mais diversos planos de existência, desde o mais denso ao mais sutil.

Trata-se de um intercâmbio entre céu e terra, entre o mundo espiritual e o mundo material.

A mediunidade é um tópico muito abordado pelo mundo todo.

Aqui no Brasil, que é considerado a Pátria do Evangelho, ela foi disseminada pelo médium mais conhecido mundialmente, Chico Xavier.

Ele tratou de diminuir a distância entre o invisível e o visível, reconfortando o coração de muitos, espalhando suas diversas obras psicografadas mundo a fora.

No entanto, não precisamos necessariamente de intermediários entre nós e a Espiritualidade.

Para algumas pessoas pode fazer sentido ter uma religiosidade ou espiritualidade e seguir dogmas, mas para outras não, tendo em vista que:

“Buda não era Budista, Jesus não era Cristão, Krishna não era Vaishnava, Maomé não era Islamita, Eles eram professores que ensinavam AMOR.

AMOR era a religião de cada UM“.

(Autor desconhecido)

A mediunidade é uma faculdade inata a todos os seres; ela faz parte de você, logo, ela não depende de um fator externo para se desenvolver, ou seja, ela é intrínseca ao seu ser e ela pode se manifestar em qualquer lugar.

Ela é um sexto sentido, é a voz da tua consciência superior, da tua alma.

Ela potencializa a tua intuição e o contato com o teu eu superior e permite que você se comunique diretamente com a Fonte e com os teus guias, mentores e anjos da guarda, sem necessidade de intermediários.

Como saber se sou médium?

imagem de como saber se sou medium

Foto: Freepik

Segundo Allan Kardec, no capítulo 14 de O Livro dos Médiuns:

“Médium é toda pessoa que sente, num grau qualquer, a influência dos Espíritos.

Essa faculdade é inerente ao homem e, por conseguinte, não constitui um privilégio exclusivo.

Por isso mesmo, raras são as pessoas que não possuam alguns rudimentos dessa faculdade.

Pode-se, pois, dizer que todos são mais ou menos médiuns.”

Em algumas pessoas essa habilidade é mais evidente e em outras é mais sutil.

Todos nós já passamos por um momento intuitivo em que uma espécie de sussurro nos disse para: não irmos em tal lugar, para não irmos por tal caminho ou para não confiarmos em tal pessoa, por exemplo, e isso pode ser a comunicação dos teus anjos, mentores e guias espirituais te auxiliando na tua jornada terrena.

Todos nós somos seres espirituais vivendo uma experiência material.

Por isso, não tenha medo da espiritualidade, pois você, em essência, também é um ser espiritual.

Você está aqui, mas não é daqui. Temer a espiritualidade é temer uma parte de você mesmo.

Agora que você já sabe o que é mediunidade e que ela está à disposição de todos para ser desenvolvida, vamos conhecer alguns sinais do despertar da mediunidade e de sintomas físicos e sintomas de mediunidade reprimida, que podem aparecer quando ela não foi desenvolvida adequadamente.

Importante: Antes de considerar que a causa seja espiritual, primeiro certifique-se de que a origem não é orgânica, junto a um profissional médico especializado. Espiritualidade e ciência precisam andar juntas.

Sinais da Mediunidade: sintomas do despertar

ícone de sinais da mediunidade sintomas do despertar

Alguns sinais muito comuns que podem se apresentar no despertar mediúnico:

  • Sentir a energia de pessoas e ambientes;
  • Sonhos lúcidos e sonhos premonitórios;
  • Intuições e premonições;
  • Sentir emoções que não são suas (é algo que surge do nada, sem uma causa aparente);
  • Perceber facilmente quando as pessoas estão mentindo;
  • Captar pensamentos das outras pessoas;
  • Ter conhecimento de coisas que não domina;
  • Ver vultos e espíritos;
  • Ouvir zumbidos, barulhos e vozes dos espíritos;
  • Sentir cheiros que ninguém mais está sentindo;
  • Formigamento e/ou peso nas mãos associado à vontade de escrever;
  • Sensação de toques no corpo;
  • Saber quando alguém está doente.

Sinais de Mediunidade: sintomas físicos comuns e de mediunidade reprimida

ícone de inais de Mediunidade: sintomas físicos comuns e de mediunidade reprimida 

  • Mal estar em ambientes lotados;
  • Mal estar próximo de algumas pessoas, mesmo que você as conheça ou não;
  • Inquietação, agitação, hiperatividade sem motivo aparente ou em situações comuns;
  • Transtornos e mudanças de humor sem causa aparente;
  • Antipatias sem justificativa;
  • Mudanças repentinas de personalidade;
  • Sensação de vazio;
  • Raiva e estresse elevados para situações naturais;
  • Transtornos do sono, como pesadelos, sonambulismo, insônia, paralisia do sono;
  • Transtornos de ansiedade, depressão, bipolaridade, pânico, esquizofrenia;
  • Bloqueio mental e criativo;
  • Desmaios sem causa aparente;
  • Dores sem causa aparente;
  • Perturbações espirituais, sensações de vultos, vozes e toques;
  • Baixa autoestima, pensamentos negativos e autodestrutivos recorrentes;
  • Cansaço extremo mesmo após descanso;
  • Sensação de ser esponja emocional.

É muito comum confundir sintomas mediúnicos com desordens físicas e psicológicas e o contrário também pode acontecer.

Por isso que o ser humano precisa ser visto através da abordagem integrativa, considerando todos os aspectos: físicos, mentais, emocionais, energéticos e espirituais.

Se você tem a maioria dos sintomas acima, antes de mais nada, como já mencionado, descarte qualquer possibilidade de que a origem desses sintomas seja orgânica.

Caso não seja, há grandes possibilidades de que as suas faculdades mediúnicas estejam despertando e, nesse sentido, faz-se necessário o desenvolvimento mediúnico para que você possa controlar essas habilidades e utilizá-las em favor do seu crescimento espiritual.

Quando tentamos reprimir o fenômeno e escolhemos não olhar para isso, tendemos a cair em sofrimento.

A dor é sempre uma mensageira e nesse caso ela está te direcionando a olhar para a sua espiritualidade e essência.

Não fuja desse chamado do teu espírito!

A mediunidade pode te auxiliar de inúmeras formas, como:

  • Processo evolutivo;
  • Exercício de autoconhecimento;
  • Descoberta das tuas potencialidades;
  • Direcionamento e alinhamento com a tua missão espiritual e propósito;
  • Conexão com a tua intuição, eu superior, mentores, guias e anjos da guarda;
  • Ajudar a seguir o melhor caminho;
  • Saber qual a melhor hora de agir e de que forma;
  • Soluções para o que aos olhos do homem parecem impossíveis.

Faz sentido pra você? Agende uma consulta comigo e acesse o despertar da sua mediunidade! Te guiarei nesse caminho.

Tipos de Mediunidade

imagem de tipos de mediunidade

Foto: PeopleImages – istock

Se pudéssemos resumir os tipos de mediunidade, elas seriam dividas em duas classificações:

  • Desperta (consciente) e não desperta (inconsciente);
  • Motivação: para o seu autoconhecimento e sua evolução, para o bem de todos ou para o mal.

Porém, existem diversas divisões acerca dos fenômenos mediúnicos e tipos de mediunidade. Veja mais:

Mediunidade Olfativa: sintomas

É a capacidade de sentir cheiros, aromas e odores que não provêm de uma fonte do mundo material, mas que tem como causa o plano extrafísico; ou seja: que não estariam presentes fisicamente no ambiente.

A maioria das pessoas já sentiu, ao menos em algum momento de suas vidas, algum cheiro, odor ou aroma que veio “do nada“, como:

  • Rosas e flores diversas;
  • Tabaco;
  • Perfumes diversos;
  • Fumaças, velas e incensos;
  • Comida;
  • Álcool;
  • Enxofre…

Esses cheiros podem estar relacionados à presença de um espírito bom, podendo ser um:

  • Mentor/guia espiritual (odores agradáveis) ou
  • Espírito perdido/errante (odores desagradáveis), onde o médium percebe a presença deles através dessa faculdade.

Mediunidade Ostensiva: sintomas

ícone de mediunidade ostensiva

Quando a mediunidade está despertando ela pode apresentar sinais sutis, como os que já mencionamos nos tópicos anteriores, inclusive, sendo confundida com questões físicas e psicológicas.

À medida que o médium vai se desenvolvendo e se autoconhecendo, as habilidades mediúnicas também vão se aprimorando e se tornando mais evidentes, que é o caso da mediunidade ostensiva.

  • Nos médiuns iniciantes: a mediunidade pode se apresentar de um modo mais sutil;
  • Na mediunidade ostensiva: os sinais são claros para todos que estão testemunhando o fenômeno.

Isso pode ocorrer com crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Com o chegar da Nova Era, muitas crianças e pessoas estão despertando a sua Mediunidade e apresentando sintomas fortes, como as crianças violeta, índigo, cristal, arco-íris e estelares e isso tende a ficar cada vez mais comum com o passar dos anos.

Um exemplo desse tipo de mediunidade é o médium Chico Xavier e Divaldo Franco, que apresentam:

  • Clarividência;
  • Clariaudiência;
  • Psicografia;
  • Incorporação;
  • Entre outras faculdades.

Iremos falar mais sobre esses tipos de mediunidade nos próximos tópicos.

Mediunidade sensitiva: sintomas

ícone de médiuns sensitivos ou empatas

São pessoas que sentem e percebem a presença dos espíritos e energias ao seu redor.

Podem experimentar sensações, como:

  • Um leve atrito no corpo;
  • Arrepios;
  • Zumbido no ouvido;
  • Sentir presenças;
  • Sensação de “tem alguém me olhando” ou “tem uma energia estranha aqui“, por exemplo.

Quando em desequilíbrio podem se sentir esponjas energéticas.

É uma sensação que não se pode explicar com a razão.

Aos poucos, a pessoa passa a identificar a natureza do espírito, se bom (passa uma impressão suave e agradável) ou mau (passa uma sensação angustiante e desagradável), por vezes conhecendo até mesmo a sua individualidade.

Todos os médiuns são sensitivos: é a faculdade indispensável ao desenvolvimento de todas as outras mediunidades.

E todas as pessoas possuem essa sensibilidade em maior ou menor grau, pois o plano espiritual está em constante contato com todos nós.

Mediunidade audiente ou clariaudiente: sintomas

ícone de médiuns audientes ou clariaudientes

Outra categoria é a dos médiuns auditivos ou clariaudientes, que são as pessoas que ouvem a voz dos espíritos e podem se comunicar com eles.

É uma voz interior que se faz ouvir no íntimo das pessoas.

Em algumas pessoas se manifesta como uma voz exterior, clara e distinta, semelhante à de uma pessoa viva.

Alguns sintomas que podem surgir no despertar:

  • Ouvir barulhos;
  • Zumbidos no ouvido;
  • Ouvir vozes.

Mediunidade vidente ou clarividente: sintomas

ícone de médiuns videntes ou clarividentes

São as pessoas que têm a faculdade de ver os espíritos.

No entanto, o médium não vê com os olhos físicos, mas com o chakra do terceiro olho, e por isso é que ele tanto vê com os olhos fechados, como com os olhos abertos.

Consequentemente, um deficiente visual pode ver os espíritos, da mesma forma que uma pessoa que tem a visão física normal.

Quando essa capacidade mediúnica está sendo desenvolvida, você pode:

  • Começar a enxergar a aura das pessoas;
  • Ver vultos;
  • Perceber a vibração ao redor do campo eletromagnético das pessoas e dos ambientes.

Mediunidade psicofônica ou de incorporação: sintomas

ícone de médiuns psicofônicos ou de incorporação

Neste tipo, o médium serve como um instrumento pelo qual o espírito se comunica através de sua fala (em alguns casos, a voz do médium se modifica completamente).

Assim, há o acoplamento do perispírito do espírito comunicante no perispírito do médium, permitindo que o espírito utilize o aparelho fonador do médium para fazer uso da fala.

O médium pode apresentar alguns sintomas antes de incorporar, como:

  • Taquicardia;
  • Suor;
  • Corpo trêmulo.

Mediunidade de psicografia: sintomas

ícone de médiuns psicógrafos

Os médiuns psicógrafos transmitem as comunicações dos espíritos através da escrita.

São subdivididos em:

  • Mecânicos;
  • Semimecânicos;
  • Intuitivos.

Mediunidade mecânica: sintomas

ícone de médiuns mecânicos

Quando o médium não tem consciência do fenômeno ele é chamado de médium passivo ou mecânico.

Nesse caso, o médium não tem a menor ideia do que está falando ou escrevendo. Não há ruídos na comunicação. É uma canalização direta.

Exemplo: o médium pode ser até analfabeto ou pode escrever em uma língua desconhecida por ele.

Mediunidade intuitiva: sintomas

ícone de médiuns intuitivos

Nesse caso, o médium recebe o pensamento do espírito intuitivamente e o transmite.

Ou seja, o médium tem consciência do que faz: ele capta a informação, a interpreta e a escreve.

O pensamento nasce à medida que a escrita vai sendo traçada, onde o médium não sabe o que virá antes nem depois; inclusive, podendo receber conhecimentos de coisas que nunca ouviu falar ou de opiniões contrárias às suas.

Mediunidade semimecânica: sintomas

ícone de médiuns semimecânicos

  • Médium mecânico: o movimento da mão independe da vontade dele e o pensamento vem depois do ato de escrever;
  • Médium intuitivo: o movimento é voluntário e facultativo, e o pensamento vem antes da escrita (é como se o médium fosse um intérprete do lado de lá);
  • Médium semimecânico: participa de ambos os processos, podendo sentir um impulso em sua mão, mas com consciência do que está escrevendo à medida que as palavras vão se formando, onde ele vai acompanhando os pensamentos.

Esse tipo de mediunidade é uma das mais comuns.

Mediunidade de inspiração: sintomas

ícone de médiuns inspirados

Toda pessoa que recebe pelo pensamento comunicações estranhas às suas ideias pode ser incluída na categoria dos médiuns inspirados.

Muitos artistas possuem esse tipo de mediunidade e são inspirados na hora de compor, atuar, escrever, pintar etc, mas todos nós temos essa faculdade.

Essa classificação costuma ser confundida com a mediunidade intuitiva, mas não é, pois:

  • Mediunidade intuitiva: o médium sabe que um espírito está se comunicando com ele;
  • Mediunidade de inspiração: é desafiador distinguir quando o pensamento é sugerido ou não.

Aqui cabe o exemplo clássico do diabinho e do anjinho no ombro: é como se uma voz nos direcionasse a fazer alguma coisa que antes não estava na nossa mente.

Nossos mentores e benfeitores espirituais nos aconselham frequentemente e é por esse mecanismo que ocorre essa manifestação. Você pode acatar o conselho deles ou não.

Eles sempre irão respeitar o seu livre arbítrio.

Dessa forma, também ocorre a influência dos seres negativos, ou seja, ninguém tem poder sobre nós se não o damos.

Um exemplo pode ser a sensação de não ir por x lugar.

São ideias espontâneas e muitas vezes estranhas ao nosso jeito de ser e pensar, em relação às coisas mais corriqueiras da vida.

Dica: Quando você estiver precisando de um conselho, sem saber o que fazer, se recolha e chame pelos seus mentores e guias espirituais. Peça pelo conselho e benevolência deles.

Você vai se admirar das ideias que surgem repentinamente.

Se nenhuma ideia surgir, espere e solte.

Na hora certa a informação virá até você, seja em sonho, seja através de uma outra pessoa, de uma leitura etc.

A espiritualidade é sutil e se comunica de variadas formas.

Mediunidade de pressentimentos: sintomas

ícone de médiuns de pressentimentos

O pressentimento é uma intuição vaga de coisas futuras.

Algumas pessoas têm essa habilidade mais ou menos desenvolvida.

É como se elas saíssem do espaço linear e acessassem o tempo futuro, antevendo o que irá acontecer.

O fenômeno também pode se dar pela influência de outro espírito que repassa essa mensagem para o médium através de inspiração.

Mediunidade sonambúlica: sintomas

ícone de médiuns sonambúlicos

Os médiuns sonambúlicos têm uma faculdade mediúnica baseada no sonambulismo, no entanto, nem todo sonâmbulo é médium.

  • Sonâmbulo: age sob a influência do seu próprio espírito. É sua alma que vê, ouve e percebe fora dos limites dos sentidos o que está ocorrendo no plano extrafísico.
  • Médium sonambúlico: serve de instrumento a outro espírito. Ou seja, o que fala e faz não expressa o seu conhecimento, mas sim o conhecimento do ser que está se comunicando através do corpo dele.

Mediunidade terapêutica: sintomas

ícone de mediunidade curadora

Esse tipo de mediunidade é um dom que certas pessoas possuem de equilibrar a saúde através do:

  • Toque;
  • Olhar;
  • Gesto;
  • Imposição de mãos;
  • Sem o uso de qualquer medicamento.

O que também é chamado de milagre pelas doutrinas evangélica e católica. Jesus Cristo atuava muito nessa condição. 

Atualmente, o que temos na linha das terapias energéticas é o médium ser um canal da espiritualidade que, com o uso de tecnologias ascensionais, realiza cirurgias espirituais e harmoniza os corpos mental, emocional, físico e espiritual da pessoa que está recebendo o atendimento, por exemplo.

Mediunidade de efeitos físicos: sintomas

ícone de mediunidade de efeitos físicos

Essa mediunidade se divide em dois tipos:

  • As pessoas que têm consciência dos fenômenos por elas produzidos;
  • As pessoas que são inconscientes de suas faculdades, mas que são usadas pelos espíritos para promoverem manifestações fenomênicas sem que o saibam, através da manipulação de ectoplasma.

Essa mediunidade é rara.

Exemplos:

  • Levitação;
  • Objetos se movendo;
  • Pancadas e ruídos;
  • Capacidade de materialização de um espírito na matéria;
  • Lâmpadas queimam;
  • Eletrônicos ligam e desligam;
  • Maçanetas se movem;
  • Portas abrem/fecham sozinhas…

Para que os fenômenos acima ocorram, um médium de efeitos físicos precisa estar no ambiente ou nas redondezas.

No entanto, a espiritualidade superior supervisiona isso.

Às vezes um espírito zombeteiro provoca esses fenômenos com os fluidos do médium para assustar alguém, mas disso não passa.

A espiritualidade permite o acesso dos fluidos até certo ponto. Se não, o mundo como o conhecemos seria uma loucura!

Os maiores médiuns de efeitos físicos que já passaram por esse planeta foram:

  • Sai Baba (materialização de colares);
  • Vibut (cinzas de rosas);
  • Jesus Cristo (multiplicação de pães e peixes, etc).

Outros fenômenos que ocorrem com a mediunidade

imagem de outros fenômenos que ocorrem com a mediunidade

Foto: Yolya – istock

  • Transfiguração: modificação dos traços fisionômicos do médium;
  • Transporte: entrada e saída de objetos de locais fechados;
  • Bilocação ou bicorporiedade: aparecimento do espírito do médium desdobrado sob a forma materializada em lugar diferente ao do corpo;
  • Voz direta: vozes dos espíritos que soam pelo ambiente, sem utilizar o aparelho fonador do médium. O espírito se utiliza do ectoplasma e o som sai através de uma garganta ectoplasmática criada no plano astral;
  • Escrita direta: palavras, frases, mensagens, escritas sem a utilização da mão do médium que se materializam no papel;
  • Tiptologia: sinais por pancadas, formando palavras e frases inteligentes;
  • Sematologia: movimento de objetos sem contato físico, traduzindo uma vontade, um sentimento etc.

Os próximos fenômenos são os denominados anímicos, que são os produzidos pelo próprio Espírito encarnado – ao passo que os fenômenos mediúnicos possuem o concurso de outro espírito:

  • Telepatia: é o fenômeno caracterizado pela conexão entre almas que podem transmitir sensações e até se comunicar;
  • Telecinesia: é o movimento de objetos sem o emprego de qualquer força mecânica;
  • Sonhos e premonições: as premonições são sensações de que algo que irá acontecer. Esses pressentimentos, normalmente, surgem em sonhos, que podem ser chamados de sonhos premonitórios.

Como Kardec explica em O Livro dos Espíritos:

“o sonho é a lembrança do que o Espírito viu durante o sono.”

Nos sonhos também podem ocorrer o contato com os seus mentores, a recepção de mensagem importantes e, nesse sentido, entra a questão dos sonhos premonitórios, onde são mostradas informações para que você possa se trabalhar a partir do que recebeu, seja em sua vida, seja para o bem do coletivo ou de outras pessoas.

Neste caso, isso configura um fenômeno mediúnico.

  • Intuições: por meio das intuições o indivíduo capta uma informação do seu eu superior que o direciona para a melhor maneira de agir. Quando não a seguimos, costumamos nos arrepender.
  • Psicometria: é a capacidade que algumas pessoas têm de ler objetos e ambientes. Ao ter contato com objetos e lugares, a pessoa capta lembranças e impressões de eventos pregressos ligados a eles.

Importante: Temos que lembrar que tudo é energia e que a sua essência não é humana, é espiritual; portanto, você também é um espírito.

Desta forma, a mediunidade, muito além do contato com outros seres, é o contato com a sua própria essência, com quem você é.

Somente assim você será capaz de guiar a sua jornada pela sua própria sabedoria de alma.

Por isso, antes de se preocupar em desenvolver tantas capacidades mediúnicas e anímicas, foque em fazer o seu trabalho interno de reconexão com o seu próprio SER.

Cuidados com a Mediunidade: sintomas aflorados

cuidados com a mediunidade aflorada

Manter a vibração elevada é uma tarefa para toda a humanidade que quer viver em harmonia, mas para o médium desperto é de extrema importância, pois ele é mais sensitivo às energias externas, como:

  • Ambientes;
  • Pessoas;
  • Espíritos bons e ruins.

Ele pode ser afetado em maior grau do que uma pessoa que está com essa faculdade adormecida.

Nos próximos tópicos irei abordar um pouco mais sobre isso.

Como desenvolver a mediunidade?

como desenvolver a mediunidade

Foto: quickshooting – istock

Todos nascemos médiuns, isso é uma qualidade e um direito seu, pois você é um ser espiritual.

No entanto, precisa haver merecimento e um propósito genuíno para o desenvolvimento pleno da mediunidade e acesso aos campos sutis.

A motivação para desenvolver a sua mediunidade, em primeiro lugar, deve ser a busca pela sua evolução espiritual e, por consequência, isso reverberará nas demais coisas.

A mediunidade é uma ferramenta elevada nas mãos de pessoas com conduta, princípios e valores corretos, mas nas mãos de pessoas egoístas, manipuladoras, excessivamente materialistas e que só estão em busca de serem poderosas e melhores do que os outros, pode ser uma arma destrutiva (para si e para os outros, pois só estará atraindo seres de baixa vibração com esse tipo de motivação).

Chico Xavier traz clareza acerca disso quando diz:

“Mediunidade, na essência, é afinidade, é sintonia, estabelecendo a possibilidade do intercâmbio espiritual entre as criaturas, que se identifiquem na mesma faixa de emoção e de pensamento.”

(Chico Xavier – Livro Novo Mundo – Entrevistas – Emmanuel / Chico Xavier – Carlos A. Baccelli – Cap. 14)

Ou seja: devido à lei da atração, semelhante atrai semelhante; logo, atrairemos companhia espiritual de acordo com o que estamos vibrando: nossas emoções, pensamentos e ações.

O desenvolvimento mediúnico baseia-se em uma série de fatores que envolvem, principalmente:

  • Confiança e abertura: crer para ver. Para que o desabrochar da mediunidade ocorra é preciso ter confiança e abertura para que as coisas comecem a se desenrolar;
  • Autoconhecimento: reforma íntima. Também precisamos trabalhar a nossa reforma íntima, ou seja, o nosso processo de autoconhecimento. Se você tem muitas crenças limitantes, gatilhos mentais, processos mal resolvidos, medos, inseguranças, raiva etc, tudo isso irá te conectar a uma energia mais densa, criando diversos bloqueios em nível mental, emocional e espiritual, influenciando também a sua forma de ver a vida e se relacionar com as coisas ao seu redor e, por consequência, na sua abertura e confiança para o desenvolvimento mediúnico;
  • Hábitos elevados: como você cuida de si mesmo, da sua energia, da sua alimentação, do seu corpo, da sua mente e das sua saúde emocional também impactam na sua mediunidade. Hábitos benéficos elevam a sua energia e contribuem para sua conexão, hábitos ruins drenam a sua energia e dificultam o processo de sutilização necessário para o desenvolvimento mediúnico;
  • Estudos para expansão de consciência: quanto mais você compreende o funcionamento das coisas no Universo, sobre as possibilidades existentes, e começa a entender que existe um mundo inteiro de coisas além da matéria, que “não somos, estamos“, mais você expande a sua consciência, facilitando o desenvolvimento da sua mediunidade;
  • Olhar para dentro: se você tem uma mente muito barulhenta, dificilmente irá conseguir escutar a sua intuição, prestar atenção na sua energia, entender quando é algo do outro ou seu, receber a orientação dos seus mentores e guias espirituais etc. Práticas de meditações, pranayamas, respirações, são importantes e necessárias pois auxiliam na sutilização da sua energia, no seu processo de autoconhecimento e de desenvolvimento mediúnico;
  • Pessoas crescem com pessoas: busque se conectar com pessoas que já tiveram essa experiência. Isso te ajudará a expandir e a ter mais leveza no seu processo;
  • Disciplina, dedicação e constância: para quem deseja desenvolver ou aprender a lidar melhor com a sua mediunidade de uma forma mais leve, saiba que é necessário ter disciplina, dedicação e constância com o seu processo. As coisas irão se desenrolando conforme o nosso preparo e merecimento;
  • Prática: não adianta ler mil livros e fazer centenas de cursos se você não pratica. A integração da consciência só se dá através da prática.

Sente que chegou a hora de desenvolver e aprender a lidar com a sua Mediunidade?

Curso de Mediunidade: Chamada para o Despertar da Mediunidade

imagem de Curso de Mediunidade: Chamada para o Despertar da Mediunidade

Foto: Sarah e Victória, professoras do curso Despertar da Mediunidade

O propósito do curso Despertar da Mediunidade é guiar você em um processo de autoconhecimento e expansão da consciência.

Você irá despertar um dom que já existe dentro de si, potencializando as suas capacidades de sentir, perceber e interagir com o mundo espiritual ao seu redor, guiando sua jornada pela vibração da sua alma.

Esse curso é para quem deseja:

  • Aprender sobre os tipos de mediunidade existentes;
  • Desbloquear, desenvolver e lidar com a sua mediunidade no dia a dia;
  • Entender mais sobre Guias e Mentores Espirituais e como se conectar com eles;
  • Aprender práticas de limpeza e proteção energética;
  • Saber identificar quando o seu campo energético possui energias desqualificadas (obsessores e hologramas);
  • Vivenciar, na prática, o contato mais profundo com a sua mediunidade, através de exercícios de visualização, sensibilidade, intuição e telepatia;
  • Adquirir conhecimentos sobre alinhamento de chakras, corpos sutis e escala da consciência de Hawkins;
  • Ter acesso a conteúdos exclusivos para seguir no desenvolvimento da sua mediunidade.

Quem são as professoras?

Sarah e Victória são as canalizadoras do curso Despertar da Mediunidade e serão as suas guias nesta jornada de autoconhecimento!

Há mais de 10 anos trilhando o caminho da espiritualidade, Sarah e Victória atuam como terapeutas holísticas, guiando processos individuais e em grupo na área do desenvolvimento humano e espiritual, tendo contribuído para a transformação de milhares de pessoas.

Suas formações incluem:

  • Reiki;
  • Cura Arcturiana;
  • Barras de Access;
  • Mesa Quântica Estelar;
  • Terapia Multimensional;
  • Cura Quântica Estelar;
  • Merkabah;
  • Desprogramação Neurobiológica;
  • Desenvolvimento das capacidades mediúnicas;
  • Entre outras.

Nós acreditamos no verdadeiro propósito de existência de todo ser humano: a reconexão com a fonte que tudo é, acessando a nossa essência divina e despertando tudo aquilo que somos.

Assim, dedicamos o nosso servir com amor, transmitindo nossos aprendizados de alma rumo ao processo de ascensão de cada vez mais seres no planeta.

Para nós, é uma honra imensa guiar você nesta linda jornada de transformação e expansão!

Você terá 1 ano para acessar o curso e rever as aulas quantas vezes quiser, além de 7 dias de garantia após a sua compra.

Você também receberá certificado de conclusão do curso.

O curso é composto por aulas ao vivo e gravadas. Por isso, mesmo que você não possa estar ao vivo, todas as aulas ficarão salvas na plataforma.

Além de todo o conhecimento teórico, você irá vivenciar, na prática, o desenvolvimento da sua mediunidade, com exercícios potentes de expansão, com acesso a atividades complementares e exercícios práticos, além de meditações, dicas de livros, documentários e séries.

Os slides e resumos das aulas serão disponibilizados em PDF para você baixar, ler e estudar sempre que precisar.

O Curso é indicado para todos os níveis, independente se você estiver no início ou no mais avançado da sua jornada de autoconhecimento e desenvolvimento mediúnico.

5/5 - (7 votos)

Terapias Energéticas - Crenças Limitantes e Reprogramação Mental - Cura da Criança Interior - Limpezas Energéticas - Equilíbrio Mental, Emocional e Espiritual - Autoestima e Amor Próprio - Harmonização e Cocriação de Relacionamentos - Prosperidade e Abundância - Autoconhecimento

AGENDAR!

Atende online

Mais terapias de Sarah Sofia

  • MOVIMENTO ELEVA – 21 dias de energias trabalhando o DESAPEGO, DETOX ENERGÉTICO E RELAÇÕES FAMILIARES

    Online
    R$200,00
    Sarah Sofia
    (37)
    Terapeuta Certificado
    Play
  • Envio de Cura Multidimensional Arcturiana Coletivo Gratuito toda Quarta-Feira

    Online
    GRATUITO
    Sarah Sofia
    (37)
    Terapeuta Certificado
    Play
  • Pacote 5 Atendimentos de Desprogramação Neurobiológica

    Online
    R$1.000,00 Oferta!
    Sarah Sofia
    (37)
    Terapeuta Certificado
    Play
Ver Perfil de Terapeuta
As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.
Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!
Por InCuca
🟢 Terapeutas Online disponíveis
Faça sua sessão hoje!
Atualização: agora você pode ver os especialistas que estão online nesse momento, prontos para atender você!