Carregando.
Aproveite a pausa e respire fundo!

Já teve dias em que você estava em constante produção, com o trabalho fluindo, tendo várias ideias, resolvendo inúmeros problemas, empolgado e gostando dessa alta produtividade?

Porém, passado algum tempo, essa produtividade diminuiu e até deu a impressão que terminou? As tarefas ficaram mais desafiantes, você passou a levar muito tempo para resolver um problema.. as horas passaram e parecia que você não saia do lugar?

Essa mudança já aconteceu com você? Comigo aconteceu!

A mente estava com tantas cobranças, tantas exigências, que, é claro, começou a colocar a culpa no outro!

Era o floral novo, a TPM, a Lua, a obra ao lado de casa que fazia com que eu me desconcentrasse, o calor… e a briga diária por querer voltar àquele estado de alta produção! Mas estava acontecendo, e aquele estado não retornava.. E agora, o que fazer?

 

Aceitar!

Aceitar que está tudo bem se hoje eu não estou com novas ideias ou inspirada. Aceitar que só por hoje vou fazer as coisas em um ritmo mais lento.

Aceitar que talvez seja um momento para eu ler mais, estudar coisas novas, dar uma volta na quadra nos momentos de folga, conversar com alguém que me inspira, ver um vídeo motivacional, ouvir uma música que me traz bem estar, sair do ar condicionado e respirar fundo pela janela.

Enfim, ser sincera comigo mesma!

E reconhecer que hoje eu não estou como ontem. Que só hoje eu posso parar de brigar comigo mesma e aceitar que está tudo bem não estar em alta produção; continuar fazendo o que devo fazer, mas sem brigar comigo.

 

Questione-se!

Outra atitude que você pode ter é se questionar: “Por que estou desanimado? Aconteceu algo de diferente? O que estou precisando aprender? O que de pior pode acontecer se eu não produzir tanto apenas no dia de hoje? Quais oportunidades estão se abrindo?”

Dizem que não somos nós que estamos esperando que as oportunidades apareçam, mas sim, que as oportunidades estão o tempo todo a nos esperar.

Tem momentos em que a nossa mente é como um guarda-roupa que está lotado: não tem como colocar mais nada, pois não há mais espaço. Porém quando compramos roupas novas e queremos colocar lá, precisamos liberar espaço e desapegar do que não usamos, certo?

Na nossa mente é necessário fazer o mesmo: liberar espaço para que novas ideias se manifestem.

É mais fácil se tivermos novos hábitos: ver e experienciar coisas novas, respirar fundo para oxigenar mais o cérebro, mover o corpo (pois se a mente está “parada”, é provável que seu corpo também esteja), pegar leve na auto cobrança e ter amorosidade por si. É necessário respeitar que hoje está tudo bem se você não produzir tanto assim.

Depois de 2 dias brigando comigo mesma, com a produtividade estagnada, eu resolvi fazer o que sugeri acima. Participei de uma oficina de teatro, li o e-mail da minha Coach que sempre tem algo construtivo, fiquei olhando o céu estrelado e fazendo respirações profundas, voltei a ler o livro que estava há algumas semanas sem mexer… e cá estou, inspirada e escrevendo este artigo para vocês e para mim, principalmente.

Como eu disse, no meu texto anterior: Por que fazer terapia? Em que me ajudaria?, só eu posso ouvir 100% do que falo (no caso aqui, ler e compreender). O outro, escuta o quanto ele quiser. Então, posso dizer que estou escrevendo este texto para lembrar de pegar mais leve, ser mais amorosa e compreensiva comigo mesma; e para lembrar que existem momentos em que precisamos dar um tempo para que tudo se organize no momento mais oportuno para cada situação – e não no instante que a minha mente acha que necessita.

Mas, e se essa falta de inspiração, vontade, ânimo, forem constantes? Se uma pessoa constantemente estiver com preguiça, sem motivação, sem prazer pela vida, sem perspectiva de futuro? Aí a situação é mais delicada, mas sempre existe uma solução!

 

Como a Terapia Floral Joel Aleixo pode ajudar?

A Terapia Floral Joel Aleixo trabalham com base nos princípios da Alquimia e um de seus fundamentos é ter a Árvore da Vida em harmonia. Para que ela esteja, há a necessidade dos 4 Elementos (Fogo-Terra-Ar-Água) estarem em equilíbrio, entre outros fatores. Muitos dos nossos sintomas, padrões ou tendências podem estar relacionados à desequilíbrios nesses elementos. Veja alguns exemplos:

  • Falta do elemento Fogo: tendência à covardia diante dos problemas; desinteresse em descobrir coisas novas ou trilhar novos caminhos; depressão, preguiça, apatia, falta de brilho, descrença na força interior, falta de reação aos estímulos, entre outros.
  • Falta do elemento Terra: tendência ao desapego em relação à matéria; falta de ambição pessoal, insegurança, inoperância na concretização de projetos, insatisfação pessoal, tendência à inércia e à acomodação, entre outros.
  • Falta do Elemento Ar: tendência ao desligamento (estar aéreo) e à falta de discernimento. Dificuldade em gravar com clareza as informações na memória; falta de interesse em conhecimentos; dificuldade em entender o óbvio, entre outros.
  • Falta do Elemento Água: incapacidade de adaptação às ideias alheias, prepotência, inflexibilidade, arrogância, cepticismo, falta de aceitação, entre outros.
Terapia Floral Joel Aleixo

Terapia Floral Joel Aleixo

 

E quer saber como são os excessos de cada elemento, segundo a Alquimia e a Terapia Floral Joel Aleixo? Acesse meu artigo: Medite: faça de suas atividades uma meditação!

Por desconhecimento, muitas vezes julgamos que essas são “características” nossas, e que não vamos mudar, mas na verdade, são desequilíbrios e que sim, podem ser mudados e transformados em aspectos que irão te ajudar e muito a ter uma vida mais harmônica, com mais energia, disposição, realização, amor por si, ter mais paciência com suas fragilidades e possibilidade de ver a vida “com outros olhos”

E eu, com o suporte da Terapia Floral Joel Aleixo, estou disposta e motivada a te auxiliar no seu processo de transformação e bem-estar! Acesse meu Perfil Profissional do Guia da Alma para entrar em contato.

Dê uma nota!

Maíra Antunes

Naturóloga, Alquimista Terapeuta Floral Joel Aleixo. Apaixonada e realizada no que faz, empreendedora, trabalha há mais de 8 anos com as terapias complementares, motivada em auxiliar o outro a escutar e observar a si mesmo com amorosidade, desenvolver suas potencialidades, com uma abordagem mais empática e acolhedora e empoderá-lo para seguir o que veio fazer nesta vida. Sempre seguindo seu coração, os sinais e as conexões que, lindamente, o Universo coloca em seu caminho. Namastê!

Deixe seu comentário e contribua com a troca

O Guia da Alma é o Portal que conecta pessoas e Terapeutas para uma vida mais leve com Terapia Holística e Integrativa online ou presencial em todo Brasil!

Descubra também o Autoconhecimento, Espiritualidade e Bem-estar no conteúdo original do nosso blog!

Receba o Guia da Alma no seu e-mail!

Conteúdo para a sua evolução de consciência.

As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.

Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!