“Mulher. Sabe com toda a certeza quando não sabe o que quer. Mulher. Sabe que com jeitinho pode ter o que quiser. Vai ver a graça é não entender exatamente o que passa dentro de você…”

Este é um trecho da música “Mulher” do Tiago Iorc. Já se perguntou da onde vem tanta inconstância, mudança rápida de humor, entre outras peculiaridades e autenticidade das mulheres?

Vem comigo que vou te mostrar o que a Alquimia pode nos explicar sobre tudo isso!

As mulheres são Lunares, os homens são Solares

Sim, as mulheres são regidas pelas fases da Lua: também têm 4 fases, uma por semana, a cada mês. Já os homens, são regidos pelo Sol, que muda apenas uma vez por mês. Está começando a entender por que as mulheres têm tanta variação de humor, até mesmo na mesma semana, enquanto os homens, aparentemente, estão sempre constantes?!

Para a Alquimia, cada uma das fases da Lua têm características específicas:

  • Lua Nova (ou Lua de fogo) – é regida pelo elemento Fogo que tem como aspectos: irritabilidade, impaciência, atitudes explosivas, novas ideias, iniciativa, vontade.
  • Lua Crescente – é regida pelo elemento Terra que tem como aspectos: preocupação com o dinheiro, organização, apego, concretização, realização.
  • Lua Cheia – é regida pelo elemento Água que tem como aspectos: emoções afloradas, choro, dramatização, relacionamentos, afetividade, flexibilidade.
  • Lua Minguante – é regida pelo elemento Ar que tem como aspectos: perdido nos pensamentos, aéreo, reflexão, discernimento, conscientização, estado meditativo.

Comece a prestar atenção em como você está se sentindo, olhe para o céu e veja qual a fase da Lua. Observe-se! Ao longo dos dias, perceba suas mudanças de humor e comportamento e fique atenta às fases da Lua. Você pode encontrar muitas semelhanças!

As mulheres, por serem de energia feminina, são mais conectadas com a natureza e sentem suas mudanças mais facilmente. Por isso, elas também sofrem influência dos signos, pois de 2 em 2 dias a Lua passa por um (ou seja, é muita inconstância de humor!).

Se estivermos em equilíbrio com Gaia (nome que a Alquimia chama o Planeta Terra), estas inconstâncias são naturais no sexo feminino, fazem parte dela. Porém, se uma mulher está em desequilíbrio, como por exemplo: indo contra sua natureza, não se conhecendo, não desenvolvendo o autocuidado e o amor próprio, não está fazendo aquilo que sente realização em fazer, está infeliz ou com depressão, não consegue engravidar, tem muitos problemas de saúde, dificuldades em se relacionar, entre outros, estas inconstâncias vão ficando cada vez mais frequentes e agravadas. Isto é sinal de que está em desequilíbrio, tanto com sua natureza interna, quanto com Gaia, nossa natureza externa, do qual todos nós somos reflexo e fazemos parte.

 

Tratado da Matrix

Uma das maneiras que a Alquimia pode tratar a mulher e proporcionar reconexão com Gaia, é através do Tratado da Matrix. A Matrix (lê se Matriz), é um macrocosmo que cuida do planeta, um sistema que existe na terra, cuida da geração, procriação, reprodução.

“A Matrix se relaciona com a natureza procriativa, portanto ela sempre está à disposição do universo para servir de ponte aos espíritos que necessitam dela para encarnar. Nascer com o corpo feminino é uma escolha que envolve esta responsabilidade: estar disponível para manter a natureza viva e se reproduzindo através do seu corpo. Para a Alquimia, a mulher é o sagrado feminino e tem a responsabilidade de “procriar”.” Joel Aleixo

A Matrix está na constituição do corpo feminino, um órgão sutil (energético) localizado no alto da cabeça. É um dom, seu poder.

Por meio da Matrix a mulher exerce sua capacidade de maternidade, poder feminino, sabedoria, capacidade de aconselhar e de acolhimento, saúde, relação com a natureza e a matéria, intuição, conhecimento das plantas e magia. É a energia de “procriar” tanto filhos, quanto animais, plantas e novos projetos.

Quando a Matrix está em desequilíbrio, a mulher desconecta-se do seu poder e passa a não ser vista, tornando-se invisível para si e para os outros. As crenças, cultura, modo de criação e/ou ambiente em que vive, fazem com que ela não entre em contato com essa força. Ela pode perder seu brilho e até mesmo a vontade de viver, entra em estado depressivo, não segue sua vocação, tem dificuldade de engravidar e se relacionar/relacionamentos abusivos, tem problemas financeiros, entre outros.

Atitudes simples, mas que fazem grande diferença para quem quer restabelecer a harmonia em sua vida é ter momentos de conexão com a natureza, como por exemplo: pisar na grama, abraçar uma árvore, tomar um banho de mar, comer frutas e alimentos in natura (e menos alimentos industrializados), beber bastante água, dormir cedo, fazer uma caminhada pela manhã, meditar. Torne estas atividades um hábito e perceba as diferenças no seu bem-estar e em sua conexão com Gaia.

Este texto foi útil para você? Gostou? Quer saber mais?

Acesse meu texto sobre os Florais Joel Aleixo e saiba como eles podem te auxiliar a limpar estes desequilíbrios, fortalecer suas virtudes e ter uma vida harmônica, conectada, com muito amor por si e alegria de viver!

Ouça a música “Mulher” do Tiago Iorc que citei no início do artigo 🙂 Namastê!

Compartilhe!

Maíra Antunes

Naturóloga, Alquimista e Terapeuta Floral

icones 5
icones 0

Paulista, aos 19 anos mudou-se para Santa Catarina para fazer a faculdade de Naturologia Aplicada, onde aprendeu a importância do cuidado com o outro e consigo, ao longo dos anos, participa de atividades onde possa desenvolver mais seu autoconhecimento, abordagem mais empática e acolhedora, sempre seguindo seu coração, os sinais e as conexões que, lindamente, o Universo coloca em seu caminho.

Apaixonada e realizada no que faz, trabalha há mais de 8 anos com as terapias complement...

Comente! Queremos saber o que você pensa.