O que é sincronicidade: 12 sinais de que nada é por acaso!

Saiba reconhecer os sinais que o Universo traz até você.
mulher em momento de sincronicidade
Mais terapias de Dayane Oliveira
4.1/5 - (17 votos)

Porque a sincronicidade acontece? É possível que aconteça em minha vida? Como interpretar corretamente os sinais?

Bem-vindo ao artigo que irá te trazer essas respostas! 💜

Ela pode se manifestar em um infinito número de formas e tipos e acredita-se que seja uma maneira do nosso Eu Superior nos mostrar qual o caminho correto a seguir e se estamos fazendo as escolhas certas em nossas vidas.

Preparado para entender melhor sobre a sincronicidade e liberar sua mente para novos caminhos e possibilidades?

Eu sou Dayane Oliveira, numeróloga e estou aqui para te ajudar! Acompanhe tudo sobre o que é sincronicidade, horas iguais e invertidas 🙂


 

O que é sincronicidade? Significado!

Significado Sincronicidade

Foto: Greg Rakozy – Unsplash

Sincronicidade é quando a convergência dos eventos traz consigo uma carga de significados positivos para os envolvidos, por exemplo:

  • Estar presente em uma festa em que o amor da sua vida está e vocês serem apresentados por um conhecido;
  • Duas pessoas terem a mesma ideia em lugares diferentes sem nem sequer se conhecerem;
  • Ou ainda estar precisando de determinada coisa e alguém trazer pra você durante o dia (sem saber que você precisava).

 

A teoria da Sincronicidade junguiana

Teoria da Sincronicidade junguiana

Foto: Dzhulbee – Canva

Sincronicidade é o ato de ser sincrônico, ao mesmo tempo, ações convergentes para o mesmo ponto no tempo e espaço.

Segundo Carl Gustav Jung, a sincronicidade pode ser chamada de “coincidência significativa”, onde os acontecimentos têm uma relação de significado entre si que se desdobram em acontecimentos positivos para quem vive.

O termo e a definição deste substantivo parecem complexos, mas a observação dos fatos pode ser feita a qualquer momento por qualquer um de nós, seja diretamente na nossa vida ou em nossa volta.

Mas antes de dar exemplos, vamos explicar a diferença entre coincidência e sincronicidade.  

 

Sincronicidade x Coincidência

Sincronicidade x Coincidência

Foto: Pixabay – Pexels

A grande diferença entre coincidência e sincronicidade é que: a coincidência tem um porquê? E a sincronicidade um para quê?

Coincidência é quando dois eventos/coisas acontecem por acaso, dentro das leis de probabilidade cotidianas, e sem grande relevância para os envolvidos.

Por exemplo: você estar na mesma festa que um conhecido e isso não significar nada pra vocês. Ou você vestir amarelo e o seu chefe também.

São eventos semelhantes sem relação de causa e consequência. 

Quando estes mesmos eventos acontecem e são de grande significado, o evento está cumprindo uma função na sua vida, veja, se no exemplo acima você e seu chefe estarem de amarelo fez com que vocês resolvessem uma questão importante evitada por ambos.

O evento teria acontecido para quê houvesse uma comunicação e uma resolução.

Podemos afirmar que a sincronicidade vem de uma coincidência que possui um significado real (diferente de um evento aleatório).

Segundo Jung, a sincronicidade ocorre quando há a união de eventos internos e externos.

  • Está gostando do artigo? Sabia que conhecer os números do seu Mapa Numerológico pode aumentar as chances de identificar as sincronicidades em sua vida? Vem fazer o seu Mapa Numerológico Online comigo e se sintonizar com as ondas do Universo.

Agende uma sessão de Numerologia!

Descubra sua personalidade através dos números do seu Mapa Numerológico!

 

A Lei da Sincronicidade e Quântica

Sincronicidade e Quântica

Foto: Gremlin – Canva

Agora vamos entender um pouco sobre o que é sincronicidade segundo as leis da física e mecânica quântica.

Segundo teorias, tudo que existe neste universo (conhecido) é constituído de matéria e energia, certo?

A grosso modo sim, porém, se queremos realmente entender a quântica, precisamos nos aprofundar nesses conceitos até entender que tudo é energia, e a matéria é consequência do estado das energias.

Seguindo o raciocínio lógico do macro para o micro: os nossos corpos, as plantas, os animais, e os elementos da natureza – água, terra, ar, fogo e metal. Somos matéria palpável.

Os nossos cinco sentidos nos mostram isso, nós podemos nos tocar, ouvir a reverberação das ondas sonoras que são provocadas pela nossa voz, enxergamos a profundidade, cor e formato dos outros seres e objetos, sentimos cheiro e sabor dos alimentos.

Bom… então se os nossos sentidos nos dizem que somos matéria, como entender que somos energia?

Ocorre que, toda matéria por mais sólida que seja é constituída de átomos, que por sua vez são constituídos de partículas e sub-partículas, que, ainda hoje são muito pouco conhecidas porque apesar de apresentarem massa (matéria) se comportam como energia em forma de ondas.

Ao estudar as subpartículas vários experimentos foram indicando que quanto mais se divide a matéria, mais energia existe. Estas sub partículas são tão pequenas que é quase impossível para o nosso cérebro mensurar o seu tamanho.

Pense em um grão de areia, agora divida ele em milhares de pedacinhos, conseguiu? É isso aí.

O experimento da dupla fenda, que foi repetido milhares de vezes, mostrou que a vontade do cientista muda o resultado do experimento. E, o elétron se comporta como onda em um dado momento, e como partícula em outro.

A observação de duas partículas a milhares de quilômetros de distância mostrou que mesmo separadas o que acontece com uma acontece com outra ao mesmo tempo, isso só é possível porque estão conectadas pelo entrelaçamento quântico. 

As descobertas no campo da física dividiram esta ciência em duas partes: a física clássica e a física quântica. A física clássica afirma que a ciência deve se limitar a estudar a matéria, pois é preciso ter provas materiais para poder comprovar os resultados.

Já a física quântica afirma que a ciência pode e deve estudar aquilo que é dito “não material” e portanto não-visível. 

Mas afinal, quais foram as descobertas e que reflexões elas podem nos trazer?

  • Tudo é onda e partícula, ao mesmo tempo. A partícula é a matéria, a onda é energia;
  • Se todos somos formados dessas subpartículas, então somos pura energia organizada;
  • Se um de nós consegue mudar o comportamento de um elétron, todos conseguem;
  • Se o que acontece com uma partícula aqui influencia a outra do outro lado do mundo, então isso também acontece conosco e com aqueles que estão ligados a nós.

Em resumo, somos energia e modificamos a nossa realidade. 

E a dificuldade em compreender a energia vem do paradigma materialista que aprendemos desde que nascemos… Talvez este seja o primeiro momento da história humana em que a mudança de paradigma pode ser responsável pelo entendimento do que é alma ou espírito, e também nos dar uma resposta sobre a tão temida “morte”.

 

Ligue sua antena para as sincronicidades

Antena para as sincronicidade

Foto: Nikk iZalewski – Canva

Voltando ao tema da sincronicidade, após todo esse apanhado sobre o que nós somos, podemos inferir que quando pensamos emitimos energia para o universo.

Assim como uma estação de rádio emite informações que ficam viajando no ar até encontrar uma antena que capta essa informação e decodifica como uma música, por exemplo.

Você já pensou nisso, na onda de rádio? Ela fica vagando pelo ar o tempo todo e está passando pelos nossos corpos agora, mas nós não conseguimos decodificá-la, é preciso uma antena de rádio para isso.

O mesmo acontece com o celular que fica em nossas mãos, a informação que chega até ele em forma de imagem, vídeo, texto ou som, que estão no ar o tempo todo como ondas, mas se você não ligar a rede de dados ou o wi-fi ele também não vai conseguir decodificar.

Com as ondas de pensamentos, ideias e inovações acontece a mesma coisa.

Quando uma pessoa pega a informação (que vem em forma de onda) de uma nova descoberta ou ideia, ela está ao mesmo tempo decodificando para o entendimento humano e, involuntariamente, está emitindo ondas da mesma ideia de volta para o universo.

Toda a informação criada permanece como ondas, não há limites de tempo ou espaço. E quem estiver com o wi-fi interno ligado e sintonizado com as energias daquela ideia pode captar, e é aqui que entram as fabulosas sincronicidades.

Um exemplo famoso na história é a invenção do avião, que aconteceu quase que simultaneamente em pontos distantes da Terra, sem que um inventor conhecesse o outro.

 

Sincronicidade: 12 sinais de que o universo está falando com você!

12 sinais do universo

Foto: Greg Rakozy – Unsplash

Agora que entendemos a mágica da sincronicidade, veremos 11 sinais + 1 pegadinha. Vamos lá? 🙂

 

1. Reconhecer dicas e confirmações em outdoors, camisetas, capas de livros

Reconhecer dicas e confirmações

Não existe regra para a sincronicidade acontecer, então, imagine que você tem um pensamento sobre determinado assunto:

Ele pode ser uma pergunta de sim ou não ou algo mais filosófico… Você pode até esquecer desse pensamento, mas se lembra instantaneamente quando observa uma propaganda em um outdoor, ou vê a resposta na capa dos livros de uma vitrine.

Mas engraçado mesmo é quando essa resposta vem estampada na camiseta de alguém – você pode até pensar: será que estou no filme “O show de Truman”?

 

2. Resposta a perguntas muito pessoais

Resposta a perguntas

Já aconteceu de você estar com uma questão fritando na mente e não conseguir saber o que fazer?

“Do nada”,  como passe de mágica, vem uma pessoa estranha conversar e o assunto dela também é o seu dilema?

Pois é… isso também é sincronicidade! O mais legal é quando vem uma criança e fala com a sua visão pura.

Tem como duvidar que o Universo está conversando com você?

 

3. Repetição de contexto

Repetição de contexto

Essa sincronicidade se trata daqueles dias em que se aprende algo novo, que chama muito a sua atenção e você quer saber mais (ou talvez não, mas foi marcante aprender) e começa a ver o mesmo aprendizado em vários lugares, feed de redes sociais, TV, jornal, rádio.

Até mesmo na conversa com os seus amigos, “do nada”, surge o assunto que você recém aprendeu.

 

4. Sincronicidade – Horas iguais

Horas iguais sincronicidade

Esse fenômeno é cada vez mais comentado e buscado na internet, principalmente depois do início da pandemia.

Vamos considerar que a pandemia conseguiu algo inédito na história mundial: colocar praticamente todas as pessoas na mesma sintonia de informações e de comportamento.

Ao colocar esse número gigantesco de mentes focadas em um único ponto, fez com que a rede do inconsciente coletivo fosse “afinada” ou entrasse em ressonância. Certo, mas e o que isso tem a ver com o aumento de pessoas vendo horas iguais?

Ver horas iguais e repetidas é ser capaz de perceber e registrar os padrões matemáticos de tempo.

Nós vivemos sob as regras das 24 horas, e a cada hora haverá o minuto exato dos números iguais e repetidos, o que é idêntico a colocar formas geométricas em simetria.

Ao aumentar o número de pessoas fazendo a mesma atividade (ficar em casa, usar máscara, cuidar dos familiares, etc), a condição de ressonância fez com que pessoas que nunca tinham percebido os padrões de tempo começassem a enxergar – também porque tiveram mais tempo para isso.

Uma coisa é se ligar no padrão, outra é ver significado pessoal nos padrões. Se isto tem acontecido com você, vou sugerir que:

 

5. Sincronicidade espiritual

Sincronicidade espiritual

Em síntese, a sincronicidade aumenta na medida em que você eleva a sua expansão de consciência e muda de paradigma, do materialista para o não-materialista, que considera o não visível como real.

Ao mudar de paradigma você amplia o raio de captação de informações, diminui os filtros do ceticismo. Isso expande o seu caminho para comunicação espiritual.

Nessa etapa você pode receber mais insights dos seus amparadores extrafísicos, aumentar as suas capacidades parapsíquicas e perceber as sincronicidades pelo famoso sexto sentido.

Contudo o termo sincronicidade espiritual é um pleonasmo, na minha opinião.

Digo isso porque tudo é espiritual, somos onda e partícula ao mesmo tempo. Estar no corpo material não me separa da minha alma, ou do meu espírito, apenas reúne todos os corpos em um só.

Estamos na experiência da vida biológica com um corpo físico limitado aos 5 sentidos materiais, mas isso não limita as interações dos outros corpos não visíveis – o que ocorre é que não temos a capacidade de enxergar as outras dimensões nas quais também vivemos.

 

6. Sinal verde

Sinal Verde

Sabe aquele dia em que você acordou de bom humor, sentiu-se energizado pra começar o dia e ao pegar o caminho para o trabalho dá a sorte de passar por muitos sinais verdes sem chateação?

É um tipo de sincronicidade que, normalmente, anuncia um excelente dia com mais coisas boas acontecendo pra você. O contrário também é um sinal, mas de que você não está no fluxo.

 

7. Pensar em algo e depois aquilo acontecer exatamente igual

Premonição Telepatia

Premonição ou telepatia, quando acontece exatamente o que você estava pensando existem 2 fenômenos que podem explicar:

  1. O primeiro é a premonição que é a capacidade de ver um fato antes de acontecer – é um fenômeno que acontece para uma porcentagem pequena da população, mas acontece.
  2. A outra possibilidade é que seja Telepatia, que consiste na transmissão e recepção de informações de um cérebro para outro. De fato, a transmissão acontece o tempo todo, mas a recepção exata se dá o nome de telepatia.

Nesses dois casos são sincronicidades que irão acontecer apenas para as pessoas que possuem as capacidades mediúnicas ou paranormais desenvolvidas. A maioria de nós pode passar a vida toda sem viver estes fenômenos.

 

8. Estar no lugar certo, na hora certa.

Lugar na hora certa sincronicidade

Também chamada de sorte grande, essa é a sincronicidade que todo mundo quer viver.

Estar no exato ponto no tempo e espaço que te favorece a vida inteira não tem preço.

Veja essa história: Regina tem talento para cantar, mas ainda não fez sucesso e precisa de outro trabalho pra pagar as contas. Em um belo dia aceita o convite de um amigo para tocar no barzinho dele. Sem que ninguém planejasse, senta na mesa a sua frente um produtor musical que estava buscando justamente uma cantora como ela para ser lançada nacionalmente, não é incrível?

É importante, nesse caso, também estar em alinhamento com seu propósito de vida.

 

9. Ter sonhos que se repetem na vida real

Sonhos que se repetem na vida real

Os sonhos são outro “canal” da sua consciência para você existir.

Ao sonhar a sua mente pode viajar no tempo e espaço livremente. Ao transitar na não-localidade e atemporalidade, é super possível que a sua consciência tenha acesso a informações do futuro, seja o futuro imediato que é o dia de hoje ou mais afastado, daqui uma semana, um mês e até mesmo anos.

O que aconteceu foi que você recebeu uma mensagem antecipada de algo que já estava previsto no “seu caminho” e o fato de lembrar do sonho quando realmente acontece faz com que você dê mais importância ao que está acontecendo no presente.

É igual ver o trailer de um filme: para que o trailer exista, o filme precisa estar pronto, não é mesmo?

 

10. Ver símbolos repetidos

Símbolos Repetidos

Triângulos, cruzes, círculos concêntricos, animais de poder? Aqui novamente podemos citar Jung!

Parte dos seus estudos foram dedicados a explicar a relação entre os símbolos, arquétipos e o inconsciente coletivo.

Para Jung. existe uma espécie de rede mental coletiva que contém os arquétipos.

Os arquétipos junguianos são símbolos padrões, aos quais qualquer pessoa reconhece em qualquer tempo.

Quando você começa a reconhecer a repetição de um símbolo específico, saiba que ele pode estar remetendo a uma questão coletiva, que é sua individualmente, mas também é vivida por inúmeras outras pessoas.

 

11. Ver uma postagem ou notícia sugerida exatamente sobre o assunto que estava falando/buscando

Notícia sugerida

Esta ocorrência não é sincronicidade, é pegadinha!

Nesse caso é o microfone do seu celular que possui autorização de diversos aplicativos para reconhecer dentro das suas falas algum anúncio para te mostrar. Ou o algortimo que percebe que você fez buscas recentes por um tema semelhante.

 

12. Sinais de sincronicidade no amor

Sinais amor sincronicidade

As sincronicidades aumentam na medida em que as escolhas das pessoas aumentam para o bem e para a evolução.

Fazer o bem é ressoar energia de alta vibração, a energia do amor.

Experimentar amor é o grande objetivo da nossa jornada neste planeta. Ao entrar nessa sintonia, as convergências aumentam significativamente.

Afinal, estamos cumprindo nosso papel, quando sentimos o chamado e o seguimos influenciamos tudo a nossa volta. É um movimento de aceleração e atraímos outras pessoas que estão com a mesma intenção.

É por isso que temos observado cada dia mais o aumento das sincronicidades. Estamos influenciando uns aos outros positivamente. E que continuemos assim, todos ganham!

Agora se falamos sobre a sincronicidade para encontrar um amor, a conversa não poderia ser diferente:

Quanto mais amor você emana, mais amor você atrai.

Estar em uma relação é um estado de entrega: você precisa se abrir para a chegada de uma pessoa.

Se você já está em uma relação, parabéns, você está no exercício da evolução a dois!

Eu tenho uma história de sincronicidade no amor e vou dividir com vocês:

Fui casada por 8 anos e me separei. Estava a 2 anos solteira e queria encontrar outra pessoa: eu gosto de estar a dois.

Então encontrei um livreto da Lei da Atração que ensinava a fazer uma carta descrevendo exatamente a pessoa que eu queria na minha vida, escrevi a carta e segui a recomendação para guardá-la e esquecer o assunto.

Algumas semanas depois resolvi ir a uma casa noturna que nunca tinha ido. Minhas amigas não queriam ir e fui sozinha. Não conhecia ninguém e fiquei parte da noite observando e dançando num cantinho.

Mas, para minha surpresa, mais pro final da festa, veio um homem bem lindo conversar comigo (ele tinha olhos verdes – eu tinha escrito olhos claros na carta). Ele era inteligente, cativante e quis me conhecer.

Aquele foi o nosso primeiro encontro, sem amigos em comum e sem aplicativos… estamos juntos há seis anos. 

Se você está sozinho(a) há algum tempo e tem se perguntado porque não esbarrou em alguém interessante, a resposta pode estar na sua disponibilidade para receber esta pessoa.

Outra questão é que você pode fazer como eu fiz: arriscar ir a lugares que nunca foi. Vai que o seu amor está lá?

E digo mais: é possível que o Universo já tenha mandado uma lista de candidatos(as), mas o seu nível de exigência na primeira entrevista é muito alto e eles não tiveram nem a chance dos 3 meses de experiência.

 

Nada é por acaso: por que acontecem sincronicidades?

Nada é por acaso sincronicidade

Foto: Anais Ruiz – Pexels

Nós podemos observar que as pessoas que relatam aumento das sincronicidades são aquelas que se abrem a novos caminhos e possibilidades.

Ou estão buscando evoluir em alguma área da vida: pode ser crescer na carreira, mudar o padrão emocional, fazer terapia, expandir contatos sociais…

E nesses momentos em que estão abertos para “novas informações”, as sincronicidades tendem a aumentar. Quem nunca teve um “insigth” que ajudou a resolver uma questão demorada? 

Através desta observação e das situações que acontecem comigo, eu arrisco afirmar que as sincronicidades acontecem como uma dança.

O salão é o Universo, os sinais são as notas musicais e a sincronicidade acontece quando você abre seus ouvidos, sente o ritmo da música no seu corpo e se entrega para a dança que a vida te convida.

Ao dançar com a vida você tem o seu destino nas mãos e nos pés, e a troca das músicas não te assusta mais, afinal, agora você confia na vida.

 

Como ativar a sincronicidade e aproveitar os sinais?

Aproveitar os sinais sincronicidade

Foto: Wings Of Freedom – Pexels

Para ativar a sincronicidade na sua vida, a dica mais simples que posso dar é uma pergunta:

O quanto você tem usado a sua mente racional para julgar tudo o que acontece? 

Faça essa pergunta a si mesmo e se perceber que você está sendo muito crítico, tentando achar explicação racional para tudo, isso pode indicar que você não vai conseguir tirar o melhor proveito das situações que poderiam te ajudar.

E sabe por que? Porque, segundo os neurocientistas, a mente racional e a consciência lúcida ocupam apenas 5% do seu cérebro, todo o resto 95% é dedicado às informações inconscientes.

E quando falamos em ouvir a intuição, de onde você acha que estão vindo as informações?

Como dito anteriormente, as sincronicidades são totalmente pessoais e acontecem no fluxo corrente da vida de cada pessoa, para que você consiga aproveitar cada vez mais esse fluxo positivo é preciso que entenda que a saída é para dentro.

Muitas respostas e informações valiosas que atraem por eletromagnetismo as situações externas, estão dentro do seu inconsciente. E se você insiste em considerar e alimentar apenas o seu racional, está remando contra o seu próprio rio.

Comece a dançar quando quiser, a música toca o tempo todo!

Você tem percebido as sincronicidades?

Sabia que conhecer os números do seu Mapa Numerológico pode aumentar as chances de identificá-las? Vem fazer o seu Mapa Numerológico Online comigo e se sintonizar com as ondas do Universo.

4.1/5 - (17 votos)

Numeróloga Pitagórica | Mapa numerológico pessoal, empresarial, familiar e de casal | Mentora | Escritora

AGENDAR!

Atende online

Agende uma sessão de Numerologia!

Descubra sua personalidade através dos números do seu Mapa Numerológico!

Mais terapias de Dayane Oliveira

  • Mapa Familiar – Numerologia Sistêmica – Leia a descrição antes de comprar!

    Online
    R$441,00
    Dayane Oliveira
    (13)
    40 terapias realizadas
  • Mapa Anual – Planejamento para 12 meses

    Online
    R$297,00
    Dayane Oliveira
    (13)
    40 terapias realizadas
  • Numerologia: Mapa Empresarial 1 Proprietário (Consultas realizadas em até 20 dias após a compra)

    Online
    R$547,00
    Dayane Oliveira
    (13)
    40 terapias realizadas
Ver Perfil de Terapeuta