Tudo sobre sexualidade: o que é, tipos e como desenvolver?

Sexualidade é a nossa natureza essencial. É a energia do impulso de viver.
mulher com flores e sexualidade como descobrir
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Lilla Dagaz
5/5 - (3 votos)

Sexualidade, que não é a mesma coisa que sexo, é um movimento inseparável da vida humana.

Paradoxalmente, é pouco compreendido e raramente administrado com consciência. A solução óbvia vem da educação sexual: uma pauta que ainda enfrenta grande resistência em nossa sociedade.

Sou Lilla Dagaz, psicoterapeuta holística, especialista em relacionamentos, sexualidade e sagrado feminino.

E neste artigo vamos conversar sobre o que é sexualidade, como ela se manifesta em nossa vida, e qual a sua importância. Entenda ainda a diferença entre orientação sexual e identidade de gênero. Boa leitura!


 

O que é sexualidade?

mulher com sexualidade e movimento

Foto: VIRGIMALDONADO – Pexels

Sexualidade é a nossa natureza essencial e que compõe a base inevitável da vida: o desejo.

É a energia do impulso de viver, da vontade de existir, do direcionamento de perpetuar-se enquanto ser. Depende de um sistema de intercambiação, de relações, de trocas de informações entre diferentes partes ou níveis sistêmicos com a finalidade de empurrar a criação de um novo resultado mais adiante.

Por isso, a sexualidade é inevitável, é a estrutura fundamental da evolução!

É por meio dela que modelos diferentes se encontram e se percebem para obter a possibilidade de harmonizar seus recursos típicos e, no final, compor uma nova arte de viver que contenha a atualização dos seus padrões iniciais.

O sistema sexual ocorre por meio da percepção e trabalho de contrastes, de comparação entre oposições e complementos. Por isso, todos os símbolos polares da nossa realidade são representações de possibilidades sexuais:

Bem e mal, quente e frio, branco e preto, ativo e passivo, emissor e receptor, masculino e feminino etc.

Qualquer oposição que sua mente lógica for capaz de identificar consiste em uma possibilidade de dinamizar sexualmente as energias universais.

Platão elaborou essa percepção do intercâmbio de oposição de padrões básicos chamando de “Mundo das Ideias” o plano da consciência responsável por servir de exemplo fixo, por guardar e por entregar os recursos essenciais necessários para que a cada coisa se manifeste aqui na nossa realidade sensível, concreta.

Carl G. Jung expôs essa mesma proposta de estrutura vital para um nível menos generalizado que Platão e mais próximo da cultura humana, através dos conceitos de “Inconsciente coletivo” e “Arquétipos Junguianos”.

Já na psicanálise de Freud, a sexualidade foi tratada a partir dos princípios de instinto e libido. A pulsão de vida, Eros, ou seja, de estímulo, de criação, de expansão. A pulsão de morte, Thanatos, de aversão, de destruição, de contração.

 

Saúde e sexualidade: por que é tão importante olhar para o tema?

sexualidade e saúde

A educação sexual e o acompanhamento terapêutico são cruciais para te amparar na hora de cuidar da administração dos desejos.

É saber manter o equilíbrio entre as pulsões de vida e de morte, entre se entregar ou controlar, entre as paixões e a saúde.

Se você tem alguma insatisfação com sua sexualidade, olhe para essa questão com acolhimento. É possível mudar.

E você não está só. Eu posso te ajudar com sessões de terapia para sexualidade, saúde e autoconhecimento.

 

Como desenvolvemos nossa Sexualidade nas fases da vida

sexualidade e descoberta

Foto: Anete Lusina – Pexels

Seu desenvolvimento gira em torno da exploração e experimentação dos nossos desejos e entusiasmos.

 

Sexualidade na infância

sexualidade na infância

É a fase em que a sexualidade é mais autocentrada, com atenção voltada para o próprio corpo físico, para percepção das áreas mais sensíveis e de como funciona a engenharia e os limites desse corpo.

Os desejos também são mais abertos, com uma curiosidade muito disponível para experimentar tudo que é novo.

 

Sexualidade na adolescência

sexualidade na adolescencia

Surgem os impulsos de conexão, comunicação e expansão de vínculos para além de si mesmo e do círculo social familiar.

Após ter vivido uma exploração de desejos consigo mesmo, a atenção se volta para compartilhar seus desejos com o outro. O aflorar dos hormônios facilita bastante o processo, pois a imersão em emoções deixa o adolescente mais aberto aos afetos.

 

Vida Adulta

vida sexual adulta

Aqui começa o amadurecimento da sexualidade, a partir das noções mais claras sobre adequar diferenças e negociações

As duas primeiras fases do desenvolvimento sexual tem predominância da utilização da Pulsão de Vida, o fluxo de Eros.

Ao tornar-se adulto, o indivíduo já tem acesso a uma vasta gama de possibilidades de desejos e também ao entendimento de que eles não podem acontecer todos ao mesmo tempo ou imediatamente conforme se sente impelido.

Então, começa a aprender como trabalhar para trazer seus desejos para realidade e sobre a importância da Pulsão de Morte, o fluxo de Thanatos, que segura seus impulsos para administrá-los com inteligência.

 

Sexualidade na terceira idade

sexualidade dos idosos

Esse é, provavelmente, o ponto mais delicado de todo esse conteúdo sobre sexualidade, pois toca em tabus e preconceitos.

Em primeiro lugar, a ideia equivocada dentro da nossa cultura de que sexualidade se resume à sexo.

Portanto, como o corpo biológico na terceira idade passou por transformações que restringem a prática de coito, no sentido estritamente genital, é comum se falar de insatisfação sexual.

Conforme já foi colocado em outros parágrafos deste artigo, nossa sexualidade é representada pela qualidade do trabalho que se faz com a energia que te motiva a viver, que te motiva a saciar seus desejos mais sinceros.

Esses desejos não são as ambições que a sociedade diz que são as corretas, nem são aquilo que a cultura atual afirma como ideais de felicidade.

Esses desejos são percebidos somente pelo autoconhecimento, pela consciência de suas emoções e paixões, que é a linguagem que a natureza usa para falar através do seu corpo.

Entretanto, em adultos que não desenvolveram inteligência emocional, a tendência é que a terceira idade seja uma fase de grande frustração, pois o corpo físico e a capacidade cognitiva começam a apresentar limitações. E também porque não foi desenvolvido autoconhecimento suficiente que ajude o idoso a adaptar seus desejos de acordo com as possibilidades que essa fase da vida permite.

A tendência é ter teimosia, resistir em abandonar hábitos, resistir em buscar substituições para fontes de prazer e para sua realização pessoal. Mas não é uma verdade absoluta e categórica que a sexualidade na terceira idade fique comprometida.

Um exemplo disso são os exemplos de pessoas célebres, que desenvolveram grandes feitos e conquistas nessa fase da vida. O prazer de viver jamais poderia ser encaixotado no orgasmo dos órgãos genitais. Casais de idosos ainda podem cultivar intimidade, carinho, contato entre si usando todo o restante do seu corpo e todo restante das suas relações sociais e com o mundo.

Se você chegou a esse texto buscando por alternativas para disfunção, impotência ou falta de apetite sexual, o mais recomendado é que você se comprometa com uma terapia o quanto antes.

Só um profissional sabe como influenciar condições para que você liberte-se de crenças limitantes sobre os jeitos típicos de desfrutar da sua sensibilidade.

Eu posso te ajudar a reconquistar seu direito de prazer de viver. Agende uma sessão de terapia para sexualidade comigo aqui pelo meu Perfil do Guia da Alma e experimente essa modalidade de tratamento!

 

Identidade de gênero, sexualidade e orientação sexual: qual a diferença e tipos?

identidade de genero e sexualidade

Foto: Armin Rimoldi – Pexels

Se você estava lendo o texto até aqui, já consegue perceber que a sexualidade é diferente de sexo. Ela é uma dimensão bem ampla do ser humano, que permeia o psicológico e o espiritual também.

Mas para começar a falar de sexo propriamente, quer dizer que vamos limitar a percepção da expressão da sexualidade ao corpo físico. Para isso, é preciso tomar emprestado alguns conceitos da biologia e da cultura para entender o assunto.

 

Sexo biológico

sexo biologico

Está especificamente relacionado ao órgão sexual com o qual nascemos em nosso corpo. E à capacidade reprodutiva biológica humana, ou seja, sua capacidade de gerar, ou não, novos corpos físicos para abrigar seres da mesma espécie.

  • Fêmea: é a humana que carrega em seu corpo órgãos reprodutivos ovários, o útero, a vagina e a vulva.
  • Intersexual: é um humano que não se encaixa nas noções típicas de sexo feminino ou masculino, seja por ter nascido assim, ou por intervenções posteriores que modificaram sua fisiologia.
  • Macho: é o humano que carrega em seu corpo órgãos reprodutivos pénis, ducto ejaculatório, testículos, ducto deferente e próstata.

 

Identidade de gênero

identidade de genero

Identidade é a decisão de gênero interior que cada um sente que lhe representa, independentemente de ser algo óbvio para os demais.

  • Cisgênero: quem expressa o mesmo gênero de seu sexo biológico.
  • Transgênero: quem expressa o gênero oposto ao seu sexo biológico.
  • Não-binário: aquele que expressa o gênero feminino e masculino, em composições diversas.
  • Queer: é um termo um tanto polêmico dentro das comunidades LGBTQI+. Inicialmente foi adotado como um termo pejorativo, para se referir como “esquisito” a qualquer pessoa que fugisse do padrão binário homem/mulher. Porém, com o tempo, a comunidade se empoderou do termo e passou a usar como parte das ações de orgulho. Abrange todo o guarda-chuva, sem restrição a nenhum gênero específico.
  • Agênero: é uma variedade do não-binário que nega todos os gêneros, pois não se sente compatível com o conceito de gênero e não se importa com isso.
  • Pangênero: é aquele que se sente capaz de acomodar toda e qualquer identidade de gênero, sem restrições.

 

Expressão de gênero

expressao de genero

A expressão é o gênero que cada um demonstra para o exterior, através de sua aparência, de acordo com modelos culturais e históricos da atualidade. Faz parte do papel social do indivíduo e pode ser modificada a qualquer ponto de sua vida, conforme sua decisão.

Um conjunto de comportamentos típicos do que a sociedade entende como sendo a performance de feminino ou masculino é adotada para compreender esse termo.

No caso do andrógeno, há uma mistura em maior ou menor proporção das características masculinas e femininas. Os estilos estéticos, de indumentária, de modo de falar, agir são usados para consolidar a expressão de gênero.

 

Identidade e orientação sexual

orientacao sexual

O conceito de orientação sexual trata somente dos interesses de cada indivíduo no que diz respeito ao sexo, no sentido de coito, à troca de contato e carinho físico, assim como os critérios para estabelecimento de relações românticas.

  • Heterossexual: quem tem atração por parceiros do gênero biológico oposto ao seu.
  • Homossexual: quem que tem interesse em parceiros do mesmo gênero biológico que o seu.
  • Bissexual: a pessoa com interesse sexual com parceiros de ambos os gêneros biológicos.
  • Assexual: aquele que não tem interesse por fazer sexo.
  • Pansexual: quem tem interesse por fazer sexo com parceiros de ambos os gêneros biológicos e também com parceiros intersexuais, transsexuais.
  • Demisexual: aquele que tem resistência inicial a estímulos sexuais e só desenvolve interesse por fazer sexo após estabelecer vínculos emocionais.
  • Sexualidade fluída: ocorre com aqueles que não conseguem definir uma orientação estáticao. Percebem fases de interesses e sentem disponibilidade para mudar de orientação.

 

Alma e Sexualidade: a visão espiritual das dinâmicas energéticas

mulher em movimento de sexualidade e autoconhecimento

Foto: Rachel Claire – Pexels

Você consegue perceber como a sexualidade é um tema que permeia tudo que é dinâmico? Que permeia tudo que é criado? Como é indispensável para existência de vida?

 

Sexualidade sagrada

sexualidade sagrada mandala

Somente a partir desse ponto do entendimento sobre o assunto é que a sexualidade pode começar a ser trabalhada como sagrada. Antes dessas reflexões é impossível tomar consciência da importância que há por trás de cada troca que transpassa você.

 

Sexualidade e espiritualidade

sexualidade e espiritualidade

Você é composto por oposições complementares. Elas estão acontecendo todas ao mesmo tempo, nessa dimensão infinita do ser que chamamos de ‘agora”. Em você, todas as dualidades estão em união simultânea para permitir que a vida aconteça.

Para criar movimento através de suas relações com o universo e tudo mais, você é como uma moeda: A partir de suas ações e decisões, você gira para expor um lado da sua moeda por vez, invertendo sempre que necessário.

Mas, independentemente de qual lado da sua moeda esteja visível agora e qual lado você esteja escondendo, essencialmente ambos estão colados em você sempre.

Alternamos o que entregamos e o que escondemos, luz e sombra, consciente e inconsciente, para cocriar nossa realidade. Mas nada disso apaga qualquer lado das polaridades, nem exclui, nem separa nada de você. Tudo que existe, sempre existiu e sempre existirá potencialmente em você.

É somente a partir dessa compreensão que você começa a despertar espiritualmente, vai entrando na experiência do “Casamento do Espírito com a Matéria”. Adquire a sabedoria da reconciliação de todos os opostos, com lucidez, paz e segurança diante de qualquer informação ou situação que chegue à sua consciência.

A sexualidade a nível espiritual vem da experiência da neutralidade do ser.

 

Tantra e sexualidade

tantra e sexualidade

Para mestres do tantra, tudo que está contido na existência é sagrado e tem um papel fundamental.

Ao aceitar com coragem tudo que está chegando até você, é possível passar com mais leveza pelos ciclos.

Você viverá desafios, sim, porque isso é inevitável, mas consegue seguir com a brincadeira mais facilmente. Você deixa de andar em círculos, para de repetir lições antigas – o Karma compulsivo, a RODA DE SAMSARA – e atinge MOKSHA, o Dharma, a sua liberdade.

Apesar da tradição tântrica ser voltada para o desenvolvimento espiritual, ela não descarta, nem condena, nem proíbe nenhuma experiência material enquanto possibilidade de conduzir à iluminação.

Por isso. existem tantras com a proposta de que a experiência do sexo entre casais se torne um veículo acelerador da ascensão espiritual.

 

Terapia sexual: como pode ajudar?

terapia sexual online

A terapia tântrica se propõe a te ajudar a exercer seu direito de ser e fluir livremente. A postura acolhedora e amorosa do terapeuta te estimula a lidar cada vez melhor com a totalidade da existência. A terapia te ajuda a compreender suas lições e vai soltar bloqueios no seu fluxo de vida.

O amor-aceitação é o princípio dos treinamentos tântricos.

Um exemplo típico de bloqueio, na prática, ocorre quando as “pessoas do bem” condenam e tem muita dificuldade em aceitar a função do mal. Mas, reflita comigo: se eu retirar todo o mal da existência, como você vai descobrir o que é o bem?

Entre os casais, o masculino PRECISA do feminino para entender a si mesmo e se afirmar ainda mais como masculino. Da mesma maneira, o feminino PRECISA do masculino para se perceber cada vez mais profundamente e se afirmar como feminino. Tudo que nos permeia é professor, incluindo os parceiros românticos.

As divergências, as polaridades e oposições nas suas relações podem parecer desconfortáveis num primeiro momento, mas elas são as oportunidades primordiais da natureza para que você desenvolva o que você é. Conhecer o que você não é te ajuda a tornar-se ainda mais o que você é.

O Universo está te enviando constantes oportunidades de crescimento e evolução.

Eu posso te orientar sobre como desenvolver sua espiritualidade através da sexualidade e se posicionar nesse jogo de forças, dor e prazer, fluxo e refluxo, contração e expansão.

A sexualidade é a sua brincadeira natural em todos os níveis do ser.

Te convido a experimentar uma sessão online de Tantra para Sexualidade comigo!

5/5 - (3 votos)

🪴 Rega a alma que o corpo floresce! 🌺 Estou aqui para te ajudar com serviços de Terapia Complementar Integrativa. Se vc tem interesse em: Autoconhecimento ☮️ Desenvolver sua Intuição ☮️ Meditação ☮️ Despertar Espiritual ☮️ …agende um pacote de terapias comigo!

AGENDAR!

Atende online

Mais terapias de Lilla Dagaz (Clarissa)

  • Terapia para feridas emocionais de relacionamentos

    Online
    R$150,00
    Lilla Dagaz (Clarissa)
    (5)
    Terapeuta Certificado
  • Terapia – Clínica da Transformação: para lidar com mudanças

    Online
    R$150,00
    Lilla Dagaz (Clarissa)
    (5)
    Terapeuta Certificado
  • Terapia para Relações Não-Monogâmicas

    Online
    R$150,00
    Lilla Dagaz (Clarissa)
    (5)
    Terapeuta Certificado
Ver Perfil de Terapeuta
As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.
Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!
Por InCuca