Carregando.
Aproveite a pausa e respire fundo!

image-como-integrar-o-tarot-terapeutico-com-outras-praticas
Tarot

Como integrar o Tarot Terapêutico com outras práticas?

Saiba mais sobre o Tarot Terapêutico e o Tarot Psiônico.

icon-share
78 compartilhamentos

Neste artigo, a terapeuta Ana Thereza Valério, mostra como o Tarot Terapêutico e o Tarot Psiônico podem nos ajudar a descobrir e resolver desequilíbrios e criar a própria realidade. Boa leitura!

 


A vida é uma eterna busca. A busca de si mesmo, a busca da felicidade, a busca do equilíbrio entre aceitar-se como é, e a necessidade de ser aceito(a). Daí surgem as doenças! Começam na alma e se estendem ao corpo físico.

Enquanto o ser humano não tomar consciência de que cada um de nós é do jeito que tem que ser – já viemos prontos, só precisamos dar uma ajeitada, uma aparada nas pontas de vez em quando – jamais será feliz e jamais se sentirá realizado. Cada vez mais, vai querer algo diferente e maior, até perceber que não é bem por aí. E a vida passa….

As pessoas trocam o nome, trabalham o corpo de forma abusiva, compram roupas que nem sempre combinam com seu estilo (tornam-se “fashion victims”), restringem-se de sabores e prazeres, sempre na intenção de serem aceitas pela sociedade, família e amigos. Tudo isso porque a sociedade estipulou um “modelo padrão”. Mas e aí? Sempre está faltando algo – e sempre faltará! – porque este modelo  é totalmente externo e não adaptável ao ser humano em geral.

Fora as crenças limitantes que ruminam na mente e os padrões adquiridos na ancestralidade, que vêm “explodir”, desarmonizando relacionamentos, impedindo o fluxo de prosperidade, causando depressão e, muitas vezes, levando ao fim da própria vida por acharem que não há uma saída. O que fazer então?

Reconhecer que precisa fazer algo, já é um bom começo. Cuidar de si. Pensar em si (altruísmo em excesso também é um distúrbio). Saber olhar para dentro sem temores. Perdoar. A si e aos outros. Ah… Mas como é difícil! E começam as inúmeras desculpas, desde “não tenho dinheiro”, “não tenho sorte”, até o “já tentei vários tratamentos e nenhum deu certo”.  Isso se denomina autossabotagem. Sem contar que quando se depara com uma separação ou a perda do emprego, sequer sabe dar um passo adiante. Se não aguenta mais trabalhar onde está, não tem coragem de tomar uma atitude e pedir as contas. Entra em tristeza profunda. Os amigos somem, a família não entende. O vazio é enorme. O medo toma conta. Os comportamentos se repetem. Um ciclo vicioso.

 

Como integrar o Tarot Terapêutico à sua vida?

Taróloga há mais de 10 anos, após ter largado a vida executiva extremamente exaustiva, resolvi me dedicar ao Tarot Terapêutico conjuntamente com todas as práticas que desempenho desde meus 18 anos, quando me interessei pelo mundo holístico.

Em meus atendimentos, eu e meu cliente trabalhamos todas as questões existenciais e ajustamos o que está em desequilíbrio com o seu verdadeiro eu: trabalhamos a negação de sua essência; trazemos à tona questões das quais ele não tem segurança ou coragem para encarar; e passamos a deixar de lado a “previsão do futuro” (quem de nós tem este Poder?), para dar importância ao reconhecimento de seus talentos e fantasmas, a cura da sua parte emocional e a criação da sua própria realidade.

Guia da Alma - Mesa Radiônica

Mesa Radiônica – Régia Prado

Ele passa a olhar para si de uma forma bem mais amorosa e equilibrada e deixa de andar com bengalas humanas, para caminhar sozinho e pelo caminho que  seu coração deseja. Faz as coisas acontecerem, não procrastina. Dá soluções aos seus problemas, não pensa só neles. Encara os desafios como mero aprendizado e não vitimiza. Para de culpar o outro. Sai do emprego estressante e investe em sua carreira solo (ou com parcerias). Enxerga que estar sozinho numa “relação consigo mesmo” é necessário para colocar cada coisa no devido lugar – e não é um sinal de abandono. A cada evento que é submetido sabe que, vindo de alguém, seja ele desafeto ou afeto, é apenas externo, não um ataque pessoal. Então, terá sempre capacidade para dar a devida importância ao que, de fato, importa e seguir adiante.

É um trabalho pessoal, único, de consciência e responsabilidade consigo. Não existe sofrimento quando se assume a essência. Não há submissão/permissão, quando se tem certeza do que se quer e quem se é.

 

O Tarot Terapêutico e o Tarot Psiônico de Ação Pulsada

Atualmente consegui reduzir meu trabalho, basicamente, a uma associação do Tarot Terapêutico com o Tarot Psiônico de Ação Pulsada (TPAP, dos Mestres Régia Prado e Álvaro Domingues).

Após abrir uma Mandala com o oráculo do Tarot, onde detectamos em todas as áreas da vida do cliente tudo aquilo que não está funcionando de maneira equilibrada, inclusive saúde, tiro as cartas do Tarot Psiônico.

O Tarot Psiônico, através dos pulsos emitidos pela frequência modulada dos símbolos usados nas Mesas Radiônicas criadas pela Regia Prado, altera o entrelaçamento energético e informacional que o problema em questão sobressalta. O Tarot de Ação Psiônica Pulsada trabalha em três níveis de ação: Eu com o Ambiente, Eu e minhas relações e Eu comigo mesmo.

Guia da Alma - Tarot Terapêutico - Tarot Psiônico

Tarot Psiônico – Régia Prado

Assim, conseguimos atuar de forma direta nos problemas e permitir que isso ocasione uma mudança de resultados. O Tarot Terapêutico detecta onde existe o problema que ocasiona o desequilíbrio do cliente, enquanto, o Tarot Psiônico proporciona o ajuste necessário para que ele próprio possa transformar e criar sua realidade. Tudo isso é usado como ferramenta de apoio e regeneração da saúde, remoção de bloqueios e crenças, revitalização para a prosperidade, autoestima, autoconfiança e autossuficiência.

Ninguém pode querer ser uma maçã, se nasceu uma laranja. Mas pode voar tão alto quanto uma águia – se assim determinar -, mesmo sendo um pássaro. Assumindo seu EU, retomando a sua criança interior, mudando sua vibração pessoal, passa a atrair todos os recursos de que necessita para a sua felicidade.  Os recursos certos PARA SI, não os que o fazem dependente das situações e pessoas.

Descobrir-se é um ato de amor. Dizer não também.

 


Tem interesse em fazer uma consulta de Tarot?

Tire suas cartas aqui!


Dê uma nota!

Ana Thereza Valerio

Publicitária e Advogada de Formação, não consegui me identificar com a atuação nas áreas afins. Deixei tudo para trás para viver daquilo que mais gosto de fazer: cuidar das pessoas. Ajudá-las a encontrar seu eixo, seja em qual dificuldade estiverem. Além dos estudos nas práticas - desde os 18 anos - de Reiki, Tarot, Numerologia, Meditação, Fitonergética, Mesa Radiônica, entre outras, experiência de vida é o que não me falta. Já passei por muitos desafios e sempre soube dar uma "rasteira" neles. Melhor aplicação dos conhecimentos aprendidos!! E a minha terapia? Cuidar de pessoas, plantas, animais e cantar na minha banda.

Deixe seu comentário e contribua com a troca

O Guia da Alma é o Portal que conecta pessoas e Terapeutas para uma vida mais leve com Terapia Holística e Integrativa online ou presencial em todo Brasil!

Descubra também o Autoconhecimento, Espiritualidade e Bem-estar no conteúdo original do nosso blog!

Receba o Guia da Alma no seu e-mail!

Conteúdo para a sua evolução de consciência.

As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.

Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!