Os benefícios da Música como recurso terapêutico

Entenda a influencia física e metafísica da música na nossa saúde.
mulher em ressonância com os benefícios da musica na arteterapia
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Marina Luz
4.8/5 - (11 votos)

Esse artigo é um recorte reestruturado da pesquisa final da minha formação com arteterapeuta e sinto que pode auxiliar mais pessoas a se entenderem e se compreenderem por meio da música e se sentirem confortáveis em seus processos de autoconhecimento, cura emocional e expressão por meio das artes.

Bem como, conheçam um pouco mais sobre a Arteterapia e os benefícios da Música como um grande recurso e benefício na nossa saúde como um todo, tanto no seu caráter físico, como metafísico.

Fico feliz em compartilhar com você sobre essa arte que me encanta tanto e possibilitar também que outros terapeutas e arteterapeutas conheçam a potência dela para seus atendimentos!

Sou Marina Luz, terapeuta holística com Thetahealing, Reiki e Arteterapia. Boa leitura!


 

A música como linguagem física e metafísica

A música como linguagem física e metafísica

Como arteterapeuta percebi uma grande potência como recurso expressivo e seu lugar simbólico sobre os sentidos como benefícios da música, por seu caráter físico e metafísico.

Uma vez que esta sensibiliza inicialmente a audição de quem a escuta, e também os outros sentidos por meio de sua reverberação inconsciente e consciente da memória.

Entendo a música com uma leitura antropológica enquanto arte, ela seria capaz de provocar o indivíduo a realizar transformações em sua vida.

A música tem sua própria linguagem e historicidade e a percepção que se tem dela é individual e coletiva.

A música apresenta-se como potencializadora dos sentidos, como expõe José Miguel Wisnik, por seu caráter de rito, composta de som, ruído e silêncio, expondo uma estrutura física e metafísica.

“O som é um objeto subjetivo, que está dentro e fora, não pode ser tocado diretamente, mas nos toca com uma enorme precisão” (José Miguel Wisnik, 1989, p. 28). 

Olho para a música como uma linguagem que permite trabalhar os elos do inconsciente, ou seja, os arquétipos junguianos do coletivo.

Assim, a música na Arteterapia, acompanha o processo das relações antropológicas, dado que ela se desenvolve de acordo com as construções humanas, revelando assim a presença da música ao longo dos movimentos político, sociais, culturais e históricos.  

Os benefícios da música, como recurso expressivo, permitem ampliar a consciência sobre si, melhorando sua relação com as próprias emoções, sentidos e sensações, pois atua no sistema nervoso e no metabolismo de cada pessoa, mobilizando a saúde do corpo e da mente.

Tais efeitos sobre o metabolismo podem ser positivos ou negativos, conforme as singularidades da vida de cada pessoa. A música enquanto recurso mobiliza, age e reverbera nas emoções, possibilitando a recuperação de doenças, melhorando a autoestima de quem participa das sessões terapêuticas.

 

A música como autoconhecimento: pulsão

A música como linguagem física e metafísica

A reverberação e os benefícios da música ressoam de diferentes formas no corpo, uma vez que cada pessoa tem sua formação histórica cultural única, mas está diretamente exposta ao contato com elementos musicais.

Para entender esta ligação física da música com o ser humano faço uma reflexão simples:

 Se pararmos em um determinado espaço que não haja qualquer chance de algum barulho externo (reforçando que este indivíduo tenha a audição saudável), mesmo sozinhos, jamais ficaríamos em um completo silêncio.

Isso acontece porque o corpo orgânico, físico do ser humano possui sua própria pulsação, o centro dele reverbera um ritmo.

O coração pulsante determina que haja a produção de diferentes sons e ruídos no próprio corpo. Assim, ao colocarmos a mão no peito sentimos a beleza do pulsar, escutando o ritmo, o pulso interno.

Com isso, a noção de silêncio humana é uma caracterização do mundo externo ao seu corpo. Dessa maneira, a música mobiliza e afeta de uma forma tanto física quanto metafísica, pois transcende o nosso corpo (como silêncio), por ser linguagem.

Segundo Maria de Lourdes Sekeff Zampronha (2007), essa dimensão física e metafísica da música é que nos permite ligar os diferentes lugares dela para uma pessoa, respectivamente da realidade do eu aos lugares da fantasia, da magia, do onírico, contidos na mitologia, no folclore, nos contos de fada.

Além disso, um dos benefícios da música é a potencialidade de provocar memórias (BENJAMIN, 1994) e como curativa individualmente e coletivamente tanto física quanto emocional (SILVA,2016), pois permite o acesso as memórias do inconsciente para tratá-la conscientemente, por isso o uso da música deve ser intencional, sem ser um “fundo musical”.

  • Agende sua sessão comigo de Arteterapia Online, para que eu possa te ajudar a ver e ouvir os sons, ritmos, melodias e harmonias na sua vida! 🙂

 

A música como recurso expressivo

Contudo, reforço que tanto este recurso expressivo artístico como as outras artes utilizadas na Arteterapia, não buscam um padrão estético, formativo, como os cursos de artes visuais, cênicas e música

Olho para a música pelo viés do que foi produzido na compreensão do cliente, do sujeito que está em processo de individuação, bem para o que constela nas falas ou nas produções dos grupos durante atendimento, buscando o lugar simbólico desta.

Assim, compreendo a música como recurso facilitador do processo arteterapêutico para entendimento dos conteúdos do inconsciente individual e coletivo, uma vez que ela permite ao sujeito se expressar ou mobilizar a expressão deste, por meio das emoções, não necessariamente apresentando-se com agradável, mas como um meio de transformação e conhecimento sobre si mesmo.

 

Benefícios da Música na Terapia

Benefícios da Música na Terapia

Neste sentido, de utilizar a música como elo entre as áreas terapêuticas e sua especificidade na Arteterapia,  é importante que o arteterapeuta domine as possibilidades de uso deste recurso e seus possíveis efeitos, para que a condução do trabalho favoreça o mergulho do indivíduo.

Ao perceber que também o uso de determinada música para um grupo específico ou um sujeito pode provocar revolta ou um distanciamento do processo terapêutico

Por isso, entendo que o estudo sobre a reações e sobre a própria música são fundamentais para qualquer terapeuta que a use como ferramenta principal ou secundária em seu trabalho.

Dessa forma, busco diferentes olhares sobre o uso da música na Psicologia, Musicoterapia, Arteterapia, Antropologia e  na própria História da Música para compreender como a música pode ser utilizada de diferentes formas em específico na Arteterapia, uma vez que, ela pode ser trabalhada para exploração das emoções, dos sentimentos, das sensações.

 Como também, no processo de integração de um grupo ou como vinculadora entre cliente e arteterapêuta, a música em si apresenta-se como símbolo a ser trabalhado, ou pela letra ou pela melodia, ou pelo que ele emerge e significa para o indivíduo ou para o grupo. Ou mesmo como uma criação sonora própria, musical durante atendimento que fala como linguagem sobre o sujeito em atendimento arteterapêutico.

Percebo na música um poder de movimento, de mudança, podendo associar-se a outras formas expressivas como a dança, mas também de uma forma mais indireta às artes visuais, à literatura e ao teatro, emergindo o lugar simbólico da potência do transformar.

Com efeito, entendo-a como provocadora dos outros sentidos do corpo, uma vez que, ao trabalhar o sonoro, este reverbera e ressoa de forma que permite desenvolver o tato e os demais sentidos.

 

A música na expressão e comunicação do corpo

música como recurso expressivo

Além de compreender que em um processo terapêutico o corpo percebido como produtor de diferentes sons e ruídos, permite ao cliente se apropriar e se reconhecer ao explorar as diferentes formas de produzir músicas, podendo ser cantada e ecoada conforme o toque.

Desenvolvendo uma consciência corporal através dos sentidos mobilizados pela música, sendo por exemplo na forma do canto, o olfato e o gustativo envolvidos diretamente no processo de respiração, consequentemente o auditivo pela reverberação sonora como em outras formas podem provocar a consciência musical e corporal.

Portanto, a música está diretamente ligada ao ser humano como formadora e transformadora tanto individual quanto coletivamente, sendo ela um recurso que permite um olhar simbólico cultural para reconhecimento do sujeito sobre si.

Reconhecendo a potencialidade e lugar da música em sua dimensão física e metafísica entre as diferentes formas artísticas no caminho no processo de individuação e de humanização no atendimento arteterapêutico.

Agora vamos conhecer 7 benefícios da música como recurso de expressão na sua vida!

 

Referências:

  • BENJAMIN, W. O Narrador. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre a literatura e história da cultura. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. 7ªed. São Paulo: Brasiliense, 1994, p. 197- 221.
  • JUNG, C.G. Os arquétipos e o inconsciente coletivo. Trad. Maria Luiza Appy, Dora Mariana R. Ferreira da Silva. 11 ed. Petrópolis: Vozes, 2014.
  • SILVA, R.P. B. Os Benefícios da Música na Arteterapia. Monografia. Universidade Candido Mendes. Rio de Janerio.2010. Disponível em: < www.avm.edu.br/docpdf/monografias_publicadas/t206221.pdf >. Acesso em: jun 2016.
  • WISNIK, J. M. O som e o sentido: uma outra história da música. São Paulo: Companhia das letras, 1989.
  • ZAMPRONHA, M. L. S. Da música, seus usos e recurso. 2ed. São Paulo: Editora UNESP, 2007.

 

7 benefícios da Música

 benefícios da Música

Além dos benefícios da Música citados acima, trago aqui outros 7 principais que considero especiais para nosso processo terapêutico.

  1. Expansão da consciência por trabalhar de forma física e metafísica nos seres, a música apresenta-se como motivadora para alegria e liberação das tensões do corpo;
  2. A música permite estímulos para melhor circulação sanguínea e ativação da memória tanto sensorial como cognitiva, bem como, estimula a inteligência e o equilíbrio emocional e afetivo;
  3. Por meio da música conseguimos sentir e explorar as mais variadas ações e reações do nosso corpo e dos outros seres (pessoas, animais, plantas), assim nos comunicando melhor por ser um recurso expressivo de autoconhecimento em nosso processo de individuação, mantendo a saúde do nosso ser na sociedade.
  4. A música auxilia e estimula a criatividade e atenção para momentos de relaxamento, meditativos e de fruição da imaginação;
  5. A música permite compreendermos o nosso ser para além da razão e é uma excelente ferramenta para desprendimento do controle e se permitir fluir por meio das emoções e pulsões, como na forma de catarse ou de satisfação das necessidades veladas;
  6. A música é auxiliar contra o medo e a ansiedade, por meio da qualidade sonora permite tranquilizar o cérebro e abre caminhos para um sono com qualidade.
  7. A música é um meio de educar nosso corpo e nossos sentidos de forma fluída auxiliando processo de formação e educação humana.

Você gostaria de se expressar de uma forma mais leve e confortável e se autoconhecer por meio da música e das artes?

Agende sua sessão comigo de Arteterapia Online, para que eu possa te ajudar a ver e ouvir os sons, ritmos, melodias e harmonias na sua vida! Aguardo você!

4.8/5 - (11 votos)

🦋 Cura pelo Amor ✨ Thetahealing (curso/sessões) • Reiki (cursos/sessões)• Arteterapia(vivências/sessões individuais) • Terapia Multidimensional pelo Coração • Barras de Access • Meditação • Cura Arcturiana 💜 Atendimentos em Florianópolis e online

AGENDAR!

Atende online
Presencial em Florianópolis - SC

Agende uma sessão de Arteterapia!

Terapeutas Guia da Alma estão te esperando!

Mais terapias de Marina Luz

  • Pacote 4 sessões de Barras de Access- Atendimento Acessível

    Presencial em Florianópolis - SC
    R$530,00 Oferta!
    Marina Luz
    (136)
    Terapeuta Certificado
    Play
  • Combo: Reiki + Thetahealing em Florianópolis

    Presencial em Florianópolis - SC
    R$280,00 Oferta!
    Marina Luz
    (136)
    Terapeuta Certificado
    Play
  • Curso de Reiki Usui Tibetano Nível I- O Despertar online Dias 8 e 9 de Março a noite

    Online
    R$280,00 Oferta!
    Marina Luz
    (136)
    Terapeuta Certificado
    Play
Ver Perfil de Terapeuta
As Terapias Holísticas e Integrativas são complementares à medicina alopática, e não devem substituir nenhuma consulta e/ou tratamento médico.
Atenção: este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.
Política de Privacidade | Termos de Uso
Copyright © 2018 Guia da Alma. Todos os direitos reservados.
Feito com Luz e Amor em Florianópolis!
Por InCuca