Quem é Nanã Buruque: a yabá anciã da Sabedoria!

Entenda os mistérios da vida, morte e renascimento da Orixá mais antiga.
orixá nanã bureque: flores e ibiri

Com o coração repleto de gratidão, reverencio a Orixá Nanã Buruque, nossa carinhosa vovó. Neste artigo vamos saber mais sobre sua história e simbologia, e como se conectar a orixá mais antiga de todas!

Sou Marisilda Brochado, Enfermeira Obstétrica, Terapeuta Holística, Master Reiki, Canalizadora do SEA – Sistema de Energização Axé. Boa leitura!


 

Quem é Nanã Buruque?

orixá nanã bureque: ibiri

Ilustrações de Orádia Porciúncula

Por ser uma anciã, Nanã Buruque está presente desde a criação da humanidade. Ela é a “Mãe –Terra Primordial”, dos grãos e dos mortos. É a memória do povo, pois vivenciou toda a magia da concepção do Universo.

Cultuada no Brasil nas religiões de matriz africanas, Nanã Buruque é a Senhora da Criação. Também é chamada de mãe, avó e “Senhora da Morte”, pois é responsável pelos portais de entrada e saída das almas.

Para os povos Jeje (povo africano que habita o Togo, Gana, Benim e regiões vizinhas), Nanã é muitas vezes considerada a divindade suprema (e talvez por isso seja frequentemente descrita como orixá masculino).

Nanã Buruque é uma grande matriarca de muita sabedoria. Representa a velhice, a experiência da vida e os aprendizados mais profundos.

De temperamento brando, acolhe e orienta seus filhos. Muitas vezes, é temida, intransigente e austera. Mas respeitada como a mais velha das Yabás (orixás femininas).

Nanã é responsável pelo portal entre a vida e a morte. Ela limpa a mente dos espíritos desencarnados para que possam se livrar dos sofrimentos da sua jornada, reencarnando sem os rastros da vida anterior. Por isso, quando envelhecemos, ao decorrer dos anos, começamos a perder a memória.

Ela também é a protetora dos doentes, desabrigados, deficientes e idosos.

Senhora de muitos búzios, ela sintetiza em si morte, fecundidade e riqueza.

Nanã Buruque é chamada de: Nanã Buruku, Nanã Buru, Nanã Boroucou, Anamburucu, Nanamburucu ou Nanã Borodo.

 

História de Nanã Buruque

orixá nanã bureque: a mãe e avó de todos orixás

Os domínios de Nanã Buruque são os lagos, mangues, pântanos e os encontros do rio com o mar. Também são a lama, argila e terra molhada, da qual se originou todo ser humano.

Conta a história, que Olorum (criador supremo) deu a Oxalá: o orixá criador a missão de fazer o modelo que daria forma aos humanos.

Oxalá tentou criar o homem com vento, madeira, fogo, azeite, pedra e até vinho… Mas nenhum material parecia maleável o suficiente para esta tarefa. Foi quando Nanã retirou uma porção de barro do fundo do lago em que morava.

Com o barro, Oxalá conseguiu criar a forma humana. Em seguida, Olorum deu ao modelo o sopro da energia vital, dando vida ao homem. Depois, os outros Orixás ajudaram o homem a povoar o planeta.

Sendo feito de um elemento que pertence à Nanã, os homens têm que morrer. Afinal de contas, ela cobra de volta aquilo que um dia ofereceu para que o homem viesse a existir. Seu pedido foi o de que após a morte, os que vieram do barro, ao barro devem voltar.

Nanã Buruque – filhos: Iroko, Obaluaiê, Osanyin, Yewá, Omolu e Oxumaré. Por ser a mais antiga, todos os outros Orixás a consideram uma mãe.

 

Qualidades de Nanã

orixá nanã buruku no sincretismo: sant'ana

  • Nanã Buruque no sincretismo: por ser a Orixá mais velha, se sincretiza com Santana ou Sant’Ana, a avó de Jesus Cristo. Ambas simbolizam a força da natureza feminina na criação divina.
  • Símbolo: ibiri, que caracteriza sua relação com os espíritos ancestrais (imagem).
  • Nanã Buruque – Oferendas e comida: pirão com batata roxa, jaca e sarapatel.
  • Dia de Nanã Buruque na Umbanda: terça-feira. 26 de julho
  • Cores: anil, Lilás e Branco. Na maioria de suas representações, Nanã está sempre com alguma dessas cores em suas vestimentas ou adornos.
  • Saudação: Saluba Nanã!

 

Tipos de Nanã e suas 10 qualidades

orixá nanã bureque: ibiri

As qualidades e arquétipos de Nanã costumam ser muito reverenciadas. O que muitos não sabem é que o Buruquê na verdade se refere a um de seus arquétipos, e não ao sobrenome:

  1. Buruku: a senhora da terra e do dinheiro
  2. Adjaoci: guerreira descendente de Ifé (antiga cidade iorubá)
  3. Ajapá: é temida, defensora da mata. Vive nos pântanos e está relacionada a morte, lama e terra.
  4. Abenegi: mãe de Ibá Odu, que traz Oxumarê, Oxossi Olodé, Oya e Yemanjá.
  5. Obaia: Usa contas de cristal e roupa lilás
  6. Ybain: orixá temida pela doença
  7. Xalá: Ligada a Oxalá e ao branco.
  8. Savé: Usa uma coroa feita de búzios.
  9. Oporá: Mãe de Obaluaiyê, ligada a terra, é temida e agressiva.
  10. Omilaré: a mais velha, esposa de Oxalá e mãe de Omolu Intoto. Está relacionada aos pântanos e ao fogo.

 

Como se conectar com a vovó Orixá Nanã Buruque

orixá nanã bureque: ibiri e flores

Para algumas pessoas, Nanã pode ser a lembrança angustiante da morte na vida do ser humano, mas apenas para aqueles que encaram isso como um final, um fardo ou algo negativo. Mas só assim a vida é possível!

Aqueles que praticam boas ações, vivem preocupados com o seu próprio bem, com a sua elevação espiritual; desejam ao próximo o mesmo que para si; e esperam da vida dias cada vez melhores! Essas pessoas têm a morte como algo natural e inevitável e tem como certeza a imortalidade da sua essência e alma.

Para estas pessoas Nanã é a luz que nos guia. Conhecer a própria vida e o próprio destino, é conhecer Nanã. Sua sabedoria está ligada à morte, mas também à vida, ao nascimento, renascimento e fecundidade. É a morte na essência da vida.

Em momentos atuais em que estamos vivenciando uma pandemia, façamos uma meditação, prece ou oração para que Nanã cuide dos nossos idosos, dos doentes e abençoe aqueles que fizeram a passagem..

Também para pedir que à vovó Nanã interceda em nossas vidas, abrindo os caminhos, proporcionando calmaria nos momentos de agonia, dúvidas, medo e ansiedade. Ela pode trazer leveza e fé aos corações aflitos.

 

Nanã Buruque – Oração

símbolo de nanã bureque: ibiri

“À minha mãe Nanã, eu peço a benção e proteção para todos os passos de minha vida.

À minha mãe Nanã, eu peço que abençoe o meu coração, minha cabeça, meu espírito e corpo.

Que aos poderes dados somente à Senhora das Senhoras, sejam caridosos e benevolentes, e me escondam de meus inimigos ocultos e poderosos. Minha querida Mãe e Senhora, tenha piedade de meu coração para merecer a sua proteção e caridade.

À minha mãe Nanã, eu lhe devoto minha fé e minhas palavras.

Assim Seja!

Saluba Nanã!”

 

Música para Nanã

 


Para potencializar a realização de seus objetivos criei o SEA – Sistema de Energização Axé, abençoado pelos Orixás e as Yabás.

Para saber mais, acesse: Sessão de SEA (Sistema de Energização Axé): uma terapia leve e poderosa para você se reconectar com sua força e poder pessoal!

Neta de Benedita e Antonio,Zilda e João, Filha de Marina e João Gilberto, Mãe de Tainah,Cauê e Maira, Avó de Luã Kaiodê. Canalizadora do SEA - Sistema de Energização Axé,Curandeira,Parteira,Terapeuta Holistica,Reiki Master.

AGENDAR!

Atende online