image-cromoterapia-cura-pelas-cores
Cromoterapia Terapias

Cromoterapia: a cura pelas cores

Como funciona esta terapia e qual sua relação com os chakras.

icon-share
36 compartilhamentos

Cromoterapia é a técnica de tratamento por meio das cores, reconhecida pelo SUS.

Acredita-se que a cromoterapia já fosse praticada pelos antigos sacerdotes médicos do Tibete e do Egito. Hoje, é estudada cientificamente e aplicada nas clínicas e centros naturistas e de medicina ocultista.

Seus efeitos são explicados através de duas teorias básicas:

  1. A primeira, mais antiga, afirma que as cores produzem modificações no campo áurico humano e determinam alterações emocionais, funcionais e metabólicas.
  2. A segunda, e mais atual, afirma que o efeito da cromoterapia deve-se a fatores neuroendócrinos, pois a simples visualização das cores determina estímulos cerebrais nos centros sensoriais que, agindo no eixo hipotálamo-hipofisário, resultam em modificações no metabolismo através de uma complexa e sutil ação endócrina.

Cada cor, por seu turno, tem um efeito diverso e agem em funções e órgãos diferentes. As recentes análise e pesquisas científicas comprovaram a ação dessas duas teorias.

 

A técnica consiste mais comumente na projeção de fachos de luzes coloridas sobre o corpo inteiro. Também podem ser usados vidros coloridos sob a luz solar sobre a pessoa a ser tratada.

Sabe-se, porém, que mesmo as roupas com suas cores influenciam o organismo. Isto realça a importância da seleção da cor das roupas a serem usadas, das paredes da casa, dos ambientes, etc.

guia-da-alma-cromoterapia-cores-chakras-roupas-luzes

Na prática da cromoterapia onde se utilizam fachos luminosos, as cores são escolhidas e aplicadas segundo um critério apropriado. Podem ser usadas uma ou mais cores numa sessão para cada projeção. Aconselha-se a utilização de luz colorida com a cor indicada e o uso de trajes da mesma cor. O tempo de exposição luminosa é de cerca de vinte minutos diários, e o uso das roupas é indeterminado, podendo ser constante.

 

Aplicando a Cromoterapia

guia-da-alma-cromoterapia-cores-chakras-gif-

Conheça agora o uso das sete cores primárias na Cromoterapia e a sua correlação com os sete chakras (centros energéticos do nosso corpo):

 


Vermelho – Chakra Básico

Estimula e excita os nervos e o sangue. Promove a liberação da adrenalina e estimula os nervos sensoriais. Ativa a circulação sanguínea, excita os nervos cerebroespinais e o sistema nervoso simpático. Revitaliza o corpo físico, mas, por ser tão poderosamente estimulante, deve ser usado com cautela.

O vermelho é contra-indicado em todas as inflamações e em muitos casos de perturbações emocionais. Nunca se deve fazer um tratamento exclusivamente com vermelho. É preciso complementá-lo com uma radiação verde ou azul.

 

Laranja – Chakra Sacro

Tem efeito antiespasmódico. Bom no tratamento das cãibras musculares e nos espasmos.

O laranja auxilia o metabolismo do cálcio e fortalece os pulmões, pâncreas e baço. Acelera a pulsação, mas não eleva a pressão sanguínea. Fornece energia ao baço e ao pâncreas.

O laranja fortalece o corpo etérico, vivifica as emoções e cria um sentimento geral de bem-estar e disposição.

Sob o ponto de vista psicológico, a cor laranja é excelente para remover repressões e inibições, ajuda a ampliar a mente e torná-la receptiva a novas idéias, e quando corre algum tipo de retardo mental, auxilia poderosamente na elevação do nível mental. Por ampliar os limites mentais, aumenta a compreensão e a tolerância.

 

Amarelo – Chakra Umbilical

O amarelo ativa os músculos motores e gera energia nos músculos. Favorece a digestão, mas, se usada durante muito tempo, pode provocar diarréia porque estimula o fluxo da bile. O amarelo afasta os parasitas. Melhora a condição da pele e purifica o sangue. Ativa a linfa.

Sob o ponto de vista psicológico, o amarelo estimula o raciocínio lógico e os poderes de raciocinar. Melhora o autocontrole ao inspirar as faculdades mais elevadas.

O amarelo é uma cor que dá uma atitude harmoniosa em relação à vida, favorecendo o equilíbrio e o otimismo. É contra-indicado em casos de inflamação aguda, delírio, diarréia, febre, superexcitação e palpitações.

 

Verde – Chakra Cardíaco

O verde é a cor média do espectro. O verde dilata os capilares e produz a sensação de calor. Alivia a tensão, mas usado em excesso, torna-se enfadonho. Estimula a glândula pituitária e é um reconstrutor dos tecidos e músculos. Libera e ao mesmo tempo regula o corpo etérico e recupera o corpo astral que tenha sofrido choque, fadiga, moléstia ou emoções negativas.

Em termos psicológicos, a cor verde dá um sentimento de renovação, de nova vida, de frescor e brilho, algo como um início de primavera.

 

Azul – Chakra Laríngeo

Acelera o metabolismo. Promove crescimento e supuração. Cura queimaduras muito rapidamente.

A cor azul pode ser usada para aliviar diferentes dores como os problemas de garganta de todos os tipos, febres e moléstias infantis como sarampo, caxumba, inflamações, espasmos, ferroadas, comichões e dores de cabeça. É também útil para os casos de choque, insônia e dores periódicas.

Em termos psicológicos, o azul pode trazer quietude e paz mental, particularmente, após um estado de superexcitação. Pode ser tão poderosamente relaxante que requeira uma irradiação com vermelho ou laranja.

O azul é contra-indicado para resfriados, gota, hipertensão, contrações musculares, paralisia, reumatismo crônico e taquicardia.

 

Índigo – Chakra Frontal

É refrigerante, adstringente e elétrico. Atua sobre as paratireóides. Quando a tireóide está sobrecarregada, deve-se tratar as paratireóides com índigo.

Purifica a corrente sanguínea e prepara os leucócitos no baço. Reduz ou mesmo estanca hemorragias. Sempre que hemorragia excessiva estiver presente, deve-se tratar com índigo.

Reduz o ritmo respiratório e tonifica os músculos.

Pode ser usado também no tratamento das afecções dos olhos, dos ouvidos e do nariz, e nas moléstias dos pulmões, asma e dispepsia.

Sob o ponto de vista psicológico, clareia e limpa as correntes psíquicas do corpo. Tem poderoso efeito em complicações mentais graves como obsessão e outras formas de psicose.

Purifica e estabiliza onde quer que temores e repressões tenham causado moléstias mentais graves.

 

Violeta – Chakra Coronário

Purifica o sangue e promove a produção de leucócitos. O violeta mantém o balanço de potássio no corpo. Detém o crescimento de tumores.

É uma cor calmante nos casos de violenta insanidade. Controla a fome excessiva.

Pode ser usada no tratamento de todas as moléstias mentais e nervosas, e também no caso de reumatismo, concussão, tumores, meningite cérebro-espinal e afecções dos rins e bexiga.

Sob o ponto de vista psicológico, esta cor tem um excelente efeito sobre todas as formas de neurose e manifestações neuróticas.

Pode ser usada na assistência do desenvolvimento das faculdades espiritual e intuitiva.

 

Este artigo é um trecho do meu livro Guia Completo das Terapias Alternativas.

Rômulo Borges Rodrigues

Terapeuta, Mestre de Reiki, Escritor, Consultor, Numerólogo

1
0

Sou Terapeuta, auto na área holística há mais de quinze anos, desenvolvendo um trabalho de equilíbrio, consciência e harmonia para auxiliar as pessoas a adquirem uma vida mais plena e satisfatória.

...

Deixe seu comentário e contribua com a troca

~ Nossos Parceiros ~

astrolink-guia-da-alma--logo-quiz-como-ser-uma-pessoa-melhor-signo-
guia da alma - lua peregrina
Meraki-logo
tranquility-pra-voce
guia da alma - aldeia indigo
marcia-oliveira-lifestyle-marca-yoga-floripa
mezcla photos
anahata-world
guia-da-alma-kaygangue-parceiros