Conheça o Método Rolf

Saiba mais sobre sua história e como funciona.
Guia da Alma - Método Rolf

O Método Rolf, é uma técnica de manipulação do tecido conjuntivo, de liberação miofascial (mio – músculo e fáscia é o tecido que recobre toda nossa musculatura) para reorganização das estruturas e suas relações no corpo.

Quando falamos estruturas, podemos dar como exemplo pescoço, cintura pélvica, joelhos, tornozelos, pés, entre outras. E como estas estruturas se relacionam e se movimentam entre si, as partes com o todo.

O Método Rolf busca “dissolver” através do trabalho manual, com pressão e calor, o que se apresenta internamente para tornar o que está sólido em gel, abrindo caminho para que tudo possa fluir e o que está enrijecido possa ser “derretido”.

 

O surgimento da integração estrutural – Método Rolf

Este método tem três bases: Osteopatia, Yoga e Homeopatia.

Na sua juventude Ida Rolf foi atingida por um coice de cavalo na caixa torácica. Como não respondia ao tratamento convencional, o médico decidiu chamar um osteopata que a ajudou a respirar novamente. Ida recuperou-se, e foi estudar Osteopatia com Thomas Morrison. E esta foi a primeira base da Integração Estrutural – onde a estrutura determina a função.

Forma e função tornam-se um todo inseparável –  os ossos são mantidos no lugar pelos tecidos: músculos, ligamentos, tendões, etc. Quando temos um músculo cronicamente encurtado, ele puxará o osso para uma posição fora da original. Então, é preciso reorganizar o tecido para liberar o osso.

A prática de Ida começou com o caso Ethel, por volta de 1940. Ida queria dar uma educação musical para seus filhos, e Ethel, que tinha a técnica musical, havia sofrido um acidente e não conseguia usar mãos e braços. Então Ethel lançou um desafio: se ela recuperasse os movimentos, ensinaria música para os filhos de Ida. Ida começou a trabalhar Ethel com os asanas de Yoga e o final foi feliz.

Ida nunca mais parou. Do Yoga tem-se a compreensão do alongamento e do equilíbrio para aumentar os espaços articulares!

A terceira grande influência do Método Rolf veio da Homeopatia, onde a ideia é que a cura está dentro do próprio corpo. O que se apresenta como problema é o sintoma mais recente e à medida que o trabalho avança, é possível chega aos problemas mais antigos até atingir o centro dele.

Foi com Grace, uma paciente que caiu aos 8 anos de idade de uma piscina vazia e bateu as costas, que Ida começou a técnica manipulativa do Método Rolf, ao tocá-la e conversar com a paciente sobre o que sentia.

O Método Rolf se tornou conhecido nos anos de 1960, no Instituto Esalen, Califórnia, nos EUA. Isto aconteceu junto ao desenvolvimento da Psicologia Humanista, como a Gestalt Therapy de Pearls, no mesmo Instituto. O Rolf não é uma abordagem psicológica, mas tem a influência deste movimento.

Ângelo Gaiarsa, psiquiatra e psicoterapeuta brasileiro, também relata sua experiência com a Integração Estrutural em seu livro “A Couraça Muscular do Caráter”. E o Prof. Nelson A. F. Coutinho nos anos de 1980 foi um dos que trouxe a técnica para o Brasil. Autor do livro: “A Mandala Viva – O Caminho de Ida Rolf e Carl Jung” (2007), que serviu como fonte para este artigo.

 

Como o Método Rolf auxilia as pessoas

O verdadeiro objetivo do Rolf é o trabalho sistêmico de reorganização corporal, sempre escutando a dor e a queixa do paciente e levando sempre em consideração tais sintomas. Composto de 10 sessões básicas para que esse caminho seja feito com calma e tempo para que o corpo absorva e metabolize o trabalho.

Nossas estruturas armazenam traumas físicos de quedas ou desconfortos, lembranças e emoções, através da memória celular. Por isso, o trabalho no tecido miofascial trata o paciente de forma holística além daquilo que possa ser consciente, trazendo alívio para tensões físicas e emocionais reprimidas, que podem ser a causa do problema (ou parte dela).

Ao longo das sessões, a pessoa se sente mais solta e livre corporalmente. Com isso faz mudanças significativas, porém cada um vai até onde necessita e consegue ir consigo mesmo. Portanto cada pessoa irá fazer seu trabalho e os resultados acontecem de forma bem particular!

Aqui mostro a vocês uma imagem dos resultados do método com uma paciente minha, depois de 7 sessões:

Guia da Alma - Método Rolf

Antes e depois do tratamento até a 7ª sessão. Antes (julho/2016): Pode-se observar a diferença de simetria nos ombros, costas e localização dos braços ao lado do corpo. Depois (outubro/2016): o alinhamento atingido é visível! Melhorou a postura, cintura escapular e os ombros ficaram simétricos. Ela emagreceu e ganhou massa muscular nos glúteos, que são a base da sustentação do quadril e da coluna. Ela não foi para academia; fez um curso prático de exercícios corporais uma vez por mês.

 

Para quem deseja conhecer mais sobre o Método Rolf e agendar um atendimento, atendo em Florianópolis, Curitiba e Joinville.

Mais informações no site: www.rolfjoinville.com.br

Telefone: (47) 99193-7199

guia-da-alma-método-rolf-rosane-klein