O amor possui inúmeras definições e é expresso das mais variadas maneiras.

Para iniciar gostaria de transcrever algumas frases respostas de crianças sobre o amor. Pois creio que o amor é essência, brota lá de dentro de cada um e estes seres são tão puros e iluminados. O amor ama a simplicidade dos gestos. Ele nunca exige e julga, infinitamente, flui:

“Quando alguém te ama a forma de falar seu nome é diferente.” Billy, 4 anos.

Quando minha avó pegou reumatismo ela não podia se debruçar pra pintar as unhas dos pés desde então é meu avô que pinta pra ela, mesmo ele tendo artrite.” Rebecca, 8 anos.

“Amor, é quando você oferece suas batatinhas fritas sem esperar que a pessoa te ofereça as batatinhas dela.” Chrissy, 6 anos.

“Amor é o que está com a gente no Natal, quando você para de abrir os presentes e os escuta.” Bobby, 5 anos.

“Há dois tipos de amor, o nosso amor e o amor de Deus, mas o amor de Deus junta os dois.” Jenny, 4 anos.

“Amor é quando seu cachorro lambe sua cara, mesmo depois que você deixa ele sozinho o dia inteiro.” Mary Ann, 4 anos.

“Quando você tem amor por alguém seus olhos sobem e descem e pequenas estrelas saem de você.” Karen, 7 anos.

“Deus poderia ter dito palavras mágicas pros pregos caírem do crucifixo mais ele não disse, isso é amor.” Max, 5 anos.

A inocente beleza em tais frases nos faz suspirar e perceber que o amor está em tudo isso. Amamos familiares, animais, flores, amigos, uma conquista ou realização. Se engana quem pensa do amor somente no sentido de ter um parceiro(a). O amor é um estado de espírito, pode ser também uma poesia ou uma pintura. É simplesmente, o que nos mantém vivos com uma incrível sensação de plenitude. O amor é você sentir-se inteiro, gigantesco como o universo.

Quem é formado pelo amor, enfrentará qualquer circunstância e por mais que o mundo seja cruel, nada afetará quem têm o intenso sentido do amar. Ninguém irá abalar aquele que é formado por tanta vivacidade e pela expressividade da alma. É no ato do sorriso que expandimos tudo aquilo que está evoluindo em nós ou pelo simples fato de mexer com cada uma de nossas estruturas, desencadeando em um sentimento nobre e sincero.

Por mais que você sofrerá muitas quedas e dores, o amor não permitirá seu sofrimento por muito tempo. O amor é cura, um ato de reconhecimento recíproco. Já dizia o poeta Luís de Camões que “o amor é fogo que arde sem se ver, é ferida que dói e não se sente”.

 

Amor: o verdadeiro sabor da vida

Definir o amor e compreendê-lo sempre atraiu muita curiosidade. Shakespeare escreveu várias obras literárias e peças de teatro, na mitologia grega e nas lendas celtas o amor também estava presente. É inegável que nas mesas dos bares e nas salas de aulas, o amor é um assunto que rendeu e rende livros, músicas, pinturas e muito mais.

Mas eu acredito que o que é realizado com amor possui um tempero diferenciado: o verdadeiro sabor da vida. Dessa forma, escrever sobre o amor é uma tarefa complexa, já que a linguagem é superficial para descrever todas as expressões desse sentimento.

O amor é harmonia e desejo de unidade, logo, viver sem amor é viver sem sentido. Para o filósofo Platão, “o amor é uma força do universo, que busca o alcance da felicidade”.

Em seu livro “O Banquete”, escrito há mais de trezentos e cinquenta anos antes de cristo, Platão mostra-nos que o ser amado é a nossa outra metade perdida. Ele conta que no início havia o homem e duplo e a mulher dupla. Isto é, cada um com quatro braços e quatro pernas e dois rostos. Sentiam-se fortes e poderosos, decidindo ir para o céu, foram punidos e foram cortados ao meio. A partir disso, cada metade possui uma carência eterna pela outra metade, sempre procurando a união, o encontro. Para tanto, há a busca pela restauração da unidade, da recomposição de sua totalidade e sua força. Por isso, o homem é um ser insatisfeito por natureza.

Há outro conceito de amor concebido pela cultura grega: o de um amor pleno, desprovido de interesse, sereno, equilibrado e altruísta. Caracterizado pela lealdade, afinidade e reconhecimento mútuo. Portanto, o amor na sua verdadeira essência é uma conexão profunda que vai além de definições, de cores, formas e sabores.

O amor é o olhar afetuoso, o sorriso acolhedor, um incrível reencontro de almas e de ressignificações transformadoras. Amor é simplesmente união, o reconhecimento da força, da luz, do amor, da historicidade de cada um. É pela imensidão energética que habita cada ser, sejamos maiores e melhores todos os dias. Afinal, somos um grande universo, somos amor.

Texto dedicado a todos os amores da minha vida.

 


Quer fazer a leitura da sua alma?

Entre em contato comigo!


 

Leitura sugerida:

“O Banquete”, por Platão – disponível na Amazon

 


 

Receba o Guia da Alma no seu e-mail!

Conteúdos para a sua evolução da consciência, uma vez por semana.




 

Compartilhe!

Elisa Frana

Estudante de medicina, escritora de almas e pesquisadora.

icones 6
icones 0

Estudante de medicina e escritora. Um pedacinho de universo, apaixonada por música, poesia e pela historicidade da mente humana e essência da vida. Com a energia mais penetrante que habita a sua alma, busca relatar amostras de seus sentimentos e reflexões. Internalizando toda e qualquer situação, desaguando em versos o amor.

...

Comente! Queremos saber o que você pensa.

Nossos Parceiros:

guia da alma - lua peregrina
guia da alma - aldeia indigo
tranquility-pra-voce
mezcla photos
anahata-world
guia-da-alma-kaygangue-parceiros