Vidas passadas: sinais, reflexões e terapias!

Jornadas ancestrais: desvendando sinais, reflexões profundas e terapias para vidas passadas.
imagem de vidas passadas na constelação familiar
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Daniela Curty Saad
4.3/5 - (64 votos)

Em uma jornada espiritual e terapêutica, explorar as intricadas conexões entre as vidas passadas e o presente torna-se uma ferramenta valiosa para compreendermos desafios e padrões em nossas vidas.

Desde a crença na reencarnação até as terapias que buscam acessar essas memórias, o entendimento das vidas passadas pode proporcionar insights profundos sobre questões emocionais, doenças e relacionamentos.

Neste mergulho nas experiências pregressas, revelam-se tramas complexas de resgates cármicos, padrões repetitivos e a oportunidade de cura.

Vamos explorar os sinais, terapias e reflexões que emergem quando se desvelam as camadas do passado, lançando luz sobre o caminho para um presente mais equilibrado e harmonioso.

Sou Daniela Saad, terapeuta sistêmica Guia da Alma. Boa leitura!


Vidas passadas existem?

imagem de Vidas passadas existem

Foto: Alpgiray Kelem – istock

Muitas crenças religiosas e espirituais acreditam que, como espíritos em evolução, precisamos passar por várias existências e períodos na Terra, para o nosso pleno desenvolvimento e crescimento espiritual.

Eu sou uma dessas pessoas, desde criança acredito em reencarnação.

Tenho um pai ocultista, que me passava muitos ensinamentos.

Já tive vislumbres naturais de outras personalidades que integram minha experiência. Estudei o kardecismo na juventude e também explorei a ciência holística por meio de participação em diversas ordens e grupos de estudos espirituais.

O conjunto desses estudos e vivências, aliados às minhas próprias percepções de vida, da divindade, minha conexão interna com informações e canalizações que recebo do Universo e também minha própria abertura de canais intuitivos e psíquicos, me levam não só a crer que esta não é minha primeira experiência na Terra, como também a trabalhar com este tema, em minhas terapias.

Costumo dizer que a Terra é como uma escola. E toda escola tem suas séries, etapas, provas.

Assim, cada vida em que precisamos regressar aqui é como uma série que vamos avançando no colégio…

Quando não aprendemos genuinamente uma lição, voltamos e repetimos a mesma vivência, até assimilarmos esse aprendizado. É como repetir de série na escola…

Quais os sinais de vidas passadas? 6 sinais do passado no presente!

imagem de Quais os sinais de vidas passadas? 6 sinais do passado no presente!

Foto: João Bidu – Shutterstock

Veja mais!

1. Amor mal resolvido de vidas passadas

ícone de Amor mal resolvido

Eu mesma tinha algumas questões em minha vida que sentia que não tinham origem total nesta vida atual, questões muito arraigadas e fortes, de difícil resolução.

Procurei, então, um terapeuta regressionista, que me conduziu a reviver algumas vidas anteriores minhas, onde estariam as raízes das causas emocionais dessas questões.

Em uma delas, eu era uma mulher grega e estava profundamente apaixonada por um jovem soldado romano.

Minha família era contra este relacionamento.

O jovem me procurou, numa praia, para que pudéssemos fugir juntos.

Eu, por medo da reação dos meus pais e de me encontrarem, recuei.

Ele foi embora, triste e frustrado.

Anos depois, ele está já casado e me procura novamente, dizendo que a esposa é até boa, mas que amava a mim.

Com o coração na mão, eu disse: “Não faça isso com sua esposa, não vou me sentir bem se desfizer seu casamento”.

E, mais uma vez, ele se foi, confuso e sem saber porque não conseguia ficar junto à mulher amada.

O tempo se passa, estou já casada e ele me procura mais uma vez.

Pela terceira vez, eu o rejeito, incapaz de abandonar um marido bom, com quem eu tinha uma relação harmoniosa e estável, apesar de ser o meu soldado romano que eu amava profundamente…

Nesta vida, nos reencontramos.

Foi uma paixão fulminante, inexplicável.

Dois meses que pareciam uma vida, de tão intensos.

Porém, assim como apareceu, se retirou de minha vida… deixando-me uma sensação de abandono e vazio…

Com esta regressão, pude entender a causa de sua rejeição… era um balanço, um resgate cármico de uma vida em que o rejeitei por três vezes, mesmo o amando profundamente.

Por medos e inseguranças na juventude e por uma bondade intrínseca e dificuldade de olhar para a minha própria felicidade, sempre me preocupando com o sofrimento que iria acarretar a outros.

Nesta vida, ele só precisou de uma rejeição, e bem forte… para tudo se equilibrar.

2. Doenças que vêm de vidas passadas

ícone de Doenças

Também veriquei a causa de uma doença autoimune atual, que inflama minhas articulações e enrijece meu corpo.

Voltei à uma vida em que fui um menino na Europa do século 17, com pai alcoólatra, que batia em minha mãe, deixando-me muito revoltado.

Fugi de casa e comecei a roubar, até evoluir para assaltante de carruagens.

Numa dessas, fui preso e colocado em uma masmorra, fétida, escura e sozinho.

Mas o pior era uma corrente com um bola de peso, dessas de desenho animado, que ligava o meu punho ao meu tornozelo.

Era tão curta, que eu não conseguia ficar ereto.

Precisava passar o dia sentado, encostado na parede e dormia na posição do Enforcado, do tarot, com uma perna cruzada sobre a outra.

Com o tempo, minha coluna foi se deteriorando e deformando.

Era um resgate cármico dos meus anos de crime e violência.

Na prisão, eu obtive muita visão espiritual e clareza, me redimindo dos atos negativos.

Porém, minha esposa, fora da masmorra, não aguentando ver meu sofrimento físico, enviou-me uma maçã envenenada, encurtando minha vida e minha provação.

No plano espiritual, vejo-me conversado com representantes reencarnatórios, que me dizem ser necessário eu regressar com uma doença que será a representação dos 10% que ainda faltavam desse resgate cármico… minha doença autoimune: espondilite anquilosante.

3. Carma de vidas passadas

ícone de Carma de vidas passadas

Muitas vezes, trazemos questões e padrões de experiências negativas e traumáticas de outras vidas.

Também vivenciamos resgates cármicos em nossas dinâmicas internas e relacionais.

Eles são uma espécie de contrabalanço a atitudes negativas que fizemos em vidas regressas.

Se abandonamos um filho, ele pode voltar como nosso pai e este pode ser frio, distante, arredio.

Se cometemos homicídio contra uma pessoa, ela pode voltar como uma irmã com quem você tem grandes dificuldades de se relacionar.

Os resgates cármicos vêm como uma forma de redenção e de aprendizado de vivências passadas em desalinho.

4. Reencontro de vidas passadas e com almas gêmeas

ícone de Reencontro de vidas passadas e com almas gêmeas

Como relatei antes, geralmente voltamos a conviver com pessoas com quem tivemos uma história, em vidas passadas, para balanços cármicos e aprendizados, comumente representadas por nossa família primordial e pessoas próximas.

Também há o caso de reencontrarmos uma alma gêmea mais compatível, no momento, para continuarmos o processo de crescimento com elas.

Quando reencontramos uma alma gêmea e em algum ponto de nossas jornadas nos separamos, pode ser a última vida que teremos com ela, já que o processo de desenvolvimento é finito com elas.

(Já vimos que a parapsicologia afirma termos 33 almas gêmeas).

De outra forma, uma nova alma gêmea pode se iniciar nesta vida, iniciando um novo processo de desenvolvimento e crescimento com ela.

Por isso, a importância de não nos apegarmos a esses rótulos, de alma gêmea e chama gêmea, que podem acabar sendo aprisionadores, caso não haja satisfação e felicidade reais nas trocas com elas.

Recomendo sempre, na terapia, sendo alma/chama gêmea ou não, a saída é sempre cuidar de si, de sua saúde mental, do seu processo de cura, de recuperação do amor-próprio e empoderamento pessoal, recobrando a energia do amor em si, a amorosidade real, que emana de nós e descola qualquer tipo de dependência emocional à pessoa com quem nos relacionamos.

Se não for alma gêmea, esse processo de cura lhe trará clareza, independência e recuperação energética; se for chama gêmea, por exemplo, todo o processo terapêutico que você fizer para si mesmo(a) irá reverberar no(a) outro(a) e na dinâmica.

Por isso, para relacionamentos difíceis com alma/chama gêmea, é sempre recomendado fazer terapia (de preferência holística, que abrange o espiritual).

5. Sonhar com vidas passadas

ícone de Sonhar com vidas passadas

Provavelmente, já sonhamos muitas vezes com trechos de vidas passadas nossas.

Sonhar com eles pode ser um sinal de nosso inconsciente de que há questões vividas nessas vidas que ainda estão reverberando em nós e nos trazendo associações negativas, crenças limitantes, bloqueios e dificuldades.

O sonho é uma forma de nos conectar com o nosso interior e com a necessidade de trabalhar essas questões.

Após sonhos desse tipo, pode-se sentir uma vontade inexplicável de realizar uma regressão de memórias ou até sessões de terapia, porque há um chamado de dentro de teu ser para se curar e liberar essas questões.

Quando você tem consciência de que um sonho remete à uma vida passada, isso mostra que você está bem conectado(a) com a sua essência, e é um passo inicial para a consciência emocional de seus males atuais.

Há muitos relatos de pessoas que sonham com seus próximos amores, antes mesmo de encontrá-los, visualizam rostos, conhecem a personalidade…

Isso mostra que, provavelmente, são relacionamentos de outras vidas e que o reencontro está próximo.

6. Reverberações de vidas passadas na vida atual

ícone de Reverberações de vidas passadas na vida atual

Como vimos, muitas vivências negativas e traumáticas do passado reverberam para a vida atual, trazendo-nos bloqueios, doenças, dificuldades de relação, fobias e impasses nas diversas áreas de nossas vidas.

A regressão traz muita clareza e consciência para compreendermos essas situações desafiadoras no presente.

Mas, além de desvelarmos histórias antigas, torna-se necessário liberarmos essas vivências, traumas e associações negativas e empacantes que possamos ter trazido de vidas anteriores.

Como saber minhas vidas passadas?

imagem de Como saber minhas vidas passadas?

Foto: George Diebold Photography

Confira!

Regressão de vidas passadas

ícone de Regressão de vidas passadas

A regressão é uma forma terapêutica muito recomendada para acessarmos uma vida passada, principalmente quando sentimos que há alguma questão em nossas vidas que não tem origem nesta atual.

Podem ser doenças crônicas desde a infância, amores mal resolvidos, relações extremamente difíceis, bloqueios em determinada área de nossas vidas…

O terapeuta conduz o cliente, de forma consciente, a acessar as memórias de uma outra vida, a qual possa ter a chave, a causa emocional e primordial para a questão trazida ao atendimento.

Ao revisitar memórias e vivências, o consultante pode entender melhor o que aconteceu no passado, correlacionar com pessoas de sua vida atual, e compreender melhor porque certas dinâmicas familiares e sociais acontecem.

Outras terapias de vidas passadas

ícone de Terapias

  • Tarot e Oráculos

A regressão não é a única forma de se acessar uma personalidade regressa sua.

Em minha trajetória como terapeuta holística e espiritual, eu comecei acessando uma vida passada com o auxílio das cartas de Tarot.

Seus símbolos, traduções e significados iam me contando uma história, vivida pelo(a) consulente.

Claro, com o Tarot não dá para ser preciso e exato, dizer exatamente a data da vida regressa, ou que personalidade o(a) consultante foi, mas conseguíamos ir no âmago da questão: que tipo de dinâmica meu cliente viveu, que tipo de desafio e traumas pode ter passado.

Após, trazíamos cartas e oráculos de aconselhamentos para lidar com a questão trazida.

Agende comigo uma sessão online de Tarot e Oráculos 🙂

  • Constelação Familiar

Quando adicionei a técnica da constelação familiar sistêmica às minhas ferramentas holísticas, um novo portal se abriu em minha vida, e comecei a acessar vidas passadas na dinâmica dos bonecos, na água.

Suas interações, a canalização de sentimentos, pensamentos e dinâmicas vivenciadas, me propiciavam entender quais vivências passadas em desequilíbrio e originárias de questões desafiantes atuais estavam se revelando.

Leia também: 40 Frases: Constelação Familiar de Bert Hellinger

  • Registros Akáshicos

Com o tempo, a Espiritualidade me trouxe uma nova forma de acessar essas vivências de nossas personalidades regressas: os Registros Akáshicos.

Eles são camadas cósmicas em nosso campo energético, reunindo memórias, emoções, experiências e situações vividas em outras eras.

É como uma biblioteca de vivências de nossas outras personalidades, em nosso campo mais sutil.

Em uma sessão terapêutica de leitura de registros akáshicos, acessa-se trechos traumáticos de outras vidas que estejam trazendo bloqueios e dificuldades para a vida atual do consultante, inclusive atrasando o seu caminhar rumo à descoberta e vivência de seu propósito de alma.

Posso relatar alguns casos interessantes de clientes meus que descobriram origens para suas questões que não faziam ideia, e de como cada vivência pode reverberar e trazer associações negativas diferentes para cada pessoa.

Num registro de uma cliente com compulsão alimentar, vejo ela como um homem em uma prisão.

Quando queria comer, ele batia uma colher na grade para pedir comida ao guarda, mas nem sempre ele trazia.

Aqui, uma associação de comer muito por medo de passar fome novamente.

Em outro, uma cliente quer entender a origem de um câncer de mama.

Vejo-a como um soldado, sendo morto e ferido no peito com uma lança do inimigo.

O rancor e falta de liberação de mágoas trouxe um nódulo energético na área ferida que, com o tempo, se materializou em um câncer na região.

Em outra situação, uma mulher me traz uma dificuldade em engravidar.

Vejo-a em uma vida como escrava, sendo conduzida por uma corda, amarrada em sua barriga e unida a outros escravos, em fila indiana.

O escravizador puxava a corda e apertava o seu abdômen.

Aqui, a associação de que sua barriga, seu útero, não é um lugar confortável e seguro para abrigar um(a) filho(a), gerando uma dificuldade inconsciente de ser mãe.

Em outro caso, uma moça quer entender sua compulsão por sexo.

Vejo-a em outra vida, sendo enforcada, e sua família tem uma responsabilidade nisso.

A sensação, no momento de sua morte, é de abandono e solidão extrema.

O sexo, nesta vida, é uma forma de compensar este vazio, tendo o corpo de outras pessoas como uma forma de espantar a solidão interna e sentimento de rejeição.

Inclusive, ela me relatou ter uma preferência por apertarem o seu pescoço, no ato sexual… cada pessoa faz as suas associações dos traumas e traz as suas reverberações, inclusive como preferências ou desagrados.

Vidas passadas x Ancestralidade

ícone de Ancestralidade

Há uma linha de consteladores sistêmicos com uma boa abertura para analisar vidas passadas como cenário de origem para questões atuais e sistêmicas.

Não preciso nem dizer que sou uma delas, não é?

Isso porque tendemos a repetir padrões negativos não só de nossos ancestrais, como indicam as leis sistêmicas, mas também os nossos próprios, por hábitos antigos de outras personas nossas.

 

Vidas passadas e Constelação Familiar: qual a relação?

imagem de Vidas passadas e Constelação Familiar: qual a relação?

Foto: Sonja Filitz – istock

Outro fato interessante é que acredito que tendemos a encarnar em núcleos familiares e sociais repetidos, como forma de realizar os resgates cármicos acima citados e também pela lei da atração e ressonância, de que honramos nossos ancestrais vivenciando seus hábitos e condutas.

Ou seja, reencarnando na mesma ancestralidade, estamos revivendo padrões não só de nossos ancestrais como os nossos próprios, pois podemos ser a reencarnação de um bisavô ou tataravô nosso.

Dessa forma, a vida passada e a constelação estão muito interligadas.

Ao realizar uma sessão de constelação familiar online e um cliente traz o tema de depressão, eu coloco âncoras no campo mórfico para identificação de origens emocionais para infância, ancestralidade e vidas passadas.

Deixo o campo ancestral dele(a) me mostrar onde é o caminho de busca dessa questão.

Nessa matéria, pudemos perceber que há várias ferramentas terapêuticas para acessarmos e tomarmos consciência de outras vidas nossas, para trazer à luz origens de questões atuais.

Mas o processo terapêutico completo em torno de regressão à vidas passadas é também o pós…

Fazer a liberação desses traumas, vivências, e associações negativas torna-se de extrema importância, para que o(a) cliente não comece a lidar com as pessoas dessa vida como uma continuação do que acessou numa anterior… ou, então, que fique sem saber como lidar com tantas informações, sem saber como processar tudo em sua mente e vida presente.

Nesse momento, utilizo a constelação sistêmica como uma profunda ferramenta para liberar vidas passadas e amenizar resgates cármicos.

Através das falas sistêmicas, podemos liberar memórias dolorosas e mágoas acerca da vivência tratada, desbloqueando a área da vida atual empacada, liberando também rancores, desejos de vingança em si e em pessoas envolvidas, para que todos possam seguir em frente e viver o momento presente com mais clareza e harmonia.

Então, é possível utilizar as vidas passadas na constelação familiar de diversas formas:

  • Constelando uma regressão que o(a) cliente fez previamente e traz à sessão;
  • Fazendo uma leitura de registros akáshicos e constelando todos eles para liberação e harmonização de traumas;
  • E ao identificar origens de problemas atuais, caso apareça uma vida passada como causa, já constelá-la imediatamente, para resoluções e que o cliente(a) possa, enfim, deixar o passado no passado.

Sobre os dois exemplos de regressões vivenciadas por mim, relatadas no artigo, o simples tomar conhecimento da causa, me trouxe muita paz, entedimento e aceitação para as questões tratadas.

Constelando a doença, posteriormente, encontrei mais duas origens: uma na infância e outra na ancestralidade, mostrando como até as vivências negativas se interligam com as necessidades de resgates cármicos, um atraindo o outro.

Após constelar todos esses temas, pude trazer uma liberação de mágoas, desbloquear o que estava travado, trazendo uma melhor convivência com essas questões desafiadoras em minha vida, mudando o olhar para elas e também, por atração e ressonância, atraindo, no caso da doença, tratamentos e medicamentos mais corretos para o meu caso, trazendo-me um maior alívio e amenização dos sintomas.

Sobre todas essas questões retratadas nesse artigo, eu realizo a leitura de registros akáshicos, constelo uma vida regressa acessada por você e também realizo atendimentos de constelação sistêmica inserindo a vida passada como origem.

Deixo-lhe uma reflexão:

“Não procure saber o futuro.

Pegue as rédeas de sua vida, empodere-se como co-criador(a) consciente e tenha em mente que tudo o que vivemos, nós criamos, em algum momento do passado.

E é olhando e curando o passado, que pode-se ter um presente mais harmonioso, criando uma nova realidade e direcionando você para um futuro mais próspero e feliz.”

4.3/5 - (64 votos)

Sou Terapeuta Sistêmica, trabalho com a Constelação na água, tarot, numerologia,registros akáshicos, dinâmica de Chamas Gêmeas e mais. Auxilio você a buscar origens emocionais de problemas atuais e liberá-los, trazendo maior harmonia, leveza e prosperidade em sua vida!

AGENDAR!

Atende online

Mais terapias de Daniela Saad - Rota Terapêutica

  • CONSTELANDO SEU ANIMAL DE ESTIMAÇÃO – Combo Constelação familiar + tarot terapêutico

    Online em Videochamada
    R$240,00
    Daniela Saad - Rota Terapêutica
    (57)
    Terapeuta Certificado
    215 terapias realizadas
    Play
  • DESBLOQUEIE O DINHEIRO – Constelação na água e registros akáshicos

    Online
    R$240,00
    Daniela Saad - Rota Terapêutica
    (57)
    Terapeuta Certificado
    215 terapias realizadas
    Play
  • TAROT OFFLINE – Tiragem rápida – Envio de foto das cartas e áudio com a interpretação

    R$80,00
    Daniela Saad - Rota Terapêutica
    (57)
    Terapeuta Certificado
    215 terapias realizadas
    Play
Ver Perfil de Terapeuta