Crise no relacionamento afetivo: como superar e prevenir?

Dicas essenciais para dar a volta por cima!
crise no relacionamento - casal chateado

Uma crise de relacionamento pode trazer diversas emoções à tona. É preciso buscar lidar com elas da melhor forma possível para que o problema seja resolvido de maneira harmoniosa.

Você não está sozinha nessa! Vem comigo descobrir as melhores formas para superar uma crise no relacionamento afetivo 🙂

Sou Adriana Mantana, terapeuta integral e holística, mentora afetiva. Boa leitura!


 

Crise nos relacionamentos afetivos

crise no relacionamento

As crises nos relacionamentos não acontecem de um dia para o outro, a verdade é que o desgaste acontece dia a dia, mês a mês e ano após ano. Um desconforto aqui, outro acolá e você tem uma receita perfeita para uma crise no relacionamento daqui um tempo.

Ninguém deseja passar por uma crise no relacionamento afetivo, no entanto o que é preciso fazer para:

  1. Prevenir;
  2. Sair da crise no relacionamento quando ela surgir.

Antes de entrar nos detalhes deste artigo como começar pelo início: antes de conhecer o seu parceiro como era a sua vida? O que você costumava fazer?

Qual a razão destas perguntas? Fazer você refletir sobre você e a sua própria vida.

Atendo várias mulheres todos os dias e noto que principalmente as mulheres, tem uma propensão maior em se perder na vida a dois.

Não quero dizer com isto que os homens não passam por isto. Eles passam, no entanto o número dos homens é reduzido em relação a isto.

Pode ser também porque as mulheres tendem a buscar ajuda com mais facilidade do que os homens. Enfim, não vou me prolongar neste assunto, pois foge do tema central deste artigo que é crise nos relacionamentos.

Voltando as perguntas que te fiz acima, o fato é que ao entrar em uma relação a primeira coisa a se fazer para evitar uma possível crise é prevenir. “E como fazer isto?” você pode estar se perguntando agora, então vamos lá…

 

Como prevenir e superar uma crise no relacionamento?

crise no relacionamento

  1. A primeira coisa é estar centrada em você e nos seus valores.
  2. A segunda é não perder a sua identidade e jeito de ser.

Vou explicar melhor estes dois pontos:

Quando você perde o seu centro para colocar o seu parceiro em um pedestal, você começa a notar os pequenos sintomas. Como por exemplo:

  • Ele passa a não te respeitar como antigamente;
  • Deixa de te valorizar;
  • Não liga para a sua opinião, etc.

São só alguns exemplos, não vou prolongar aqui, pois a lista é bem grande.

O mesmo acontece com a questão da sua identidade. Quando ele te conheceu, você era você. Autêntica e fazia as coisas que gostava de fazer.

Com o inicio da relação, de acordo com os meus atendimentos e os relatos de minhas clientes e até alunas (ministro cursos de formações), elas dizem que deixaram de fazer determinadas coisas pois começaram a passar mais tempo com o parceiro, atendendo inclusive as necessidades dele.

Ou seja, começaram a praticar o autoabandono. Se deixando de lado, para atender os anseios dele. Isto na prática tem um péssimo efeito.

Então eu começo ouvir no decorrer das sessões:Adriana, o relacionamento esfriou o meu relacionamento agora está conturbado, ou até mesmo complicado”, elas dizem.

 

1. Preserve a sua identidade própria

crise no relacionamento

Resumindo o primeiro ponto: não se deixe de lado. Se você gosta de sair com as suas amigas, saia. Se você gosta de ler, ir na academia, pintar ou qualquer outra coisa, faça. Não se deixe de lado.

Saiba que para uma relação dar certo e ser significativa, você precisa ser você e o seu parceiro, ele. 

Costumo dizer que uma relação é uma tríade: Você + Ele + Relacionamento.

O que acontece na imensa maioria dos casos é que as mulheres se deixam de lado e focam somente nele e no relacionamento, esquecendo de viver a própria vida.

Com o tempo o relacionamento vai esfriando ele vai perdendo o interesse, as brigas começam acontecer com mais frequência, ciúmes, traições e a relação acaba terminando, ou entrando em uma crise dolorosa e complicada.

Entenda que o bem mais precioso que você tem é a sua identidade, sem ela você fica totalmente sem direção e totalmente a mercê dos caprichos do outro.

Para entrar em um looping de relacionamento abusivo é daqui para ali.

Portanto as palavras chaves aqui são: Preserve a sua identidade própria.

Ao preservar a sua identidade própria você se blinda contra as crises no relacionamento.

Agora se você chegou até aqui porque já está com a crise no relacionamento batendo em sua porta, seja pelo motivo que for vou aprofundar um pouco neste assunto.

 

2. Libere as mágoas

crise no relacionamento

Como eu disse no início deste artigo, uma relação afetiva não entre em crise do dia para a noite.

Trata-se de algo que foi construído: desrespeito, brigas, abuso, traição e qualquer outro gatilho negativo pode ter sido responsável por desencadear uma série de problemas que não foram resolvidos. 

Sugiro que liste quais são as suas principais dores com relação ao seu parceiro. 

Em seguida comece a trabalhar em você a paz e o equilíbrio, para na sequência, chamar seu parceiro para uma conversa amorosa e gentil.

Não adianta falar estando nervosa, magoada e triste. Isto não funciona. Acredito que você inclusive já deve ter feito isto.

Quando você tenta conversar com alguém alterada, o outro levanta uma barreira de defesa o que impede que suas palavras cheguem até ele. 

Neste caso o objetivo de resolver a crise no relacionamento não é atingida pois os dois estão na defensiva e magoados.

Por isto, sugiro para você listar e trabalhar em você suas dores, mágoas e traumas!

Continue aqui comigo porque no final vou te mostrar um possível caminho caso esteja realmente cansada desta situação e deseja ter resultados melhores e, principalmente, paz a dois.

 

3. Evite esses comportamentos que podem afetar seu relacionamento

crise no relacionamento

Agora vamos aos 3 comportamentos que podem afetar e até mesmo aumentar a crise no relacionamento:

  1. Mentiras, gritos e brigas;
  2. Repetição de padrão comportamental dos pais;
  3. Traições.

A boa notícia é que é possível sair de uma crise no relacionamento.

Na imensa maioria dos casos não é preciso partir para o rompimento, desde que você realmente atue na causa e, o principal, tenha ajuda para sair desta situação.

Lembrando que ao identificar as mágoas, ressentimentos e traumas, você consegue partir para a limpeza, desprogramação e ressignificação. 

A partir daí você será capaz de dialogar com o seu parceiro de forma natural, sem a costumeira raiva e neste caso poderá resgatar a sua relação, restabelecendo a paz e a harmonia a dois.

Caso você realmente queira melhorar o seu relacionamento e já não sabe mais o que fazer, pois já tentou de tudo. Pode optar em agendar uma sessão de terapia comigo!

Nela vou identificar junto com você quais são as principais dores, promover a limpeza e ressignificação. Para verificar a disponibilidade de horários e partir para um próximo nível em sua relação a dois agendando:

Terapeuta Integral. Terapeuta ThetaHealer® DNA Básico e Avançado, Cromoterapeuta, Cristaloterapeuta, Religação Quântica Curativa®, Floral de Bach, Facilitadora de Barras de Access™, Mestre em Reiki Usui, Consteladora, Renascedora, Operadora de Mesa Radiônica e Radiestesista.

AGENDAR!

Atende online