Como reprogramar a mente com o ThetaHealing: libere crenças limitantes!

Descubra o poder do ThetaHealing para liberar crenças limitantes e transformar sua mente em uma fonte de crescimento e bem-estar.
mulher em como reprogramar a mente
Terapeuta Certificado
Mais terapias de Luiz Andre Zampieri
5/5 - (2 votos)

Você está cansado de se sentir preso às suas próprias crenças limitantes e quer saber como reprogramar a mente para modificar esses padrões?

Quer se libertar dos padrões de comportamento que o estão impedindo e criar uma vida repleta de abundância e alegria?

O ThetaHealing é uma técnica poderosa que permite reprogramar sua mente e liberar essas limitações autoimpostas.

Ao acessar o estado de ondas cerebrais theta, você pode explorar o poder da sua mente subconsciente e transformar crenças arraigadas que não servem mais para você.

Neste artigo, exploraremos como o ThetaHealing funciona e como ele pode ajudá-lo a superar a dúvida, o medo e os padrões de pensamentos negativos.

Prepare-se para embarcar em uma jornada de autodescoberta e capacitação ao mergulharmos no mundo transformador do ThetaHealing.

Quer você esteja buscando crescimento pessoal, melhores relacionamentos ou sucesso na carreira, o ThetaHealing oferece uma abordagem holística para criar mudanças duradouras e liberar seu verdadeiro potencial.

Prepare-se para liberar o poder de sua mente e abraçar uma vida repleta de possibilidades ilimitadas.

Sou Luiz Andre Zampieri, terapeuta e instrutor de ThetaHealing® no Guia da Alma. Boa leitura!

Agende uma sessão de ThetaHealing!

Terapeutas Guia da Alma estão te esperando!


O que são crenças limitantes?

imagem de o que são crenças limitantes

Foto: azerbaijan_stockers – Freepik

Às vezes, ouvimos por tanto tempo que não merecemos ser amados, que não somos dignos e que jamais conseguiremos ter uma vida perfeita, que passamos a acreditar piamente nisso.

Essas crenças limitantes profundas se enraízam em nós, e não importa o quanto nos digam que merecemos viver plenamente, acabamos evitando tomar decisões e fazer escolhas, pois acreditamos (ou melhor, tememos) que tudo dará errado.

Afinal, parece que sempre que tentamos agir por conta própria, as coisas não saem como esperado… E, no fundo, sabemos que se algo der errado, não queremos nos culpar, então transferimos a responsabilidade de nossas escolhas para os outros, muitas vezes por medo ou por estarmos feridos… No entanto, é importante saber que é possível mudar isso.

Nosso sistema de crenças pode se tornar perturbador em certos momentos, e nos sentimos constantemente inadequados, como impostores, incapazes…

Perdi a conta de quantos atendimentos realizei em que pude observar as pessoas patinando em suas próprias vidas, sentindo-se erradas, apagando sua própria luz por vergonha ou culpa de se mostrarem ao mundo, sabotando sua própria existência.

Hoje, compreendo que só pude atender a todas essas pessoas porque vivi essas experiências em minha própria vida.

Crenças limitantes: exemplo

ícone de Crenças limitantes: exemplo

Vou contar a você uma história.

Ela começa com um jovem que cresceu no interior ao lado de sua mãe e avó.

No entanto, essa convivência gerou conflitos inconscientes relacionados à autoridade, pois ambas disputavam quem tinha controle sobre a vida dele durante seu desenvolvimento.

Muitas vezes, tanto ele como seu irmão apanhavam, pois suas mãe e avó competiam para mostrar quem tinha mais poder sobre eles.

Somente aos quase trinta anos de idade, ele conseguiu compreender os problemas psicológicos que isso acarretou em suas vidas. Foram programados com superprotecionismo disfuncional e exagerado.

Essa história tem o propósito de trazer uma breve compreensão sobre como são criados os programas de crenças disfuncionais.

Recebemos estímulos dolorosos que internalizamos como grandes verdades, como:

  • “É mais seguro não tomar decisões”;
  • “É mais seguro fazer apenas o que nos mandam”;
  • “É mais seguro não chamar atenção”;
  • “É mais seguro ficar quieto e escondido”;
  • “Eles nunca estão felizes, então se mostrarmos que estamos bem, seremos rejeitados e atacados”;
  • “Se conseguirmos algo bom, causaremos inveja e remorso…”

Essas crenças causam um dano catastrófico em nossas sinapses cerebrais, levando-nos a acreditar que não merecemos uma vida positiva e alegre. Sentimo-nos incapazes de obter o que desejamos sem a necessidade de compensações ou culpa.

Esses condicionamentos são úteis e necessários quando vivemos em contextos específicos, pois protegem nosso psicológico de problemas maiores.

Porém, é essencial entender o que são esses condicionamentos.

Eles são algo que nosso cérebro aprende a repetir automaticamente, como roer as unhas ou ter medo de perder o emprego.

Criamos janelas no nosso subconsciente associadas a memórias dolorosas e traumas, cujo objetivo é nos proteger de situações que possam trazer novamente esse sofrimento.

É quase romântico visto do ponto de vista psicológico, mas a parte triste é que esses condicionamentos estão profundamente enraizados em nosso inconsciente, tão intrínsecos quanto respirar, ir ao banheiro ou a forma como movimentamos nossas mãos.

Dessa maneira, quando temos um condicionamento que associa a sensação de culpa com o sofrimento, estamos fadados a nos ferir repetidamente até encontrarmos a primeira janela que originou todas essas associações e emaranhados inconscientes.

Faz sentido pra você?

Como reprogramar a mente com o ThetaHealing

imagem de Como reprogramar a mente com o ThetaHealing

Foto: Freepik

Durante meus atendimentos, percebi que a maioria das pessoas não compreendia as programações que eram feitas em seu próprio inconsciente.

Tenho uma preferência por pessoas questionadoras, pois geralmente possuem uma mente livre de dogmas e programações pré-concebidas advindas de ambientes invalidantes.

No entanto, há um problema quando alguém carrega um trauma profundo de traição, levando essa pessoa a perder a confiança em todos os outros, fechando-se completamente para novos caminhos de vida e questionando excessivamente por medo, domínio e controle.

Para ajudar essas pessoas a acreditar que trabalhar seu inconsciente é o caminho para a melhora, é importante trazer a perspectiva dos resultados que suas ações estão gerando em suas vidas cotidianas.

Se você se encontra preso em um problema, subindo um muro após o outro, e todos eles desmoronam, provavelmente não se trata apenas de uma questão consciente.

É possível que você precise de ajuda para resolver aquela parte do seu cérebro que criou esse padrão repetitivo até hoje.

Se isso ressoou com você, saiba que posso ajudá-lo a descobrir no seu inconsciente mais profundo, de onde surgiram e para que servem as crenças que estão prejudicando sua vida.

Nessa sessão, utilizarei técnicas terapêuticas para auxiliá-lo a curar as feridas emocionais e reconectar-se com a vida.

Além disso, você também pode fazer o curso de ThetaHealing comigo e aprender a incorporar essa ferramenta em sua vida ou passar por um atendimento individual.

Conte comigo! Estou aqui para ajudar você em sua jornada de autodescoberta. 🙂

5/5 - (2 votos)

Sou Luiz Andre Zampieri, Terapeuta, Professor de Reiki, ThetaHealing® e mentor do Método Eu Superior®. / Minha missão é te ajudar a Se Conectar com Seu Eu Superior, desenvolver a sua intuição para se ajudar e ajudar as pessoas como terapeuta através do Método Eu Superior®.

AGENDAR!

Atende online

Agende uma sessão de ThetaHealing!

Terapeutas Guia da Alma estão te esperando!

Mais terapias de Luiz Andre Zampieri

  • curso thetahealing

    Curso de Thetahealing® DNA Avançado – Online – de 24 a 26 de Maio

    Online
    R$1.487,00
    Luiz Andre Zampieri
    (85)
    Terapeuta
    630 terapias realizadas
    Play
  • curso saint germain

    Curso da Chama Violeta de Saint Germain (EAD) à distância

    Online
    R$170,00
    Luiz Andre Zampieri
    (85)
    Terapeuta
    630 terapias realizadas
    Play
  • Tire dúvidas sobre cursos de Reiki, Karuna Reiki, Chama Violeta, TeraMai Reiki e ThetaHealing

    Online
    GRATUITO
    Luiz Andre Zampieri
    (85)
    Terapeuta
    630 terapias realizadas
    Play
Ver Perfil de Terapeuta