Como ter uma Vida Sustentável em 10 passos!

Simples mudanças de hábitos que podem salvar o planeta. Comece agora!
Mulher com flores - Como ter uma vida sustentável em 10 passos

O que é ser sustentável para você?

Por muito tempo a palavra “sustentabilidade” soava como algo inalcançável ou exclusiva das aulas de ciências, mas os constantes alardes ambientais que têm afetado mundo afora fez com que a sustentabilidade se tornasse pauta urgente no cotidiano.

Como podemos salvar o planeta e reverter as nossas ações?

Desde 1972, com o nascimento da ONU Meio Ambiente, reverter o impacto humano na natureza tem sido uma meta global, e a Agenda 2030  orienta autoridades globais por onde começar. Mas nós, sociedade civil, também podemos – e devemos! – participar dessa mudança. 

Pensando nisso, listamos alguns passos para ter uma vida mais consciente, responsável e sustentável.  Confira 10 passos de como ter uma vida sustentável!

 

1. Informe-se!

mão verde com planta

Fotos: Pexels

A informação é sempre o início para qualquer transformação. Muitas vezes, simplesmente não sabemos por onde começar nem temos a consciência de que nossos hábitos interferem tanto na vida natural. 

Por isso, se você está aqui lendo este texto com dicas para ser mais sustentável, saiba que você já deu o primeiro passo. 

Acompanhe os canais de informação, principalmente especializados em meio ambiente, e esteja por dentro dos movimentos sociais da sua cidade. 

Onde você mora existe coleta seletiva? Já pesquisou a procedência do que você consome? Quanto tempo leva para seu acessório se decompor na natureza? 

A internet é uma ótima amiga nesse processo.

 

2. Alimente-se bem

vida sustentável - alimentação saudável

Você sabia que a forma como você se alimenta impacta não só na sua saúde mas também na saúde do meio ambiente?

Isso porque a indústria alimentícia é gigante e nem sempre responsável com a sustentabilidade.

Alimentos ultraprocessados, de grandes empresas, são produzidos em larga escala  em áreas desmatadas e muitas vezes com agrotóxicos e conservantes sintéticos que não fazem bem para nosso organismo e contaminam o solo.

Por isso, sempre que possível, escolha os alimentos da feira, orgânicos e de pequenos produtores. Poder conversar com quem planta a nossa comida é um privilégio que não deveríamos abrir mão. 

Além disso, estaremos incentivando a economia familiar, responsável, de baixo impacto e mais amigável com o meio ambiente. 

 

3. Revisite seu guarda-roupa

vida sustentável - guarda-roupas

Sustentabilidade e consumo são duas palavras que nem sempre andam juntas.

Já parou para pensar que tudo o que compramos foi feito de alguma matéria-prima e será descartado em algum lugar? 

Por isso, precisamos escolher bem o que comprar e consumir apenas o necessário, para que não haja o desperdício e o descarte desnecessário. O guarda-roupa é uma boa forma de começar, aplicando o conceito de um armário cápsula, apenas com as peças que realmente usamos e gostamos.

Não trata-se apenas de ter poucas roupas, mas de aprender a reutilizar uma mesma peça e fazer uma mudança na nossa forma de olhar para o consumo. Menos é mais e melhor!

 

4. Nada de plástico

garrafa de vidro - free plastic

Plásticos em geral levam de 100 a 400 anos para se decomporem na natureza, motivo mais do que suficiente para bani-los de vez de nosso consumo diário. 

Que tal substituir os copos descartáveis por um copo retornável? Pode até ser uma canequinha de metal que você deixe na bolsa. O mesmo para os canudos, que já foram banidos em algumas cidades e hoje temos os de inox.

Quando for ao mercado, não esqueça também sua ecobag, e se ainda esquecer peça por uma caixa de papelão. É o seu direito enquanto consumidor.

O plástico está presente na embalagem de quase tudo o que consumimos, e ainda temos um caminho longo para bani-lo de vez, mas podemos começar com as pequenas atitudes do dia a dia.

 

5. Recicle

Reciclagem correta de plásticos

Como você destina o seu lixo? Sem fazer a separação entre orgânicos e sólidos, tudo vai parar nos aterros sanitários, produzindo chorume e contaminando a terra. 

Separe o seu lixo reciclável e saiba onde destinar da forma correta! No site Rota da Reciclagem conseguimos digitar o nosso endereço e encontrar os postos de coleta mais próximos. Confira já!

Dessa maneira, evitamos que nosso descarte vá parar na natureza sem qualquer controle e contribuímos para o seu reaproveitamento em novas embalagens.

 

6. Compostagem

vida sustentável - compostagem

Enquanto o nosso lixo sólido vai para a reciclagem, os orgânicos podem ir para a compostagem! Esse é um processo natural de decomposição que reaproveita os resíduos orgânicos e os transformam em húmus, um adubo rico em nutrientes para plantas!

Fazendo a reciclagem e a compostagem, nos tornamos 100% responsáveis por nosso lixo, dando um destino produtivo tanto para os sólidos como orgânicos. Confira como fazer sua compostagem caseira!

 

7. Upcycling

Upcycling - plantas em garrafas pet

Outro movimento que nos ajuda na hora de nos tornarmos mais sustentáveis é o upcycling: o reaproveitamento criativo de objetos, acessórios, embalagens e tecidos, dando um novo uso ao que inicialmente jogaríamos no lixo.

Mas qual a diferença para a reciclagem? Enquanto a reciclagem é a transformação de materiais sólidos por meio de um processo químico, o upcycling é o reaproveitamento que podemos fazer em casa, nós mesmos, de forma artesanal. 

Que tal transformar garrafas PET em vasos de plantas? Ou reunir roupas que não nos servem mais para costurar uma colcha de retalhos?

As opções são infinitas. Apenas use a criatividade para reaproveitar e não descartar!

 

8. Biocosmética

Cosmética natural - sabonete em barra

Nossa primeira dica para uma vida sustentável é a informação, e você sabia que uma porção de cosméticos podem ser nocivos para o meio ambiente? 

Muitos produtos, como protetores solares, desodorantes e maquiagem em geral, podem conter petróleo, silicones, corantes sintéticos e químicos que a longo prazo fazem mal para a nossa pele e organismo, e quando em contato contaminam também o meio ambiente. 

A cosmética natural é um movimento contrário a isso, unindo marcas ambientalmente responsáveis, que possuem na formulação de seus produtos apenas matéria-prima vegetal e sem qualquer tipo de químico. 

São produtos que desde o plantio de seus ingredientes passam por um processo ecológico de feitura. Felizmente este tem sido um mercado em ascensão, vamos conhecer?

 

9. Ações do bem

grupo com mãos unidas em ação do bem

Se você passar por todos esses passos, pode ter certeza que já estará contribuindo para diminuir o seu impacto no meio ambiente. Mas se conectar mais pessoas nesse propósito, conseguiremos mudar nossa realidade juntxs e mais rápido!

Conheça a rotina do seu bairro e participe de mutirões, limpezas de praia e todas essas ações que podem acontecer na sua comunidade e te colocar em contato com mais pessoas que estão nesse movimento do bem.

Aproveite para conhecer a Rede EcoCidadã, que une diversos projetos e tem uma agenda de ações socioambientais. 

E se não encontrar nenhuma atividade ecológica onde vive, que tal aceitar o desafio de organizar alguma?

 

10. Vida Sustentável: Mude seus hábitos

mulher com flores e plantas

Todas as dicas que listamos aqui têm um propósito: fazer o bem.

Nós moramos na natureza, mesmo se vivemos em uma grande metrópole. Por baixo do asfalto, a terra é viva e precisa de nossos cuidados.

Pode parecer complicado substituir a nossa alimentação, averiguar a procedência do que compramos e caminharmos até um posto de coleta para destinarmos corretamente o nosso lixo. Mas tudo é simplesmente uma mudança de olhar. Quais são nossas prioridades

Por muito tempo fomos ensinados a consumir como se a natureza não tivesse fim, mas hoje vivenciamos uma realidade muito diferente.

Sustentabilidade, por definição, é o ato de suprir as necessidades do presente sem comprometer o futuro das próximas gerações. Pensando nisso, ter uma vida sustentável e ser sustentável nada mais é do que ter essa consciência e amor pelo próximo.  

Quando passamos a ter esse olhar, percebemos que vivemos todos conectados e responsáveis uns pelos outros. O que você consome e como age impacta o outro! E juntos impactam o meio ambiente.

Mudar nossos hábitos, nos muda também como pessoas.

Vamos mudar e ser sustentáveis?

Compartilhe este artigo para levar a informação até outras pessoas, e juntos sermos agentes de mudança do bem!